TECNOLOGIAS DIGITAIS E A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: MENSURAÇÃO DE ATITUDES COM GUTTMAN

Autores

DOI:

10.26571/REAMEC.a2019.v6.n3.p24-36.i7709

Palavras-chave:

Conhecimento Científico, Escala de Guttman, Tecnologias Digitais

Resumo

Este artigo científico apresenta uma pesquisa realizada com 76 acadêmicos dos cursos de ciências (biologia, física, química e matemática) de uma universidade pública do estado de Roraima. A pesquisa teve como objetivo identificar a percepção dos alunos sobre a construção do conhecimento científico por meio de metodologias que utilizem como apoio as tecnologias digitais. Para isso, foi construído um questionário de mensuração de atitudes baseado em Guttman. O questionário formado por cinco questões foi aplicado aos alunos utilizando-se da amostra não probabilística por conveniência, de acordo com sua disponibilidade e aceite em participar da pesquisa. Para a análise dos dados, utilizou-se da técnica de Cornell (escalograma) para se identificar nos alunos a percepção sobre o tema apresentado, sendo validado por meio dos coeficientes de análise estatística para este tipo de questionário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Wender Antônio da Silva, Universidade Estadual de Roraima, Departamento de Ciências da Computação

Wender Antônio da Silva, é doutor em Educação em Ciências e Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática (REAMEC) vinculado a Universidade Federal de Mato Grosso / Universidade Estadual do Amazonas / Universidade Federal do Pará, mestre em Ciências (Ênfase em Computação) pelo programa de Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Uberlândia-MG, especialista em Docência Universitária e bacharel em Sistemas de Informação pelo Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara, Goiás. Atuou como Professor Auxiliar nos cursos de Sistemas de Informação, Ciência da Computação, Psicologia, Pedagogia, Matemática, Ciências Contábeis e Agronomia do Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara, onde também atuou na Comissão Própria de Avaliação Institucional (CPA). Foi professor bolsista da Universidade Federal de Roraima, onde atuou especificamente no Núcleo de Educação a Distância (NEaD). Foi professor dos cursos de tecnologia da Faculdade Estácio Atual. É professor efetivo da Universidade Estadual de Roraima, onde atuou no Núcleo de Educação a Distância (NEaD) como coordenador geral da Universidade Aberta do Brasil. Atualmente faz parte do colegiado do curso de bacharelado em Ciência da Computação e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (Mestrado Profissional).

Josefina Barrera Kalhil, Universidad de la Habana

Doutora em Ciências Pedagógicas ( Educação) pela Universidade da Havana (2003). Mestra em Ciências da Educação Superior - Universidade de Matanzas, Cuba (1998). Homologado pela Universidade Federal da Bahia, com o número 341, no Livro de Registro 37-B com o número 2278. Possui graduação em Licenciatura em Física (1979), em Matanzas, Cuba . Mais de 15 especializações em diferentes áreas de Ensino de Física e Pedagogia. Trabalha como Professora na Universidade do Estado do Amazonas - UEA, Manaus, Brasil. É professora do Curso de Mestrado acadêmico l em Ensino de Ciências na Amazônia e coordenadora do polo Amazonas do doutorado em Rede de Educação em Ciências e Matemática ( REAMEC) . Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física Geral e Aplicada nos Cursos de Licenciatura e Engenharia . Atuando também nos seguintes áreas: Didática, Formação de Professores, Metodologia da Pesquisa Científica, entre outras. Orientou mais de 18 teses de Mestrado e 8 de Doutorado. Ministrou cursos de pós-graduação em diferentes países, entre eles Brasil , México e Bolívia . Publicou mais de 5 livros no Brasil e 2 em Cuba . Participou em mais de 37 Congressos Internacionais e em 12 deles como Convidada Especial. É especialista em Formação de Habilidades de Pesquisa no Ensino Superior.. É membro do Comitê Editorial da Revista Eletrônica Latin American Journal of Physics Education de México e revisora das revistas Ciência e Educação, ensino de física de Brasil e de RBEP Pertence ao colegiado do doutorado a distância do Instituto politecnico nacional de México, IPN. Membro do comitê organizador do XIX Simpósio nacional de ensino de Física , da conferencia Lasera. Professora associada da Universidade do Estado de Amazonas -UEA Coordenadora e Docente do Doutorado em redes de Ensino de Ciências da Amazônia do polo Manaus. Membro Sociedade Brasileira de Física na categoria de sócio(a) Efetivo, matrícula nº 23703. Tem artigos publicados em revistas nacionais e internacionais . 

Referências

ABDI, Hervé. Guttman Scaling. In N.J. Salkind (Ed.): Encyclopedia of research design. Thousand Oaks (CA): Sage, 2010.

ALMEIDA, Saulo. Variáveis e Escalas de Medidas. Prof. Saulo Almeida: Medidas em Psicologia, 2014. Disponível em: < https://professorsauloalmeida.com>. Data de acesso: 16 de abril de 2018.

CARRILHO, Manuel Maria. Epistemologia – Posições e Críticas. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1991.

ESTEBAN, Maria Paz Sandín. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições. São Paulo: McGraw-Hill, 2010.

GÁRCIA, José M. R. Escalamiento, técnica de Guttman. Proclapar: Sicometría y Estadística, 2013. Disponível em: <http://www.proclapar.com>. Data de acess: 16/04/2018.

GUTTMAN, Louis A. A basis for scaling qualitative data. American Sociological Review, vol. 9, nº 2, abril, p.139-150, 1944.

GUTTMAN, Louis A. The basis for scalogram analisys. In: Stouffer Samuel A. Measurement and prediction. New York: Princeton University Press, 1950.

GUTTMAN, Louis A. The Cornell technique for scale and intensity analysis. Educational and Psychological Measurement, vol. 7, nº 2, julio, p.247-279, 1947.

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. 9. Ed. São Paulo: Perspectiva, 2006.

MORAN, José M. Desafios que as tecnologias digitais nos trazem. In: MORAN, José M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, São Paulo: Papirus, 2013.

NUNES, Daniella P. Demanda assistencial de pessoas idosas no município de são Paulo: necessidade de cuidado e utilização dos serviços de saúde. 2015. 152f. Tese (Doutorado) . Escola de Enfermagem - Universidade de São Paulo, 2015.

PRENSKY, Marc. Digital Natives, Digital Immigrants. On the Horizon, NCB University Press, Vol. 9, Nº 5, outubro 2001. Disponível em: < http://marcprensky.com/articles-in-publications>. Data de acesso: 05 de março de 2016.

PRETTO, Nelson D. L. Linguagens e Tecnologias na Educação. In: CADAU, Vera M. Cultura, Linguagem e Subjetividade no Ensinar e Aprender. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2017.

TORRES, Michelle V. Hierarquização de incapacidade funcional de idosos no Município de São Paulo: uma análise longitudinal (Estudo SABE - Saúde, Bem-estar e Envelhecimento). 2009. 96f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública). Faculdade de Saúde Pública – Universidade de São Paulo, 2009.

Publicado

2018-12-21

Como Citar

SILVA, W. A. da; KALHIL, J. B. TECNOLOGIAS DIGITAIS E A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO CIENTÍFICO: MENSURAÇÃO DE ATITUDES COM GUTTMAN. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 6, n. 3, p. 24–36, 2018. DOI: 10.26571/REAMEC.a2019.v6.n3.p24-36.i7709. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/7709. Acesso em: 23 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>