Políticas Editoriais

Política de Acesso Livre
Política Livre de Plágio e Autoplágio
Política de Direitos Autorais
Política para Número Especial, Seção Temática e Revisão de Dossiê
Política de Marketing e Divulgação
Política da Capa da Revista

Política de Arquivamento e Preservação Digital
Política de Privacidade

Diretrizes para Registro de Conflito de Interesses

Política de Acesso Livre

Acesso on-line gratuito. Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. A Revista também não cobra taxas dos autores para publicação (APCs).
Licença Creative Commons
Licenciado com Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Política Livre de Plágio e Autoplágio

A Revista REAMEC utiliza programas gratuitos para detecção de plágio (ex.: CopySpider). Os manuscritos que contiverem plágio serão prontamente rejeitados e arquivados. Todo texto submetido à Revista REAMEC será analisado com o uso de um software antiplágio. O objetivo é identificar situações de plágio e/ou de autoplágio nos textos enviados à revista REAMEC. Caso seja detectado prática de plágio e/ou autoplágio durante o processo de submissão, os Editores da Revista entrarão em contato com o(s) autor(res), solicitará esclarecimentos e, quando necessário, informará arquivamento do manuscrito, antes mesmo de ser encaminhado aos avaliadores. Caso o manuscrito seja publicado e, posteriormente, detectado prática de plágio e/ou autoplágio pelos leitores, autores ou avaliadores da Revista, chegando ao conhecimento dos Editores, a Revista REAMEC, por meio de seus Editores, tomará as devidas providências: (1º) entrar em contado com o(s) autor(es) e informa-lo(s) sobre a violação; (2º) solicitar esclarecimentos sobre a fato apontado; (3º) após análise dos esclarecimentos tomará a decisão e informará o(s) autor(es) sobre os procedimentos de exclusão do manuscrito publicado.

De acordo com o CNPq, por um lado o plágio “[…] consiste na apresentação, como se fosse de sua autoria, de resultados ou conclusões anteriormente obtidos por outro autor, bem como de textos integrais ou de parte substancial de textos alheios sem os cuidados detalhados nas Diretrizes. Comete igualmente plágio quem se utiliza de ideias ou dados obtidos em análises de projetos ou manuscritos não publicados aos quais teve acesso como consultor, revisor, editor, ou assemelhado. Por outro lado, autoplágio “[…] consiste na apresentação total ou parcial de textos já publicados pelo mesmo autor, sem as devidas referências aos trabalhos anteriores” (CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO (CNPq). Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq. Disponível em: http://www.cnpq.br/documents/10157/a8927840-2b8f-43b9-8962-5a2ccfa74dda. Acesso em: 25 fev. 2020).

Assumimos as diretrizes apresentadas no referido relatório do CNPq:
1: O autor deve sempre dar crédito a todas as fontes que fundamentam diretamente seu trabalho.
2: Toda citação in verbis de outro autor deve ser colocada entre aspas.
3: Quando se resume um texto alheio, o autor deve procurar reproduzir o significado exato das ideias ou fatos apresentados pelo autor original, que deve ser citado.
4: Quando em dúvida se um conceito ou fato é de conhecimento comum, não se deve deixar de fazer as citações adequadas.
5: Quando se submete um manuscrito para publicação contendo informações, conclusões ou dados que já foram disseminados de forma significativa (p.ex. apresentado em conferência,  divulgado na internet), o autor deve indicar claramente aos editores e leitores a existência da divulgação prévia da informação.
6: se os resultados de um estudo único complexo podem ser apresentados como um todo coesivo, não é considerado ético que eles sejam fragmentados em manuscritos individuais.
7: Para evitar qualquer caracterização de autoplágio, o uso de textos e trabalhos anteriores do próprio autor deve ser assinalado, com as devidas referências e citações.
8: O autor deve assegurar-se da correção de cada citação e que cada citação na bibliografia corresponda a uma citação no texto do manuscrito. O autor deve dar crédito também aos autores que primeiro relataram a observação ou ideia que está sendo apresentada.
9: Quando estiver descrevendo o trabalho de outros, o autor não deve confiar em resumo secundário desse trabalho, o que pode levar a uma descrição falha do trabalho citado. Sempre que possível consultar a literatura original.
10: Se um autor tiver necessidade de citar uma fonte secundária (p.ex. uma revisão) para descrever o conteúdo de uma fonte primária (p. ex. um artigo empírico de um periódico), ele deve certificar-se da sua correção e sempre indicar a fonte original da informação que está sendo relatada.
11: A inclusão intencional de referências de relevância questionável com a finalidade de manipular fatores de impacto ou aumentar a probabilidade de aceitação do manuscrito é prática eticamente inaceitável.
12: Quando for necessário utilizar informações de outra fonte, o autor deve escrever de tal modo que fique claro aos leitores quais ideias são suas e quais são oriundas das fontes consultadas.
13: O autor tem a responsabilidade ética de relatar evidências que contrariem seu ponto de vista, sempre que existirem. Ademais, as evidências usadas em apoio a suas posições devem ser metodologicamente sólidas. Quando for necessário recorrer a estudos que apresentem deficiências metodológicas, estatísticas ou outras, tais defeitos devem ser claramente apontados aos leitores.
14: O autor tem a obrigação ética de relatar todos os aspectos do estudo que possam ser importantes para a reprodutibilidade independente de sua pesquisa.
15: Qualquer alteração dos resultados iniciais obtidos, como a eliminação de discrepâncias ou o uso de métodos estatísticos alternativos, deve ser claramente descrita junto com uma justificativa racional para o emprego de tais procedimentos.
16: A inclusão de autores no manuscrito deve ser discutida antes de começar a colaboração e deve se fundamentar em orientações já estabelecidas, tais como as do International Committee of Medical Journal Editors.
17: Somente as pessoas que emprestaram contribuição significativa ao trabalho merecem autoria em um manuscrito. Por contribuição significativa entende-se realização de experimentos, participação na elaboração do planejamento experimental, análise de resultados ou elaboração do corpo do manuscrito. Empréstimo de equipamentos, obtenção de financiamento ou supervisão geral, por si só não justificam a inclusão de novos autores, que devem ser objeto de agradecimento.
18: A colaboração entre docentes e estudantes deve seguir os mesmos critérios. Os supervisores devem cuidar para que não se incluam na autoria estudantes com pequena ou nenhuma contribuição nem excluir aqueles que efetivamente participaram do trabalho. Autoria fantasma em Ciência é eticamente inaceitável.
19: Todos os autores de um trabalho são responsáveis pela veracidade e idoneidade do trabalho, cabendo ao primeiro autor e ao autor correspondente responsabilidade integral, e aos demais autores responsabilidade pelas suas contribuições individuais.
20: Os autores devem ser capazes de descrever, quando solicitados, a sua contribuição pessoal ao trabalho.
21: Todo trabalho de pesquisa deve ser conduzido dentro de padrões éticos na sua execução, seja com animais ou com seres humanos.

(CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO - CNPq). Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq. Disponível em: http://www.cnpq.br/documents/10157/a8927840-2b8f-43b9-8962-5a2ccfa74dda. Acesso em: 25 fev. 2020).

ATENÇÃO:
Estas diretrizes devem ser observadas pelos leitores, autores, avaliadores e editores para que não sejam violadas e que a Revista não tome os procedimentos para a exclusão do manuscrito das suas publicações.
Atualizado em: 06/04/2020.

Política de Direitos Autorais

Esta Revista utiliza-se da Licença Creative Commons Attribution 4.0 International License. Os artigos e demais trabalhos publicados na Revista REAMEC passam a ser propriedade da revista. Uma nova publicação do mesmo texto, de iniciativa de seu autor ou de terceiros, fica sujeita à expressa menção da precedência de sua publicação neste periódico, citando-se a edição e a data dessa publicação. Para o artigo ser publicado é condição obrigatória o envio da Declaração de Responsabilidade e Transferência de Direitos Autorais, conforme Modelo. Segue o texto do Modelo:

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE E TRANSFERÊNCIA DE DIREITOS AUTORAIS
Ao Conselho Editorial da Revista REAMEC – Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática.
Eu/Nós, (nome completo do(s) autor(es)), autor(es) do manuscrito intitulado “Título do artigo”, aprovado para publicação na Revista REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, ISSN: 2318-6674, Prefixo DOI: 10.26571, V. x, Nº. y, mês-mês, ano, declaro/declaramos que o mesmo é um trabalho científico original, que não foi publicado ou está sendo considerado para publicação em outra revista, quer seja no formato impresso ou no eletrônico.
O(s) autor(es) do manuscrito acima citado também declara(m):
1. que participou suficientemente do trabalho para tornar pública minha responsabilidade pelo conteúdo.
2. que não submeteu a contribuição simultaneamente a outro periódico.
3. que o uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida (caso seja necessário).
4. que todas as afirmações contidas no manuscrito são verdadeiras ou baseadas em pesquisa com a mais próxima demonstração da verdade.
5. concorda que os direitos autorais referentes ao artigo acima referenciado se tornarão propriedade exclusiva da Revista REAMEC, sendo o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial neste periódico, podendo ser acessado por meio de plataformas indexadoras a título de divulgação da produção científica. É vedada qualquer reprodução, total ou parcial, em qualquer outra parte ou meio de divulgação, impressa ou eletrônica, sem que a autorização prévia seja solicitada.

ASSINATURAS DOS AUTORES
Autor responsável pela submissão (nome completo):
Assinatura:
Endereço:
E-mail:
Data:

Autor (nome completo):
Assinatura:
Autor (nome completo):
Assinatura:
Autor (nome completo):
Assinatura:

Nota: Todas as pessoas relacionadas como autores devem assinar esta declaração. Não serão aceitas declarações assinadas por terceiros. A declaração deve ser assinada, datada e encaminhada para o Editor responsável. Pode ser assinatura digitalizada. Enviar documento em formato .pdf ou .doc. O manuscrito será publicado apenas após o envio desta declaração e o cumprimento de todas as exigências desta Revista.
Atualizado em: 06/04/2020.

Política para Número Especial, Seção Temática e Revisão de Dossiê

A Revista REAMEC ainda não possui uma política própria para análise e aprovação de número especial, de seção temática ou de revisão de dossiê porque, atualmente, não publica artigos científicos nestas modalidades.
Atualizado em: 06/04/2020.

Política de Marketing e Divulgação

A Revista REAMEC conta com uma política de marketing que está vinculada à sua visão, missão e valores que evidenciam o compromisso com a difusão do conhecimento científico com inovação e qualidade na área de Ensino de Ciências e Matemática que contribua para o desenvolvimento educacional e socioambiental da Região Amazônica. Para isso, busca ser reconhecida internacionalmente até 2030 pela excelência na divulgação da pesquisa em Ensino de Ciências e Matemática na Região Amazônica, assumindo o compromisso com: a valorização da Região Amazônica; a responsabilidade social; a criatividade e a inovação; o rigor científico e a ética na pesquisa; e os padrões internacionais.
A Revista REAMEC é divulgada no site e na página do Facebook do PPGECEM/REAMEC.
Atualizado em: 06/04/2020.

Política da Capa da Revista

A partir de 2020 cada número da Revista REAMEC contará com uma Capa que representará um estado da Amazônia Legal Brasileira, iniciando com os estados que possuem coordenações de polo do PPGECEM/REAMEC: Mato Grosso, Amazonas, Pará, e posteriormente por ordem alfabética: Acre, Amapá, Maranhão, Rondônia, Roraima e Tocantins.
Atualizado em: 06/04/2020.

Política de Arquivamento e Preservação  Digital 

A política de preservação e arquivamento de arquivos digitais da Revista REAMEC está definida mediante: (1) armazenamento no servidor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); (2) armazenamento em HD externo no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGECEM/REAMEC) do qual a revista está vinculada; (3) armazenamento no Crossref mediante DOI e no OJS; (4) armazenamento no Google Drive da Revista REAMEC. Além disso, (5) esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais... (Obs.: a vinculação da Revista REAMEC na Rede Brasileira de Preservação Digital - Cariniana (IBICT) está em andamento).

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.
Atualizado em: 06/04/2020.

Diretrizes para Registro de Conflito de Interesses

O conflito de interesses é quando autor, editor ou parecerista tem interesse divergente ou conflitante em que pode ocorrer algum tipo de prejuízo de uma avaliação imparcial do texto a ser analisado. Tais conflitos podem ser originados por divergências de ordem pessoal, política, acadêmica, religiosa, financeira, entre outras.

Assim, cabem às partes envolvidas o registro de qualquer conflito de interesses, também como a sua justificativa, no respectivo campo do sistema da revista REAMEC:

1) Autores: informar na submissão do texto se há algum conflito de interesses. Caso não haja, deve-se preencher o campo informando que não há conflito de interesses.
2) Editores: repassar a edição do texto para outro editor, visando a lisura do processo, justificando a necessidade de troca.
3) Pareceristas: há dois caminhos: assegurar que conseguirá realizar um parecer imparcial e objetivo, entretanto, justificando quais são os conflitos de interesses em relação ao trabalho e sua autoria; caso compreenda que haja conflito de interesses e não consiga assegurar a condição anterior, o mesmo deve recusar a realização do parecer explicando os motivos.

No ato da submissão, especificamente no passo “4. Transferência de documentos suplementares”, solicita-se o envio de uma Declaração de Conflito de Interesse assinada pelos autores para legitimar a idoneidade dos resultados do estudo submetido, conforme modelo a seguir:

DECLARAÇÃO DE CONFLITO DE INTERESSE
Ao Conselho Editorial da Revista REAMEC – Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática.

Eu, (nome por extenso), autor responsável pela submissão do manuscrito intitulado (título), e todos os coautores que aqui se apresentam, declaro/declaramos que “NÃO POSSUO/POSSUIMOS” ou “POSSUO/POSSUÍMOS” CONFLITO DE INTERESSES de ordem:

(  ) pessoal,
(  ) comercial,
(  ) acadêmico,
(  ) político,
(  ) financeiro no manuscrito.

Declaro/Declaramos, também, que todo apoio financeiro e material recebido para o desenvolvimento da pesquisa ou trabalho que resultou na elaboração do manuscrito estão claramente informados no texto do mesmo.

As relações financeiras ou de qualquer outro tipo que possam levar a um conflito de interesse estão completamente manifestadas abaixo ou em documento anexo: <título do documento> (quando couber).

ASSINATURAS DOS AUTORES
Autor responsável pela submissão (nome completo):
Assinatura:
Endereço:
E-mail:
Data:

Coautor (nome completo):
Assinatura:
Coautor (nome completo):
Assinatura:
Coautor (nome completo):
Assinatura:

Nota: Todas as pessoas relacionadas como autor e coautores devem assinar esta declaração. Não serão aceitas declarações assinadas por terceiros. A declaração deve ser assinada, datada e encaminhada para o Editor responsável. Pode ser assinatura digitalizada. Enviar documento em formato .pdf ou .doc. O manuscrito será publicado apenas após o envio desta declaração e o cumprimento de todas as exigências desta Revista.
Atualizado em: 06/04/2020.