GRANDEZAS PROPORCIONAIS: SEQUÊNCIA DIDÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v10i1.13476

Palavras-chave:

Plataforma PhET, Motivação, Formação docente

Resumo

O conceito de proporcionalidade é relevante para a compreensão de diversos conteúdos e suas aplicações, visto que variadas grandezas se relacionam de forma direta ou inversamente proporcional. Nesse sentido, é proposta uma intervenção por meio de uma sequência didática em que os participantes são discentes de um curso de licenciatura em matemática e física. Durante as atividades, foi utilizado um simulador da plataforma PhET, que teve o papel de ferramenta auxiliar na construção do conhecimento. Os resultados mostraram que houve apropriação de saberes essenciais à formação docente, rompendo os equívocos apontados em análise prévia, bem como foi vista a aptidão na elaboração de questões a serem trabalhadas em práticas futuras. Diante dos fatos mencionados, ficam sugeridas a sequência didática como exemplo de metodologia aplicável na discussão de conceitos e as simulações como estimuladoras de aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Otávio Paulino Lavor, Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA), Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte, Braisil.

Graduação em Bacharelado em Física pela Universidade Estadual do Ceará, graduação em Matemática pela Universidade Federal do Ceará, graduação em Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Metodista de São Paulo, mestrado em Física pela Universidade Federal do Ceará e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente é professor adjunto no Departamento de Ciências Exatas e Naturais da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. Tem experiência na área de Física e Matemática, atuando nos seguintes temas:  física matemática, ensino de Física, educação matemática, bem como tecnologias de informação e comunicação. 

Elrismar Auxiliadora Gomes Oliveira, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Humaitá, Amazonas, Brasil.

É professora adjunta da Universidade Federal do Amazonas no Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente desde 2009. Orientadora no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Humanidades - PPGECH. Possui especialização em Ensino de Física pela Universidade Federal de Ouro Preto (2000). Cursou mestrado em Ensino de Ciências pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2008) e doutorado em Ensino de Ciências (ênfase em Física) pela Universidade de São Paulo - USP (2017). Foi professora de Ciências Naturais e Física na rede particular e pública de Minas Gerais entre 1990 e 2009. Realiza pesquisas na área de Ensino de Ciências, com ênfase em Ensino de Física e Astronomia, abordando principalmente temas relacionados com processos de ensino-aprendizagem de conceitos, interdisciplinaridade, diversidade, alfabetização científica e suas implicações na qualidade dos materiais didáticos e em práticas da sala de aula.

Referências

BEDIN, Everton: DEL PINO, José Claudio. Da discência à docência: concepções e perspectivas na formação inicial de professores de química sobre a Sequência Didática – SD. Revista Exitus, v. 9, n. 1, p. 119-147, 2019. https://doi.org/10.24065/2237-9460.2019v9n1ID718.

DOLZ, Joaquim; NOVERRAZ, Michèle; SCHNEUWLY, Bernard. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução de Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004, p. 95-128.

FEITOSA, Murilo Carvalho; LAVOR, Otávio Paulino. Ensino de circuitos elétricos com auxílio de um simulador do PhET. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 8, n. 1, p. 125-138, 2020. 10.26571/reamec.v8i1.9014

LIMA, Donizete Franco. A importância da sequência didática como metodologia no ensino da disciplina de Física moderna no Ensino Médio. Revista Triângulo, Uberaba, v. 11, n. 1, p. 151-162, abr. 2018. https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.2664.

MADURO, Carina Barbosa; RODRIGUES, Paloma Alinne Alves. Uso de sequência didática de matemática para potencializar a aprendizagem de um aluno com Síndrome de Down. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, v. 5, n. 1, p. 1-20, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/35240. Acesso em: 11 fev. 2022.

MELO, Verônica Maria Lavor Silva de; MELO, Bergson Rodrigo Siqueira de; SILVANO, Antonio Marcos da Costa. O ensino de ciências exatas e naturais na educação básica: contribuições dos objetos de aprendizagem. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 9, n. 1, p. e21022, 2021. https://doi.org/10.26571/reamec.v9i1.11585.

MIGUEL, José Carlos. Formação do conceito de proporcionalidade na perspectiva do ensino desenvolvimental. Práxis Educacional, v. 16, n. 41, p. 502-524, 2020. https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i41.6491.

OLIVEIRA, Cícera Janete Alves de; LAVOR, Otávio Paulino. Sequência didática para o ensino e aprendizagem de juros compostos com o software Geogebra. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, v. 9, n. 25, p. 96–110, 2022. https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i25.7400.

RAMOS, Maria do Socorro Ferreira; MOURA, Patrícia de Souza; LAVOR, Otávio Paulino. Educação financeira: sequência didática com o aplicativo “Minhas Economias”. Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, v. 4, n. 1, p. 1-19, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/ridema/article/view/32047. Acesso em: 11 fev. 2022.

RIBEIRO, João Pedro Mardegan. Práticas alternativas e interdisciplinares no ensino de ciências: o caso de uma disciplina eletiva. Revista Humanidades & Inovação, v. 7, n. 8, p. 54-67, 2020. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/2622. Acesso em: 10 fev. 2022.

SANTOS, André Luiz dos; PAIVA, Maria Auxiliadora Vilela; LORENZUTTI, Andressa de Oliveira Faria. Investigando o conceito de proporcionalidade em uma formação continuada de professores. Revista Eletrônica Sala de Aula em Foco, v. 8, n. 1, p. 120-131, 2019. Disponível em: https://ojs2.ifes.edu.br/index.php/saladeaula/article/view/1317/755. Acesso em: 10 fev. 2022.

SILVA, Elânia Francisca da; FERREIRA, Raimundo Nonato Costa; SOUZA, Elaine de Jesus. Aulas práticas de ciências naturais: o uso do laboratório e a formação docente. Educação: Teoria e Prática, v. 31, n. 64, p. 1-22, 2021. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/15360/12095. Acesso em: 10 fev. 2022.

SILVA, Virginia Roters da; LORENZETTI, Leonir. A alfabetização científica nos anos iniciais: os indicadores evidenciados por meio de uma sequência didática. Educação e Pesquisa, v. 46, p. 1-21, 2020. https://doi.org/10.1590/S1678-4634202046222995.

Publicado

2022-03-20

Como Citar

LAVOR, O. P. .; OLIVEIRA, E. A. G. GRANDEZAS PROPORCIONAIS: SEQUÊNCIA DIDÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 10, n. 1, p. e22014, 2022. DOI: 10.26571/reamec.v10i1.13476. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/13476. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Educação Matemática

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)