REDE DE FORMAÇÃO E PESQUISA EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: AMPLIANDO AS FRONTEIRAS AMAZÔNICA

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v11i1.16791

Palavras-chave:

Ensino de Ciências e Matemática, Pesquisa Colaborativa, Educação na Amazônia, Metodologias de Ensino, Formação de Professores

Resumo

A presente edição da Revista REAMEC, intitulada "Rede de Formação e Pesquisa em Ensino de Ciências e Matemática: ampliando as fronteiras amazônica", é resultado da colaboração entre UFMA, UFAM e UFSC, iniciada em 2018 no âmbito do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia. O foco é fortalecer a pesquisa e a pós-graduação na Região Amazônica, abordando temas como Epistemologia, História, Sustentabilidade Ambiental, Formação de Professores e Ensino de Ciências e Matemática. Esta edição especial destaca a importância da rede de pesquisa na metodologia, teoria e emergência de novos objetos de estudo no campo do Ensino de Ciências e Matemática. Contendo 14 artigos, a publicação abrange temas variados, como evasão estudantil, ensino de aritmética, história da Química, evasão nos cursos de Engenharia e a integração da abordagem Ciência, Tecnologia e Sociedade no ensino de Física. Inclui ainda discussões sobre arte contemporânea indígena, percepções de professores, história da matemática em licenciaturas, divulgação científica infantil, usabilidade em ambientes virtuais, métodos pedagógicos para educação inclusiva, arquitetura pedagógica para o ensino de ciências e o ensino matemático para meninas. Este volume evidencia a colaboração acadêmica e o apoio de agências de fomento, especialmente a CAPES, para o avanço da pesquisa educacional na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cláudia Regina Flores, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Possui Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal de Santa Catarina (1990), Mestrado em Educação, na linha Ensino de Ciências Naturais e Matemática, pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997) e Doutorado em Educação, na linha Ensino de Ciências, pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). Realizou estágio de doutoramento na Universitè de Roeun, França, durante o ano de 2002, Pós-Doutorado na North Carolina State University - EUA, 2010-2011, e Pós-Doutorado na Catholic University of Leuven, Bélgica, 2016-2017. Foi membro da Diretoria Nacional Executiva da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (Gestão 2013-2016). É Professora Titular do Departamento de Metodologia de Ensino, da Universidade Federal de Santa Catarina e professora credenciada no Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina. É editora da Educação Matemática na Revista Alexandria do PPGECT-UFSC. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica- UFSC (Gestão 2018-2020). É líder do Grupo de Estudos Contemporâneos e Educação Matemática, GECEM. Na pesquisa investiga principalmente os seguintes temas: visualidade, arte e história e suas conexões com a formação de professores e o ensino de matemática.

Marta Silva dos Santos Gusmão, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil.

Possui graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Federal do Amazonas (1984), graduação em Tecnologia em Eletrônica pelo Instituto de Tecnologia do Amazonas (UTAM-1984), mestrado em Física Básica pelo Instituto de Física de São Carlos - USP (1989) e doutorado em Física pela University of Tennessee (1996, USA), Pós-Doutorado em 2016, em Denton, TX, USA. Atualmente, é professora Titular da Universidade Federal do Amazonas. Foi coordenadora dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Física, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Física da UFAM e do Programa de Pós-Graduação em Ensino Ciências e Matemática. Tem experiência na área de Física da Matéria Condensada com ênfase em Propriedades Semicondutores utilizando DFT, e atualmente, estuda argilas minerais com substituição química de seus constituintes para aplicações tecnológicas. Na área de Ensino, contribuiu na elaboração do projeto de mestrado em Ensino de Ciências e Matemática e foi Avaliadora no PNDL de Física em 2012 e 2015. Atua na área de Formação de Professores e na Novas Tecnologias para o Ensino de Ciências. Foi coordenadora de Física do Programa de Iniciação à Docência (PIBID/UFAM), de 2007 a 2014, coordenou mais 60 bolsistas em 4 Escolas Estaduais do Estado do Amazonas.

David Antonio da Costa, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Doutor em Educação Matemática pela PUC/SP, com estágio realizado na modalidade sanduíche (junho 2008 - maio 2009) no INRP/SHE - Institut National de Recherche Pédagogique/Service d'Histoire de l'Éducation, Paris-França (bolsista CNPq). Possui graduação em Licenciatura Matemática pela Faculdade Filosofia Ciências e Letras MOEMA (1984), graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação Ciências e Letras Don Domênico (2001), mestrado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2005) e pós-doutorado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Atualmente é professor associado do Departamento de Metodologia de Ensino e professor credenciado no Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina. É pesquisador lider do Grupo de Pesquisa de História da Educação Matemática - GHEMAT-SC. Membro fundador da GHEMAT-BRASIL: Grupo Associado de Estudos e Pesquisas sobre História da Educação Matemática : 1o. secretário (Mandato 2018-2022). Atualmente é Tesoureiro (Mandato 2022-2026) Na pesquisa investiga principalmente os seguintes temas: livro didático de matemática, didática da matemática, história da educação matemática e história da matemática.

Antonio José da Silva, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luís, Maranhão, Brasil.

Licenciado em Matemática pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Maranhão (2004), hoje IFMA. Especialista em Fundamentos de Matemática pela Universidade Estadual do Maranhão (2006). Mestre em Engenharia de Eletricidade pela Universidade Federal do Maranhão (2009) com ênfase em Modelagem, Identificação de Sistemas e Controle de Processos Elétricos e Industriais. Desenvolve trabalhos de pesquisa relacionados à Educação Matemática e Informática Educacional, objetivando formação de docentes e processos de ensino, aprendizagem e didática na matemática. Foi professor na Educação Básica das redes privada e pública de ensino. Foi professor de diversas instituições de Ensino Superior público e privado, hoje é Professor Adjunto, Classe C, Nível 3 com dedicação exclusiva lotado no Departamento de Matemática da Universidade Federal do Maranhão - UFMA, atuando na graduação e pós-graduação (PROFMAT e PPECEM).

Referências

GUSMÃO, M. S. dos S. .; SANTOS, Y. A. dos .; FROTA, H. O. da . Os programas institucionais como instrumentos para redução da evasão de estudantes no ensino superior: o caso do PET/Física UFAM. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–24, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16482

BARBARESCO , C. S. .; COSTA, D. A. da. O ensino de aritmética nas escolas profissionais técnicas amazonenses (1873-1926). REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–27, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16485

TEIXEIRA , Y. B. da S. .; LIRA, P. D. de .; ANTUNES, E. P. Abordagem histórica em manuais do ensino superior em Química: nomenclatura e alquimia. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–19, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16486

NETO, J. de P. A.; CUSTÓDIO, J. F. Evasão nos cursos de engenharia do IFSC/FLN e a relação com o saber. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–28, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16487

OLIVEIRA, E. F. de; LIMA, M. C. A. . O ensino de física e a abordagem ciência, tecnologia e sociedade em publicações nacionais da área de ensino. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–22, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16489

LUDVIG, I. C.; FLORES, C. R. .; WAGNER, D. R. . No cultivo de uma oficina com arte contemporânea indígena: a soberania de um saber da matemática na escola. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–17, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16491

PEREIRA , E. da C.; MARQUES , C. V. V. C. O. Percepções de professores sobre saberes e explicações científicos de estudantes em construção. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–24, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16494

COSTA, L. B. M. .; SILVA NETO, B. C. Da. Mapeamento sistemático sobre história da matemática em cursos de licenciatura em matemática. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–25, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16495

ALMEIDA, L. M. de .; SOUSA, C. E. B. de . Divulgação científica para crianças: uma análise das propostas de atuação ambiental apresentadas na revista ciência hoje das crianças. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–21, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16496

DOLZANE, M. I. F. .; GOMES, E. de C. .; BRITO, Y. S. L. .; MORAIS, J. A. . Cartografia da usabilidade em ambiente virtual na pesquisa stricto sensu. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–24, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16497

MACIEL, G. de M. .; CASTRO, T. H. C. de . Conexões entre o método montessoriano e a teoria de aprendizagem de Brunner: novas perspectivas à educação inclusiva. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–18, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16501

CHAGAS, J. da C. .; CASTRO JR, A. N. de . Uma arquitetura pedagógica para o ensino de ciências. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–30, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16502

SANTOS, S. C. S. .; OLIVEIRA, M. A.; MATOS, M. M. M. Revista de divulgação científica do INPA: uma visão a partir da análise discursiva bakhtiniana. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 1–29, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16503

RIBEIRO, E. R. P. S. .; SILVA, A. J. da .; GUIMARÃES, M. D. . Os saberes matemáticos para meninas no maranhão: um breve contexto a partir da primeira lei educacional brasileira de 1827. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 11, n. 1, p. e23079, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.16661

Downloads

Publicado

2023-12-13

Como Citar

FLORES, C. R. .; GUSMÃO, M. S. dos S.; COSTA, D. A. da; SILVA, A. J. da. REDE DE FORMAÇÃO E PESQUISA EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: AMPLIANDO AS FRONTEIRAS AMAZÔNICA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23109, 2023. DOI: 10.26571/reamec.v11i1.16791. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/16791. Acesso em: 19 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)