UM OLHAR SOBRE A PRIMEIRA DECADA DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM RONDÔNIA (1973-1983): ESPAÇO FORMATIVO CONSTRUIDO PELA CIRCULAÇÃO DE DIFERENTES IES FEDERAIS

Marlos Gomes de Albuquerque, José Luiz Magalhães de Freitas

Resumo


O presente artigo contempla parte de nossa pesquisa de doutorado que se encontra em desenvolvimento. Está situada no campo de conhecimento da História da Educação Matemática e tem como tema de estudo o curso de formação de professores de Matemática na cidade de Ji-Paraná em Rondônia. O objetivo deste é fazer um estudo histórico investigativo, desde as primeiras IES que atuaram no então Território, a partir de 1973, a criação da universidade local, em específico do curso de Ciências (1983). O estudo foi desenvolvido através da articulação entre a história local e a global. Buscamos vestígios para construção das fontes históricas de suporte ao presente estudo, através de documentos oficiais e de dissertação de mestrado. Os referenciais teóricos e metodológicos foram construídos com bases nos escritos de Marc Bloch, Jaques Le Goff e Roger Chartier, todos vinculados à corrente historiográfica da Escola de Annales. A análise documental mostrou que os primeiros cursos tiveram início com o Projeto Rondon, na década de 1970 e que na primeira década de formação de professores em Rondônia houve a participação de diferentes instituições de outras unidades federativas, geralmente por meio de cursos que eram oferecidos em período de férias escolares e culminou na criação da UNIR, com seus cursos permanentes, que através das licenciaturas oferecidas trouxe a habilitação em nível superior para atender a demanda de professores neste estado que estava em plena expansão.

Palavras-chave


Formação de professores em Rondônia; Licenciatura em Matemática; História local.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2016.v4.n1.p5-23.i5314

Apontamentos

  • Não há apontamentos.