RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS GEOMÉTRICOS: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO CONCEITUAL E OS CONHECIMENTOS DECLARATIVOS DE FIGURAS PLANAS NOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autores

DOI:

10.26571/2318-6674.a2016.v4.n1.p104-125.i5320

Palavras-chave:

Aprendizagem, Geometria, Conceitos, Anos iniciais do ensino fundamental.

Resumo

Este artigo é um recorte de uma pesquisa de mestrado que apresenta uma análise da seguinte questão de investigação: “Quais as principais características dos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, quanto ao desenvolvimento conceitual de figuras planas e à utilização dos conhecimentos declarativos na resolução de problemas envolvendo geometria plana?”. Este estudo foi desenvolvido à luz da teoria da formação de conceitos de Klausmeier e Goodwin (1977). Participaram 20 crianças do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental. Os participantes responderam a uma entrevista sobre aulas de geometria e a uma avaliação composta por dois problemas geométrico. A análise dos protocolos mostrou que as crianças tinham poucos conhecimentos sobre atributos definidores das figuras planas apresentadas, o que as levaram a ter dificuldades na definição e representação dos conceitos que definiriam figuras da mesma classe, mostrando-se dependentes de uma única representação para cada figura plana, o que aponta para os níveis de desenvolvimento mais elementares da formação de conceitos: nível concreto e de identidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Evandro Tortora, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Doutor e mestre em Educação para Ciência pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Bauru, possui licenciatura em Pedagogia pela Universidade Paulista (UNIP) e licenciatura em Matemática (UNESP/Bauru). Tem experiência com formação inicial e continuada de professores da Educação Básica (Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil). Atualmente, trabalha com formação continuada de professores e é professor de Educação Infantil pelo município de Campinas. É membro do GCEMC - Grupo Colaborativo de Educaçâo Matemática e Científica (IFSP) e do GPPEM - Grupo de pesquisa em Psicologia da Educação Matemática (UNESP), grupos no quais desenvolve pesquisas relacionados à Resolução de Problemas em Matemática, Atitudes em relação à Matemática, Crenças de Autoeficácia e ao desenvolvimento conceitual, tendo como participantes as crianças e professores da Educação Básica.

Nelson Antonio Pirola, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Possui graduação em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas (1991), mestrado em Educação (área de Concentração em Psicologia Educacional) pela Universidade Estadual de Campinas (1995) e doutorado em Educação (área de Concentração em Educação Matemática), pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Possui livre-docência em Educação Matemática pela UNESP. Atualmente é professor associado do Departamento de Educação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Conceitos e Solução de Problemas, atuando principalmente nos seguintes temas: educação matemática, formação de professores, solução de problemas, educação continuada e ensino e avaliação em matemática. Foi diretor da Sociedade Brasileira de Educação Matemática - Regional São Paulo - Triênio 2008-2010 e 2011-2013. Foi coordenador do curso de Pedagogia PARFOR (UNESP/CAPES) de 2011-2014. Docente credenciado no Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e no Programa de Mestrado Profissional em Docência para a Educação Básica da UNESP - Bauru. Realizou estágios de Pós-Doutorado de curta duração na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, Portugal e na Université Claude Bernard Lyon 1. École Supérieure du Professorat et de l Éducation de lAcadémie de Lyon. É líder do Grupo de Pesquisa em Psicologia da Educação Matemática e coordenador do Centro de Educação Continuada em Educação Matemática, Científica e Ambiental da UNESP de Bauru - CECEMCA. Atualmente, é vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da UNESP/Bauru. Professor colaborador no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática - REAMEC. Orientador do Programa Residência Pedagógica de Matemática da CAPES/UNESP/Bauru

Publicado

2016-06-30

Como Citar

TORTORA, E.; PIROLA, N. A. RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS GEOMÉTRICOS: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO CONCEITUAL E OS CONHECIMENTOS DECLARATIVOS DE FIGURAS PLANAS NOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 4, n. 1, p. 104–125, 2016. DOI: 10.26571/2318-6674.a2016.v4.n1.p104-125.i5320. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/5320. Acesso em: 16 jun. 2024.