ANÁLISE COMBINATÓRIA: METODOLOGIA DE APOIO AO PROFESSOR

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v9i1.10440

Palavras-chave:

Plano de aula, Análise Combinatória, Algoritmo

Resumo

Probabilidade e a Análise Combinatória foram desenvolvidas em meados do século XVII. Pesquisas atuais realizadas por diversos autores concluíram que existem deficiências no ensino de Análise Combinatória devido às dificuldades que os professores apresentam em relação ao uso e ensino dessa teoria. Em muitos casos, o ensino se limita quase sempre ao treinamento no uso de fórmulas e algoritmos para encontrar o número de arranjos, combinações ou permutações, sem proporcionar a possibilidade dos alunos derivarem as referidas fórmulas pelo uso da manipulação dos elementos dos respectivos espaços amostrais dos problemas. Neste trabalho, a partir do plano de aula, a atuação do professor foi dividida em dois momentos: antes da aula e durante da aula. Propõe-se aqui uma metodologia que dá apoio ao professor no momento anterior à aula, quando ele está preparando o conteúdo a ser desenvolvido em classe. Para cada tipo de problema de combinatória foram apresentadas as fórmulas e uma lista de suas características. A partir dessas características construiu-se um fluxograma a fim de facilitar a resolução de diversos problemas de combinatória, utilizando, para isso, perguntas e respostas. Por fim, foram resolvidos, por meio desse fluxograma, diversos problemas extraídos da literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Antonio Luís Venezuela, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho, UNESP, São Paulo (1995), mestrado em Matemática Aplicada pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho, UNESP, São Paulo (1998) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de São Paulo, USP, (2008). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Física, Química e Matemática (DFQM) da Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR - Campus de Sorocaba, está credenciado no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (PPGECE) e Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). Em 2018 atuou como Coordenador do Programa de Iniciação Científica (PIC) destinado aos medalhistas da OBMEP (Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas). Atualmente é Coordenador Nacional do Fórum Hotel de Hilbert do PIC da OBMEP e Coordenador do Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR - Campus de Sorocaba. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Mecânica dos Fluídos, no tema referente à modelagem matemática associada aos processos de filtração tangencial e simulação via GITT (Generalized Integral Transform Technique). Também tem experiência na área de Matemática Aplicada, com ênfase nos seguintes temas: Gravitação e Variedades Topológicas, Relatividade Restrita e Geral relacionadas às Superfícies Mínimas. (Texto informado pelo autor)

Referências

EVES, Howard. Introdução à história da matemática. 5. ed. Campinas: Ed. Unicamp, 2011.

BOYER, Carl B.; MERZBACH, Uta C. História da matemática. 3. ed. São Paulo, Ed. Edgard Blücher, 2012.

SILVA, Alex Sandro Vaz. Atividades escolares que envolvem a análise combinatória, a partir da expectativa do desenvolvimento da habilidade de contagem, segundo a BNCC. 2020. 90 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de São Paulo, campus de São Jose dos Campos, Instituto de Ciência e Tecnologia. Programa de Pós-Graduação em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). Disponível em: https://sca.profmat-sbm.org.br/sca_v2/get_tcc3.php?id=170870231. Acesso em: 06 jan. 2021.

BRASIL. Lei n.º 9394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: 1996. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

MOREIRA, Francis Miller Barbosa; MAGINA, Sandra Maria Pinto. A análise combinatória na formação de professores: um Estudo Diagnóstico. VII CIBEM - Congresso Ibero-americano de Educação Matemática. Actas del VII CIBEM, 2013. Disponível em: http://funes.uniandes.edu.co/17606/1/Barbosa2013A.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

SABO, Ricardo Deszo. Análise de livros didáticos do ensino médio: um estudo dos conteúdos referentes à combinatória. 2007, 54 f. Dissertação (Especialização) – Centro Universitário Fundação Santo André, Santo André. Disponível em: https://www.pucsp.br/~cileda/Monografia_RicardoSabo.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

SCHMIDT, Wilian, MARIANI, Rita de Cássia Pistóia. Raciocínio combinatório: uma meta-análise com ênfase nas representações semióticas. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa). v. 8, n. 3, p. 109-128, 2017. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1196/899. Acesso em: 27 nov. 2020.

CARVALHO, Paulo Cezar Pinto. Métodos de contagem e probabilidade. Rio de Janeiro: IMPA, 2015. Disponível em: http://www.obmep.org.br/docs/apostila2.pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

MERICHELLI, Marco Aurélio Jarreta; CURI, Edda. Estudos de aula (“Lesson Study”) como metodologia de formação de professores. Revista de Ensino de Ciências e Matemática (REnCiMa). V. 7, n. 4, p. 15-27, 2016. Disponível em: http://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/1202/838. Acesso em: 27 nov. 2020.

PEREIRA, André Gustavo Campos; BEZERRA, José Rauryson Alves. Uma ferramenta para ajudar na fixação dos conceitos básicos de análise combinatória. Revista do Centro de Ciências Naturais e Exatas - UFSM, v. 37, Ed. Especial PROFMAT, p. 503–510, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/cienciaenatura/article/download/14659/pdf. Acesso em: 27 nov. 2020.

SANTOS, José Plínio O.; MELLO, Margarida P.; MURARI, Idani T. C. Introdução à analise combinatória. Rio de Janeiro: Ed. Ciência Moderna, 2007.

Downloads

Publicado

2021-01-27

Como Citar

VENEZUELA, A. L. ANÁLISE COMBINATÓRIA: METODOLOGIA DE APOIO AO PROFESSOR. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 1, p. e21015, 2021. DOI: 10.26571/reamec.v9i1.10440. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/10440. Acesso em: 28 fev. 2021.

Edição

Seção

Educação Matemática