CONCEPÇÃO PRESENTE EM UM LIVRO DIDÁTICO DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO SOBRE O RECURSO DA CONTEXTUALIZAÇÃO DA MATEMÁTICA

Autores

DOI:

10.26571/2318-6674.a2013.v1.n1.p61-72.i5288

Palavras-chave:

Livro Didático, Ensino da matemática, Ensino contextualizado da matemática.

Resumo

Este artigo tem intuito de apresentar uma breve análise de um dos livros didáticos utilizados para o desenvolvimento de uma pesquisa de mestrado, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso – MT. O livro didático analisado foi definido em função da utilização deste material em sala de aula por um dos professores que participam da nossa pesquisa. Este leciona no terceiro ano do Ensino Médio, em uma escola da rede estadual localizada em Cuiabá – MT. A escola foi escolhida por fazer parte do projeto Observatório da Educação com Foco em Matemática e Iniciação as Ciências18. Utilizamos como metodologia para a referida análise uma abordagem qualitativa de cunho interpretativo apoiados em Bogdan e Biklen (1994). A nossa análise utilizou como pressuposto teórico os Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCNEM) que é um dos principais documentos que norteiam o conteúdo a ser ensinado em todo Ensino Médio e a Educação Matemática Crítica apresentada por Ole Skovsmose (2007; 2001), que propõe um ensino da matemática que possibilite aos alunos se tornar cidadãos críticos e possam transformar sua realidade sem desprezar o passado, valorizando o presente e deslumbrando o futuro. Nesse trabalho, nos limitamos a análise da parte inicial do livro didático. Consideramos de forma parcial, pois ainda não realizamos a análise completa. Já podemos destacar que o Livro Didático 1 tenta abordar um ensino contextualizado,  

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aloisio João Biserra, Universidade de Cuiabá

Possui graduação em Matemática - Licenciatura pelo Centro Universitário de Várzea Grande (2006) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2013). Atualmente é membro do Grupo de Ensino e Pesquisa em Educação Matemática na Universidade Federal de Mato Grosso e Diretor das Faculdades UNIC de Sinop e Sorriso - MT. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Matemática Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: livro didático, concepção de professores, contextualização no ensino da matemática, contextualização e ensino de matemática.

Gladys Denise Wielewski, Universidade Federal de Mato Grosso

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso (1988), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (1998) e doutorado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005). Fez Pós-Doutorado na Universidade Nova de Lisboa-Portugal (2008). Atualmente é professora na categoria Adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) atuando na Graduação e na Pós-Graduação, nível de Mestrado em Educação no Instituto de Educação da UFMT e de Doutorado em Educação em Ciências e Matemática, da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática/REAMEC. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Prática de Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de matemática, aritmética, habilidades matemáticas, história da matemática e metodologia da matemática. Na pesquisa, atua nas temáticas: História da Educação Matemática, História da Matemática, Didática da Matemática, Resolução de Problemas, Pensamento Matemático.

Gresiela Ramos de Carvalho Souza, Secretaria de Estado de Educação

Mulher, filha de Milton (in memorian) e Argemira, esposa de Silvio, mãe de 3 filhos - Rhuar, Jenely e Aryandra - católica praticante, servidora da rede estadual de ensino, atua como professora de matemática da Educação Básica. Lotada na Coordenadoria de Ensino Médio (CEM) vinculada na Superintendência de Educação Básica (SUEB) da Secretaria de de Estado de Educação de Mato Grosso (SEDUC).Quanto a formação, graduada na Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com mestrado em Educação pela mesma universidade e atualmente doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (PPGEduMat - UFMS) sob orientação do Professor Dr. Marcio Antonio da Silva. Já elaborou trabalhos em parceria como o Ministério de Educação (MEC) como Auxiliar de Avaliação Externa (AAE), e como Supervisora do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio - PNFEM. Os estudos e pesquisa geralmente tem como temas voltados para Educação Matemática como: Políticas Públicas, Currículo, Números Racionais; Concepções de Professores; Conhecimento Profissional; Livro Didático e Ensino Médio.

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia: tradução da 1ª edição brasileira coordenada e revisada por Alfredo Bosi; revisão da tradução e tradução dos novos textos Ivone Castilho Bernadetti – 4ª Ed- São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BOGDAN, Robert. e BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Trad. de Maria João Alvarez, Sara Bahiados Santos e Telmo de Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Guia de livros didáticos: PNLD 2012. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2011.

BRASIL, Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio: Matemática – Brasília: MEC/SEF. 2000.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 9ª ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1983.

IMENES, Luiz Marcio; LELLIS, Marcelo. Manual Pedagógico. In: Matemática Imenes e Lellis: Livro do Professor. São Paulo: Scipione, 1997. p. 6-9.

MORAES, Roque. Cotidiano no Ensino de Química: Superações necessárias. In: GALIAZZI, Maria do Carmo. Aprender em rede na educação em ciências. Ijuí: Ed. Unijuí, 2008.

MOREIRA, Marco a. MASINI, Elcie F. Salzano. Aprendizagem significativa: a teoria de

Devid Ausubel. São Paulo: Sentauru, 2001.

SILVA, Maria José Ferrira da. Sobre a Introdução do Conceito do Número Fracionário. Dissertação (Mestrado em Ensino da Matemática) – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo. 1997.

SOUZA, Joamir Roberto de. Novo Olhar matemática. São Paulo: FTD, 2010. v.3.

SKOVSMOSE, Ole. Educação Crítica: incerteza, matemática, responsabilidade. São Paulo: Cortez, 2007.

SKOVSMOSE, Ole. Educação Matemática Crítica: a questão de democracia. Campinas: Papirus, 2001.

Publicado

2013-12-30

Como Citar

BISERRA, A. J.; WIELEWSKI, G. D.; SOUZA, G. R. de C. CONCEPÇÃO PRESENTE EM UM LIVRO DIDÁTICO DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO SOBRE O RECURSO DA CONTEXTUALIZAÇÃO DA MATEMÁTICA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 1, n. 1, p. 61–72, 2013. DOI: 10.26571/2318-6674.a2013.v1.n1.p61-72.i5288. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/5288. Acesso em: 25 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.