REFLEXÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA DIDÁTICA PARA A (RE)CONSTRUÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE DO PROFESSOR DO ENSINO SUPERIOR

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i1.9280

Palavras-chave:

Ensino superior. Didática. Desenvolvimento profissional do professor.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo refletir sobre a importância da didática para o desenvolvimento profissional dos professores do ensino superior e sobre a constituição da identidade docente, a partir de uma pesquisa exploratória sobre a evolução da didática e das experiências docentes ao longo de vinte anos por parte de um dos autores. Os autores refletem sobre a importância da didática para a formação permanente dos docentes do ensino superior, entendendo que o problema se mostra relevante, já que o número de docentes deste nível de ensino em todo país vem crescendo com o aumento das instituições de ensino superior (IES) e junto a isso, existe a necessidade da formação destes para atuarem como docentes, visto que a maioria não teve formação didático-pedagógica para esta função. Os autores defendem a perspectiva de multidimensionalidade adotada por vários autores na contemporaneidade, ao entender que esta articula organicamente diversas dimensões da didática (humanista, técnica e política-cultural) e refletem sobre sua importância no desenvolvimento profissional do professor do ensino superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

João Marcos Araújo Paz, CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO LUCAS

Pós graduado em Metodologia do Ensino Superior pelo Centro Universitário São Lucas (2017). Possui graduação em Administração pelo Centro Universitário São Lucas (2015). Certificado pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais - ANBIMA CPA10, CPA20 e Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias- ANCORD . Atuando como investidor no mercado financeiro.

Referências

ANDREOLA, B. Dinâmica de grupo - jogo da vida e didática do futuro. 23ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

BARBOSA, J. R. A. Didática do Ensino Superior. 2ed. Curitiba: IESDE Brasil S.A, 2011.

BRUNER, J. A cultura da educação. Porto Alegre: ArtMed, 2001.

CANDAU, V. M. (Org). Rumo a uma nova didática. 11. ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

CANDAU, V. M. (Org). A didática em questão. 36 ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

CAVALCANTI, A. de S. Permanências na mudança, identidades em questão: significados da docência entre formadores de professores de Educação em Ciências em um modelo educacional em construção. Tese. Doutorado da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (PPEGECEM-REAMEC). Belém, 2016. 186 f.

CUNHA, M. I. O bom professor e sua prática. Campinas: Papirus, 1989

CUNHA, M. I. O Professor universitário na transição de paradigmas. Araraquara: JMEd., 1998.

DAY, C. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Ed., 2000.

FAZENDA, I. C. A. (org.). Didática e interdisciplinaridade. Campinas: Papirus, 1998.

FUSARI, J. C.; FRANCO, M. A. S. Apresentação. In FRANCO, M. A. S.; PIMENTA, S. G.; (Orgs.). Didática – embates contemporâneos. São Paulo: Ed. Loyola, 2010. p. 7-15.

GARCIA, C. M. Formação de professores para uma mudança educativa. Portugal: Porto Ed., 1999.

GATTI, B. Avaliação e qualidade do desenvolvimento profissional docente. Avaliação, v. 19, n. 2, p. 373-384, jul., 2014.

GIL, A. C. Didática do Ensino Superior. 1ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HAYDT, R. C. C. Curso de didática geral. 8ed. São Paulo: Ática, 2006.

HERNÁNDEZ, F. Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho. P. Alegre: ArtMéd., 1996

HERNÁNDEZ, F.; VENTURA, M. A organização do currículo por projetos de trabalho. P. Alegre: ArtMéd., 1998.

INEP. Censo da Educação Superior 2014. Disponível em <http://www.ufrgs.br/sead/documentos/censo-de-educacao-superior-2014>. Acesso em 10/06/2016.

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. 5ed. SP: Perspectiva, 1996.

KUHN, A. C. A. Um olhar da psicologia sobre a reestruturação curricular: O caso da Licenciatura em Biologia de uma universidade amazônica. Dissertação. Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Fundação Universidade de Rondônia. Porto Velho, 2018. 110 f. Disponível em < http://www.mapsi.unir.br/pagina/exibir/4880>. Acessado em 10/02/2020.

LANEVE, C. Per una teoria de la didattica. Brescia: Ed. La Scuola, 1993.

LEMOV, D. Aula nota 10: 49 técnicas para ser um professor campeão de audiência. São Paulo: Da Boa Prosa: Fundação Lemann, 2011.

LIBÂNEO, J. C. Saber, saber ser, saber fazer, o conteúdo do fazer pedagógico. Revista da ANDES. Ano 1, n. 4, 1982.

LIBÂNEO, J. C. Pedagogia e pedagogos, para quê? 6ed. São Paulo: Cortez, 2002.

LIBÂNEO, J. C. Educação, Pedagogia e Didática. In Pimenta, Selma Garrido. (Org) Didática e formação de professores: percursos e perspectivas no Brasil e em Portugal. Ed. Cortez, 2006.

LUCKESI, C. C. Avaliação da aprendizagem escolar. SP: Cortez, 1996.

MALHEIROS, B. T. Didática Geral. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

MARCELO, C. Desenvolvimento Profissional Docente: passado e futuro. Sísifo, Revista de Ciências da educação, n. 8, jan./abr., 2009.

MARTINES, E. A. L. de M. O currículo possível na educação superior: estudo sobre o curso de Biologia em uma universidade amazônica. Tese (Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano). Instituto de Psicologia / USP. São Paulo, 2005. 332 f. Disponível em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-22032007-163140/pt-br.php. Acessado em 10/02/2016.

MARTINS, M. A. R. Saberes da docência na Educação Superior: uma aproximação. Tese apresentada à Faculdade de Educação / USP. SP, 2002.

MARTINS, R. M. A questão da morte na prática pedagógica de formadores religiosos. Dissertação. Mestrado em Psicologia. Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Porto Velho, 2012. 88f. Disponível em <http://www.mapsi.unir.br/pagina/exibir/4871>. Acessado em 10/02/2020.

MATURANA, H.; VARELA, F. A árvore do conhecimento. SP: Palas Athena, 2001.

OSÓRIO, L.C. Psicologia grupal: uma nova disciplina para o advento de uma era. Porto Alegre/RS: Artmed, 2003.

PENNA-FIRME, T. Tendências e tendenciosidades. Ensaio, Vol.1, n.2, 1994.

PILETTI, C. Didática Geral. 23 ed. São Paulo: Ática, 2003.

PIMENTA, S.G. Formação de professores - Saberes da docência e identidade do professor. Nuances, V. III, set. 1997, p. 5-14.

PIMENTA, S.G.; ANASTASIOU, L. das G. C. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2010.

PIMENTEL, M. G. O professor em construção. Campinas: Papirus, 1993.

POZO, J. I. Aprendizes e Mestres: a nova cultura da aprendizagem. P. Alegre: Artmed Ed, 2002.

RUIZ, M. Transferência de paradigma de ensino: história da didática no Brasil. 2002. Monografia. Universidade Cândido Mendes. Disponível em <http://www.avm.edu.br/monopdf/8/MARCELO%20RUIZ.pdf>. Acesso em 19/06/2016.

SACHS, J. Aprender para melhorar ou melhorar a aprendizagem: O dilema do desenvolvimento profissional contínuo dos professores. In: FLORES, M. A.; SIMÃO, A. M. V. (Org.). Aprendizagem e desenvolvimento profissional de professores: Contextos e perspectivas. Mangualde: Edições Pedago, 2009.

SACRISTÁN, J.; PÉREZ GÓMEZ, A. I. Compreender e transformar o ensino. P. Alegre: ArtMed., 1998.

SAVIANI, D. Educação: do senso comum à consciência filosófica. São Paulo: Cotez / Aut. Associados, 1980.

SAVIANI, D. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. 32 ed. Campinas / SP: Ed. Aut. Associados, 1999.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica. 8ª. ed. Revista e ampliada. Campinas / SP: Ed. Aut. Associados, 2003.

SOUSA, A. G. Avaliação emancipatória do currículo e desenvolvimento profissional: um estudo com formadores da licenciatura em ciências biológicas do IFRO. Tese. Doutorado da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (PPEGECEM-REAMEC). Cuiabá, 2018. 191f. Disponível em < http://www.mapsi.unir.br/pagina/exibir/4871>. Acessado em 10/02/2020.

VEIGA, I. P. A. (coord.). Repensando a didática. 21 ed. Campinas: Papirus, 2004.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: ArtMed., 1998.

Publicado

2020-02-18

Como Citar

MARTINES, E. A. L. de M.; PAZ, J. M. A. REFLEXÕES SOBRE A IMPORTÂNCIA DA DIDÁTICA PARA A (RE)CONSTRUÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE DO PROFESSOR DO ENSINO SUPERIOR. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 8, n. 1, p. 172–193, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i1.9280. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9280. Acesso em: 16 abr. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)