MATEMÁTICA EM CONTEXTO E APLICAÇÕES: CONEXÕES ENTRE ARTE E MATEMÁTICA

Adílio Jorge Sabino, Idemar Vizolli

Resumo


A Matemática e a Arte estão diretamente ligadas à vivência humana. O presente trabalho tem como objetivo verificar possíveis conexões entre Arte e Matemática presentes em livros didáticos do Ensino Médio utilizados por professores do Instituto Federal do Pará – Campus Conceição do Araguaia. O estudo foi organizado em duas etapas: na primeira analisa-se imbricações e rupturas nas relações históricas entre Arte e Matemática; na segunda estuda-se o modo como é abordada a Arte nos livros didáticos de Matemática. A metodologia utilizada se consistiu de um estudo bibliográfico, de abordagem qualitativa, em que resenha-se aspectos de Artes e Matemática. Os resultados indicam um distanciamento da relação entre essas duas áreas de conhecimento, ainda que, em diversos momentos da história, elas se inter-relacionavam. São raras e elementares as abordagens entre Arte e Matemática apresentadas nos livros didáticos analisados e tampouco exploram possibilidades de aprendizagens de conceitos na e entre as áreas de conhecimento.


Palavras-chave


Arte; Matemática; Livros didáticos.

Texto completo:

PDF

Referências


ARTE E MATEMÁTICA: Arte e números. Direção TV ESCOLA José Roberto Sadek. Produção TV ESCOLA Luciana Pires e Marilda Cabral. 2000. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2017.

ATALAY, Bulent. A Matemática e a Mona Lisa: a confluência da arte com a ciência. Tradução: Mário Vilela. 2 ed. rev e atual. São Paulo: Publicações Mercuryo Novo Tempo, 2009.

BOYER, Karl Benjamin. História da Matemática. Tradução: Elza Gomide. São Paulo: Edgard Blücher, 1974.

COLL, César et al. O construtivismo na sala de aula. 3. ed. São Paulo: Ática, 2003.

DANTE, Luiz Roberto. Matemática: Contexto & aplicações. 2. ed. São Paulo: Ática, 2013.

FAINGUELERNT, Estela Kaufman; NUNES, Katia Regina Ashton. Fazendo arte com a matemática. Porto Alegre: Artmed, 2006.

FERRARI, Solange dos Santos Utuari et al. Por Toda Parte: volume único. 1 ed. São Paulo: FTD, 2013.

GUERRA, Eliane Linhares de Assis. Manual de Pesquisa Qualitativa. Grupo Ãnima Educação: Belo Horizonte, 2014. Disponível em: http://disciplinas.nucleoead.com.br/pdf/anima_tcc/gerais/manuais/manual_quali.pdf acesso em: 03/10/2017.

LARA, Isabel Cristina Machado de. Jogando com a matemática. São Paulo: Rêspel, 2003.

MATEMÁTICA- Guernica e sua proporções. Direção Geral: Janie Paula. Produção: Claudia Cortez. 2000. Disponível em: . Acesso em: 02 jul. 2017.

REVERBEL, Olga. Um caminho do teatro na escola. 2 ed. São Paulo: Scipione, 2002.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 23 ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007.

VIZOLLI, Idemar. Partes, Um modo de efetuar a partilha do pescado. In: Educação Matemática em Revista. Sociedade Brasileira de Educação Matemática do Rio Grande do Sul (SBEM/RS): Canoas, RS: ULBRA, 2009, n. 10, 2009. Disponível em: http://www.sbemrs.org/revista/index.php/2011_1/article/viewFile/33/31 acesso em: 15/08/2017.

ZALESKI FILHO, Dirceu. Matemática e Arte. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

COSTA, Cristina. Questões de arte. O belo, a percepção estética e o fazer artístico. São Paulo:Moderna, 2004.

GHIRALDELLI JÚNIOR, Paulo. História da filosofia: dos pré-socráticos a Santo Agostinho. São Paulo: Contexto, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n1.p5-27.i5858

Apontamentos

  • Não há apontamentos.