FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL: ANÁLISE DE UMA EXPERIÊNCIA REALIZADA EM RONDÔNIA

Autores

  • Marcia Rosa Uliana Fundação Universidade Federal de Rondônia
  • Gerson de Souza Mól Universidade de Brasilia

DOI:

10.26571/REAMEC.a2019.v7.n2.p127-145.i8511

Palavras-chave:

Deficiência visual, Formação de professores de Matemática, Inclusão, Disciplina/curso.

Resumo

O presente estudo objetivou analisar como uma disciplina/curso de formação para futuros professores de Matemática, centrada em estratégias de ensino a estudantes com deficiência visual, pode contribuir para a preparação docente tendo em vista a promoção do ensino inclusivo. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa-ação desenvolvida na abordagem qualitativa que teve como participantes 20 licenciados em Matemática. O processo formativo/investigativo aconteceu na Fundação Universidade Federal de Rondônia - Campus da cidade de Ji-Paraná, e consiste num curso de formação de 40 horas. Foram utilizados questionários, vídeos-gravação e narrativas/casos de ensino para produzir/coletar dados junto aos participantes. Os dados produzidos/coletados durante as ações revelaram que a disciplina/curso gerou múltiplas e significativas contribuições, principalmente aos saberes docentes para a promoção de um ensino inclusivo para estudantes com deficiência visual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcia Rosa Uliana, Fundação Universidade Federal de Rondônia

Professora do Departamento de Matemática e Estatística da Fundação Universidade Federal de Rondônia- Campus de Ji-Paraná

Referências

AMIRALIAN, Maria Lucia Toledo Moraes. Comunicação e Participação Ativa: a inclusão de pessoas com deficiência visual. In: AMIRALIAN, Maria Lucia Toledo Moraes (org.). Deficiência Visual: perspectivas na contemporaneidade. 1. ed. São Paulo: Vetor, 2009. p. 19-38.

CAMARGO, Eder Pires de. Ensino de Física e Deficiência Visual: dez anos de investigações no Brasil. São Paulo: Plêiade, 2008.

COSTA, Vanderlei Balbino da. Inclusão Escolar do com deficiência visual no ensino regular. Jundiaí: Paco Editorial, 2012.

FERRONATO, Rubens. A construção de um instrumento de inclusão no ensino da matemática. 2002. 124 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. Trad. Sandra Trabucco Valenzuela. São Paulo: Cortez, 2009.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. 6. ed. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária (EPU), 2003.

MAGALHÃES, Rita de Cássia Barbosa Paiva; CARDOSO, Ana Paula Lima Barbosa. Educação Especial e Educação Inclusiva: conceitos e políticas educacionais. In: MAGALHÃES, Rita de Cássia Barbosa Paiva (org.). Educação Inclusiva: escolarização, política e formação docente. Brasília: Liber Livros, 2011. p. 13-33.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como Fazer? São Paulo: Moderna, 2006.

MITTLER, Peter J. Educação inclusiva: contextos sociais. Porto Alegre: Artmed, 2003.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Trad. Catarina Eleonora F. da Silva e Jeanne Sawaya. 11. ed. São Paulo: Cortez/Brasília: UNESCO, 2006.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti et al. Escola e Aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos: UFSCar, 2010.

NOVÓA, António. O passado e o presente dos professores. In: NOVÓA, António (org.). Profissão Professor. 2. ed. Porto, Portugal: Porto Editora, 1999. p. 13-34.

STAINBACK, Susan; STAINBACK, William. Inclusão: um guia para educadores. Trad. Magda França Lopes. Porto Alegre: Artmed, 1999.

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e Formação Profissional. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

ULIANA, Marcia Rosa. Formação de professores de Matemática, Física e Química na perspectiva da inclusão de estudantes com deficiência visual: análise de uma intervenção realizada em Rondônia. 2015. 314 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós- Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, 2015.

VALLE, Jan W.; CONNOR, David J.; Ressignificando a deficiência: da abordagem social às práticas inclusivas na escola. Traduzido por Fernando Siqueira Rodrigues. Porto Alegre: AMGH. 2014.

Downloads

Publicado

2019-08-01

Como Citar

ULIANA, M. R.; MÓL, G. de S. FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO DE ESTUDANTES COM DEFICIÊNCIA VISUAL: ANÁLISE DE UMA EXPERIÊNCIA REALIZADA EM RONDÔNIA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 7, n. 2, p. 127-145, 2019. DOI: 10.26571/REAMEC.a2019.v7.n2.p127-145.i8511. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/8511. Acesso em: 15 ago. 2020.