A UTILIZAÇÃO DE ELEMENTOS DA FLORESTA NA PRODUÇÃO DE RECURSOS METODOLÓGICOS PARA A O ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO CONTEXTO AMAZÔNICO

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i3.10133

Palavras-chave:

Recursos didáticos, Aprendizagem, Metodologias

Resumo

Este artigo tem por finalidade apresentar uma possibilidade de aprendizagem consistente e socialmente significativa partindo da utilização dos recursos didáticos naturais. A pesquisa realizada mostra que o ensino pode ser dinâmico e participativo, possibilitando um conhecimento significativo dos conteúdos a ser ensinados. Mostramos a partir de um caso excepcional e criativo de um docente da rede estadual do município de Manaus que é possível transformar os elementos naturais em recursos metodológicos para ensinar Física e Matemática, desenvolvendo habilidades cognitivas no campo numérico e geométrico. Nessa pesquisa de cunho qualitativo, utilizamos entrevistas, observações e registros escritos e fotográficos. Concluímos que é possível a criação de recursos didático-metodológicos que favoreçam a região amazônica e os processos educativos. Este trabalho mostra que a floresta amazônica é rica em possibilidades e que seus recursos devem ser valorizados e utilizados na construção do conhecimento tendo em vista uma didática amazônica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

José de Alcântara Filho, Universidade do Estado do Amazonas

Graduado em Matemática pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM - (1994-1998). Especialista em Ensino de Matemática pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM - (2004-2006). Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas - UEA - (2006-2008). Professor Assistente nivel A da Universidade do Estado do Amazonas - UEA. Concursado pela Secretaria Estadual de Educação - SEDUC - Professor do Ensino Médio. Membro do grupo de pesquisa Alternativas Inovadoras para o Ensino de Ciências naturais na Amazônia (AIECAM).DUC).

Yuri Expósito Nicot, Universidade Federal do Amazonas

Possui pós doutoramento na área de Ensino de Física pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Portugal, no Departamento de Física e Astronomia, ano 2017. Doutorado em Educação (Ciências Pedagógicas) pela Universidade de Oriente, de Santiago de Cuba, Cuba (ano 2001), revalidado no Brasil pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), ano 2011. Mestrado em Ciências da Educação Superior pela Universidade de Oriente, Cuba (ano 1995) e Graduação de Licenciatura, especialidade Física e Astronomia pela Universidade de Oriente, Faculdade de Estudos Pedagógicos Frank País Garcia, Santiago de Cuba, Cuba (ano 1984), com atuação no Ensino Superior a través dos seguintes temas: Componentes didáticos e curriculares do Processo de Ensino e Aprendizagem da Educação Superior, Didática Geral e Especial do Processo de Ensino e Aprendizagem da Física, Aplicações da Física na resolução de problemas e experimentos. Estudo do desenvolvimento das habilidades do pensamento lógico dos estudantes através dos conhecimentos teóricos e práticos da disciplina Física, Metodologia da Pesquisa Científica, Práticas de Ensino de Física Geral para a formação de professores. Física Aplicada para a formação de engenheiros: Mecânica Clássica, Mecânica Teórica e Resistência de materiais, Física Molecular, Termodinâmica e Calor, Eletromagnetismo e Ondas, Óptica, Física Quântica, Física do Estado Sólido e Física Matemática. Tópicos de Ensino de Ciências. Na atualidade é Professor de Física do Departamento de Física, Instituto de Ciências Exatas (ICE), Universidade Federal do Amazonas (UFAM), onde é presidente do núcleo de Ensino de Física. Professor credenciado no programa de Pós - Graduação, Mestrado Acadêmico em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIM) da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Professor do Programa Pós - Graduação Rede Amazônica de Ensino de Ciências (REAMEC) para a formação de Doutores em Ciências e Matemática na Amazônia (Polo Manaus/UEA), UFAM, UFMG, UFPA. Professor e pesquisador colaborador no programa de Pós - Graduação, Mestrado em Educação e Ensino de Ciências da Amazônia, Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Referências

ALCÂNTARA, M. I. Elementos da floresta e ensino de ciências na Amazônia: proposta metodológica para ensinar ciências na área rural amazônica. 2008. 138 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia, Manaus, 2008. Disponível em: http://www.pos.uea.edu.br/data/area/titulado/download/10-21. Acesso em 28 jan. 2019.

ALCÂNTARA, M. I; TERÁN, A. F. Elementos da floresta: recursos didáticos para o ensino de ciências na área rural amazônica. Manaus: UEA, 2010.

BOURDIEU, Pierre. A Miséria do Mundo. Petrópolis/RJ: Vozes, 2007.

CACHAPUZ, A.; GIL-PEREZ, D.; CARVALHO, A. M.; PRAIA, J. J.; VILCHES, A. (Org.). A necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo: Cortez, 2005.

CAPRA, F. Falando a linguagem da natureza: princípios da sustentabilidade. In: STONE, M. K. BARLOW, Z. (Org.). Alfabetização ecológica: a educação das crianças para um mundo sustentável. Tradução Carmen Fisher. São Paulo: Cultrix, 2006. p. 47-58

CHEVALLARD, Yves; BOSCH, Marianna; GASCÓN, Josep. Estudar matemáticas: o elo perdido entre o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2001.

D’AMORE, Bruno. Epistemologia, Didática da Matemática e Práticas de Ensino. Boletim de Educação Matemática. São Paulo, v. 20, n 28, pp. 179 – 205, 2007. ISSN: 0103-636X. Disponível em: http://www.dm.unibo.it/rsddm/it/articoli/damore/635%20%20Epistemologia%20Didattica.

Acesso em 29 jan. 2019.

DELIZOICOV, Demétrio; ANGOTTI, José A; PERNAMBUCO, Marta M. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

FONSECA, M. A. O Ensino de física utilizando elementos naturais como recurso pedagógico e laboratórios virtuais no 9° ano do ensino fundamental na gleba de vila amazônia, Parintins – Amazonas. 2013. 92 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia, Manaus, 2013. Disponível em: http://www.pos.uea.edu.br/data/area/titulado/download/36-13. Acesso em 28 jan. 2019.

FREITAS, José L. Situações didáticas. In: FRANCHI, Anna; SILVA, Benedito Antônio; FREITAS, José Luiz; PAIS, Luiz Carlos; MARANHÃO, Maria Cristina; DAMM, Regina Flemming; IGLIORI, Sonia Barbosa; MACHADO, Silvia Dias. Educação matemática: uma introdução. 2. ed. São Paulo: EDUC, 2002. (série trilhas). p. 65-88

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. (orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas 2003.

LARA, M. S. Elaboração de significados com analogias em atividades na sala de aula de química. 2014. 228 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Exatas, Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, Curitiba, 2014. Disponível em: http://www.exatas.ufpr.br/portal/ppgecm/wp-content/uploads/sites/27/2016/03/030. Acesso em: 28 jan. 2019.

MAZUKATO, T. (Org.). Metodologia da pesquisa e do trabalho científico. Penápolis: FUNEPE, 2018.

MIRANDA, Simão. Estratégias didáticas para aulas criativas. Campinas, SP: Papirus, 2016.

OLIVEIRA, S. Temas regionais em atividades de geometria: uma proposta na formação continuada de professores de Manaus. 2004. 173 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual Paulista (UNESP), Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática, São Paulo, 2004.

ORR, D. Lugar e pedagogia. In: STONE, M. K. BARLOW, Z. (Org.). Alfabetização ecológica: a educação das crianças para um mundo sustentável. Tradução Carmen Fisher. São Paulo: Cultrix, 2006. p. 117-126

SAMPAIO, Maurício. Manual tecnológico de aproveitamento integral do fruto e da folha do buriti (Mauritia flexuosa). Brasília – DF: Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), 2012.

VIANNA, Heraldo. Pesquisa em educação: a observação. Brasília: Plano Editora, 2003.

Publicado

2020-10-25

Como Citar

ALCÂNTARA FILHO, J. de .; NICOT, Y. E. A UTILIZAÇÃO DE ELEMENTOS DA FLORESTA NA PRODUÇÃO DE RECURSOS METODOLÓGICOS PARA A O ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA NO CONTEXTO AMAZÔNICO. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 467-482, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i3.10133. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/10133. Acesso em: 3 out. 2022.