OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UM BRASIL DESCONHECIDO NA VISÃO DE ACADÊMICOS DE PEDAGOGIA EM JAPURÁ (AM)

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i3.10078

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Sustentabilidade, PARFOR

Resumo

A Educação Ambiental é uma via real de enfrentamento aos problemas atuais que envolvem pessoas, recursos naturais e a biodiversidade. O incentivo e/ou desenvolvimento dela, com efetividade, é responsabilidade também da escola; logo, os cursos de formação de professores precisam oportunizar tal aprendizado aos futuros docentes. Este trabalho apresenta os resultados de um questionário aplicado a acadêmicos de Pedagogia do PARFOR de Japurá (AM), regularmente matriculados na disciplina de Ciências da Natureza na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Os resultados apontam para o reconhecimento das necessidades reais do município que sofre com problemas de descarte do lixo e saneamento básico, além de desvelar que os acadêmicos desconhecem a legislação educacional. O trabalho defende uma formação de professores que sejam profissionais engajados em questões ambientais, principalmente por estarmos inseridos na Amazônia, berço da biodiversidade do mundo. A pesquisa revela o reconhecimento dos acadêmicos acerca da importância do ensino de ciências para a formação de professores, consequentemente, para a formação de cidadãos críticos, responsáveis e reflexivos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Priscila Eduarda Dessimoni Morhy, Centro Universitário do Norte

Bióloga, Especialista em Didática do Ensino Superior, Mestre em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia - PPGEEC/UEA. Pesquisadora membro do Grupo de Estudo e Pesquisa Educação em Ciências em Espaços Não Formais - GEPECENF/UEA.

Felipe da Costa Negrão, Universidade Federal do Amazonas

Graduado em Pedagogia (2013). Especialista em Neuropsicopedagogia (2015), Didática do Ensino Superior (2015) e Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos (2019). Mestre em Educação em Ciências na Amazônia pela Universidade do Estado do Amazonas (2018). Atualmente é Professor Assistente I do Departamento de Métodos e Técnicas da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), atuando nos temas de Ensino de Ciências e Matemática, Estágio Supervisionado e Metodologias de Ensino.

Referências

BRASIL. Lei n.º 9394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 25 mai. 2019.

______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB, 2010.

BARCELOS, Valdo Hermes de Lima. Educação Ambiental: sobre princípios, metodologias e atitudes. 4 ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2012.

BARDIN, L. Análise do Conteúdo. 4 ed. Lisboa: Edições 70, 2016.

BRZEZINSKI, Iria. Sujeitos sociais coletivos e a política de formação inicial e continuada emergencial de professores: contradições vs conciliações. Educação & Sociedade. Campinas, v. 35, nº. 129, p. 1241-1259, out-dez., 2014.

CAVALCANTE, Bruna Luana de Lima.; LIMA, Uirassú Tupinambá Silva de. Relato de experiência de uma estudante de Enfermagem em um consultório especializado em tratamento de feridas. Journal of Nursing and Health, Pelotas, Rio Grande do Sul, v. 1, n. 2, p. 94-103, 2012.

DE SOUZA, Vanessa Marcondes. A educação ambiental na formação acadêmica de professores. Conhecimento & Diversidade, [S.l.], v. 4, n. 8, p. 104-114, mar. 2013.

ELALI, Gleice Azambuja. O ambiente da escola - o ambiente na escola: uma discussão sobre a relação escola-natureza em educação infantil. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v. 8, n. 2, p. 309-319, Ago. 2003.

FAZENDA, Ivani. Práticas interdisciplinares na escola. Editora Cortez. 10 ed. 2005.

FONSECA, Luiz Almir Menezes. Metodologia científica ao alcance de todos. Manaus: Editora Valer, 2010.

MASULLO, Virginia Flora.; COELHO, Irene da Silva. As dificuldades dos professores da educação infantil: questões estruturais e pedagógicas. UNISANTA Humanitas, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 72-97, 2015.

MORHY, Priscila Eduarda Dessimoni. O sentimento de pertença com crianças da educação infantil em relação a água em espaços educativos. 2018. 121 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências). Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Amazonas, Manaus, 2018.

NEGRÃO, Felipe da Costa.; SARMENTO, Jackeline Ferreira.; GUEDES, Virgílio José Nazaré.; FACHÍN-TERÁN, Augusto. Livros Didáticos: uma análise a partir das tendências em educação e ensino de ciências. Areté - Revista Amazônica de Ensino de Ciências, Manaus, v.9, n.20, p. 21–31, Número especial, 2016.

REIGOTA, Marcos. O que é educação ambiental. São Paulo: Brasiliense, 2017.

______. Meio ambiente e representação social. São Paulo: Cortez, 1995.

SANTOS, Eduarda Cristina Albuquerque dos. Alfabetização Científica: Um estudo na formação continuada de professores do programa Ciência na Escola no município de Manaus. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências na Amazônia) - Escola Normal Superior, Universidade do Estado do Amazonas, Manaus, 2018.

SELBACH, Selma. Ciências e Didática. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010. (Coleção Como Bem Ensinar).

TRIVELATO, Sílvia Frateschi.; SILVA, Rosana Louro Ferreira. Ensino de Ciências. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

VASCONCELOS, Elizandra Rego de. Questões socioambientais amazônicas, CTS e o ensino de ciências. REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, [S.l.], v. 33, n. 3, p. 161-177, dez. 2016.

ZANON, Lenir Basso. Desafios da formação docente associados à reconstrução curricular na perspectiva da interdisciplinaridade e educação ambiental. In: GONÇALVES, Terezinha Valim Oliver.; MACÊDO, Francisco Cristiano da Silva.; SOUZA, Fábio Lustosa. Educação em Ciências e Matemáticas: debates contemporâneos sobre ensino e formação de professores. Porto Alegre: Penso, 2015.

Downloads

Publicado

2020-09-07

Como Citar

MORHY, P. E. D.; NEGRÃO, F. da C. OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UM BRASIL DESCONHECIDO NA VISÃO DE ACADÊMICOS DE PEDAGOGIA EM JAPURÁ (AM). REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 61-76, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i3.10078. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/10078. Acesso em: 1 out. 2020.