CRENÇAS DE AUTOEFICÁCIA E ATITUDES DE ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA: POSSÍVEIS INDICATIVOS DE DESMOTIVAÇÕES PARA A RESOLUÇÃO DE QUESTÕES “MATEMATIZADAS” DE CIÊNCIAS NATURAIS

Endrigo Antunes Martins, Marta Maria Pontin Darsie, Jair Lopes Junior, Nelson Antonio Pirola

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo caracterizar evidências de relações entre a crença de autoeficácia, as atitudes de alunos em relação à resolução de questões “matematizadas” de Ciências Naturais e a motivação para executá-las. A coleta de dados ocorreu com doze turmas de 9º ano do Ensino Fundamental de três escolas estaduais de Cuiabá-MT por meio de entrevistas e testes (similares a avaliações em larga escala). Os testes foram aplicados para duzentos e trinta e nove alunos e as entrevistas para três alunos. Os resultados nos evidenciaram que existem estreitas relações entre o autoconceito em Matemática, a crença de autoeficácia na resolução de questões “matematizadas” de Ciências Naturais e o esforço desprendido para tais resoluções.


Palavras-chave


Teoria Social Cognitiva, Autoconceito, Motivação.

Texto completo:

PDF

Referências


AIKEN, L. R. Attitudes Toward Mathematics. Review of Educational Research, v. 40, n. 4, pp. 551-596, 1970.

BANDURA, A. Self-efficacy: Toward a Unifying Theory of Behavioral Change. Psychological Review, v. 84, n. 2, pp. 191-215, 1977.

______. Perceived Self-Efficacy in Cognitive Development and Functioning. Educational Psychologist, 28 (2), 117-148, 1993.

______. Self-efficacy. In V. S. Ramachaudran (Ed.), Encyclopedia of human behavior. V. 4, p. 71-81. New York: Academic Press, 1994.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Trad. de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo de Mourinho Baptista. Porto: Porto Editora, 1994.

BONG, M. E.; SKAALVIK, E. M. Academic self-concept and self-efficacy: How different are they really? In: Educational Psychology Review, 15 (1), pp. 1-40, 2003.

BORUCHOVITCH, E.; BZUNECK, J. A. A motivação do aluno: contribuições da psicologia contemporânea. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

BRITO, M. R. F. Atitudes em Relação à Matemática em Estudantes de 1º e 2º Graus. 1996. Tese (Livre Docência em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

BRITO, M. R. F.; SOUZA, L. F. N. I. Autoeficácia na Solução de Problemas Matemáticos e Variáveis Relacionadas. Temas em Psicologia. Ribeirão Preto, v.23, n.1, 2015. Disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/pdf/tp/v23n1/v23n1a04.pdf> Acesso em: 01 jul. 2019.

DOBARRO, V. R. Solução de Problemas e Tipos de Mente Matemática: Relações com as Atitudes e Crenças de Autoeficácia. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

DOBARRO, V. R.; BRITO, M. R. F. Atitude e Crença de Autoeficácia: Relações com o Desempenho em Matemática. Educação Matemática Pesquisa. v.12, n.2, 2010. Disponível em: Acesso em: 01 jul. 2019.

KLAUSMEIER, H. J.; GOODWIN, W. Manual de Psicologia Educacional. Tradução de Maria Célia T. de Abreu, São Paulo: Harper & Row do Brasil, 1977.

MARTINS, E. A. A influência da “matematização” na aprendizagem de Ciências Naturais: um estudo sobre a aprendizagem da cinemática no 9º ano do ensino fundamental. Dissertação (Mestrado em Educação). Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2014.

NEVES, S. P; FARIA, L. Autoconceito e autoeficácia: semelhanças, diferenças, inter-relação e influência no rendimento escolar. Revista da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais. Porto: Edições Universidade Fernando Pessoa. ISSN 1646-0502.6, p.206-218, 2009. Disponível em: Acesso em: 26 jun. 2019.

PAULA, K. C. M. A família, o desenvolvimento das atitudes em relação a matemática e a crença de auto-eficácia. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n2.p05-27.i8346

Apontamentos

  • Não há apontamentos.