UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v10i1.13289

Palavras-chave:

Educação Matemática, Formação Inicial, Bibliometria

Resumo

O artigo tem o objetivo de identificar o cenário da produção científica sobre a formação de professores que ensinam matemática a partir de um levantamento bibliométrico. As investigações sobre os professores que ensinam matemática são essenciais para o aprimoramento da área de Educação Matemática, pois  permitem compreender os desafios, entraves e possibilidades do trabalho pedagógico com matemática, especialmente na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. O levantamento bibliométrico foi realizado na plataforma OasisBR do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). Para isso, definimos os seguintes descritores: “matemática”, “pedagogia” e “formação” em pesquisas do tipo “dissertação” publicadas no período de 2016 a 2021. Assim, para composição da análise do artigo, foram contabilizadas um total de 14 dissertações. Os principais resultados indicam ausência de pesquisas na Região Norte, prevalência de pesquisas qualitativas e autoria predominante de egressos do curso de Pedagogia. Portanto, uma produção bibliométrica contribui para o avanço científico, uma vez que oportuniza que os pesquisadores identifiquem o cenário da produção científica, corroborando para o desenvolvimento de novos estudos, em diferentes perspectivas dentro da formação de professores que ensinam matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rubia Inácio Lopes, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil

Graduanda em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Bolsista de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM).

Felipe da Costa Negrão, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil

Graduado em Pedagogia (2013). Especialista em Neuropsicopedagogia (2015), Didática do Ensino Superior (2015) e Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos (2019). Mestre em Educação em Ciências na Amazônia pela Universidade do Estado do Amazonas (2018). Atualmente é Professor Assistente I do Departamento de Métodos e Técnicas da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), atuando nos temas de Ensino de Ciências e Matemática, Estágio Supervisionado e Metodologias de Ensino.

Jonatha Daniel dos Santos, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil

Graduado na Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Campus Ji-Paraná; Graduado em Pedagogia - UNINTER; Mestre em Educação em Ciências e Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS; Doutor em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB (Bolsista Capes). Experiência na Educação Básica e Educação Superior. Desenvolvo pesquisas a partir de uma ótica voltada para a Educação Escolar, Educação Matemática, Saberes Etno(matemáticos) e Populações tradicionais. Professor Adjunto na Universidade Federal do Amazonas.

Referências

BARRETO, M. C. Desafios aos pedagogos no ensino da matemática. In: SALES, J. A. M. de.; BARRETO, M. C.; NUNES, J. B. C.; NUNES, A. I. B. L.; FARIAS, I. M. S. de.; MAGALHÃES, R. de C. B. P. Formação e Práticas Docentes. Fortaleza: EdUECE, 2007. p. 243-254.

BASS, H. Mathematicians as educators. In: Notices of the AMS, St. Louis, v. 44, n. 1, 1997.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área de Ensino. Brasília, DF, 2019. Disponível em: https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/ENSINO.pdf. Acesso em: 10 set. 2021.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP Nº. 1, de 15 de maio de 2006. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Pedagogia, Licenciatura. Brasília, DF, 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 10 set. 2021.

CURI, E. Formação de professores polivalentes: uma análise conhecimento para ensinar matemática e de crenças e atitudes que interferem na constituição desses conhecimentos. 2004. 278 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Faculdade de Educação Matemática, PUCSP, São Paulo, 2004.

CURI, E. A matemática e os professores dos anos iniciais. São Paulo: Musa, 2005.

COSTA, M. A. F.; COSTA, M. F. B.; ANDRADE, V. A. Caminhos (e descaminhos) dos objetivos em dissertações e teses: um olhar voltado para a coerência metodológica. Revista Práxis, v.6, n.11, p. 11-24, 2014. https://doi.org/10.25119/praxis-6-11-595.

D'AMBROSIO, B. S. Formação de professores de matemática para o século XXI: o grande desafio. Pró-posições, v. 4, n. 1, v. 10, 1993. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/1757/10-artigos-ambrosiobs.pdf. Acesso em: 20 dez. 2021.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 3 ed. Campinas: Autores associados, 2012.

FIORENTINI, D.; NACARATO, A. M.; PINTO, R. A. Saberes da experiência docente em matemática e educação continuada. Revista Quadrante, Campinas, v. 8, p. 33-59, 1999. https://doi.org/10.48489/quadrante.22720.

FIORENTINI, D.; NACARATO, A. M.; FERREIRA, A. C.; LOPES, C. S.; FREITAS, M. T. M.; MISKULIN, R. G. S. Formação de professores que ensinam Matemática: um balanço de 25 anos da pesquisa brasileira. Educação em Revista (UFMG), v. 36, p. 137-160, 2002. Disponível em: https://www.repositorio.ufop.br/handle/123456789/1098. Acesso em: 28 dez. 2021.

FONSECA, L. A. M. Metodologia científica ao alcance de todos. Manaus: Editora Valer, 2010.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 61 ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2019.

LORENZATO, S. Para aprender matemática. Campinas: Autores Associados, 2006.

NACARATO, A. M.; MENGALI, B. L. D. S.; PASSOS, C. L. B. A matemática nos anos iniciais do ensino fundamental: tecendo fios do ensinar e do aprender. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009. (Tendências em Educação Matemática).

NEGRÃO, F. C. Competências e habilidades do profissional de pedagogia. In: CASTRO, P. A. de. Educação como (re)Existência: mudanças, conscientização e conhecimentos. Campina Grande: Realize Editora, 2021. p. 566-585. Disponível em: https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/74158. Acesso em: 10 set. 2021.

NEGRÃO, F. C. Desafios e perspectivas da formação de professores que ensinam matemática. In: V Encontro de Práticas em Ciências e Matemática nos Anos Iniciais, 2020, Juiz de Fora. Anais do V CIMAI. Juiz de Fora, 2020. v. 5. p. 197-204. Disponível em: https://www.ufjf.br/anaisdocimai/edicoes/volume-5-2020/. Acesso em: 28 dez. 2021.

NEGRÃO, F. C. Ressignificando o ensino de matemática: uma experiência com professores em formação. In: BARBOZA, P. L. (Org.). Pesquisas em Educação Matemática. Jundiaí: Paco Editorial, 2019.

NEGRÃO, F. C.; AMORIM-NETO, A. C. A formação de professores de matemática na percepção de um pesquisador pedagogo. In: VII Encontro de Educação Matemática do Estado do Rio de Janeiro, 2018, Rio de Janeiro. Anais. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Educação Matemática do Rio de Janeiro, 2018. v. 7. p. 01-12.

NEGRÃO, F. C.; AMORIM-NETO, A. C. Um estudo sobre a formação de professores: O educador matemático em questão. In: Simpósio de Educação em Ciências na Amazônia, 6, 2016. Manaus. Anais. Manaus: Universidade do Estado do Amazonas, 2016, p. 1-13.

NEGRÃO, F. C.; CASTRO, V. S. Análise bibliométrica sobre ludicidade em ciências: uma pesquisa na Revista Areté. In: V Simpósio em Educação em Ciências na Amazônia - SECAM, 2015, Manaus. Anais. Manaus, 2015. v. 5. p. 01-09.

NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

SANTOS, E. O. dos.; KALHIL, J. B.; GHEDIN, E. A formação matemática no curso de Pedagogia: o que revelam as matrizes curriculares. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 3, n. 1, p. 25-41, 2015. 10.26571/2318-6674.a2015.v3.n1.p25-41.i5304.

SANTOS , J. de S.; CORDEIRO, S. M. S. Etnomatemática versus matemafobia. Revista Margens Interdisciplinar, [S.l.], v. 7, n. 8, p. 315-324, 2016. https://doi.org/10.18542/rmi.v7i8.2765.

SKOVSMOSE, O. Desafios da reflexão em Educação Matemática Crítica. Campinas, SP: Papirus, 2008.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 13 ed. Petrópolis. Vozes: 2012.

UNESCO. Os desafios do ensino de matemática na educação básica. Brasília: UNESCO; São Carlos: EdUFSCar, 2016.

ZABALZA, M. A. O estágio e as práticas em contextos profissionais na formação universitária. São Paulo: Cortez, 2014.

Publicado

2022-04-14

Como Citar

LOPES, R. I.; NEGRÃO, F. da C.; SANTOS, J. D. dos. UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 10, n. 1, p. e22021, 2022. DOI: 10.26571/reamec.v10i1.13289. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/13289. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Educação Matemática

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)