A VALORIZAÇÃO DOS SABERES TRADICIONAIS UTILIZANDO O TUCUPI AMAZÔNICO COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i2.9968

Palavras-chave:

Contextualização. Experimentação. Mandioca.

Resumo

Atualmente, busca-se cada vez mais um ensino contextualizado como estratégia para o ensino e a aprendizagem. Nesse sentido, valorizar a cultura no ambiente escolar pode ajudar a inter-relação entre escola, professores, alunos e sociedade, a fim de desenvolver um elo de saberes. O objetivo deste trabalho foi utilizar o conhecimento empírico dos alunos sobre o preparo e consumo do tucupi, interligando-os ao conhecimento científico para contribuir com a aprendizagem dos discentes nos conteúdos de Ciências Naturais: Biologia e Química. O projeto apresentou uma pesquisa quali-quantitativa, de caráter exploratório e descritivo. A pesquisa ocorreu de forma comparativa em escolas públicas, sendo uma estadual e outra federal, na cidade de Coari-Am, tendo como público alvo os discentes do 3° ano do Ensino Médio regular e da EJA, totalizando 111 alunos participantes. O projeto foi dividido em quatro etapas: 1°: Aplicação do questionário inicial; 2°: Aulas expositivas com conteúdos de química, biologia e aplicações do conhecimento popular com o científico no processo de preparo e consumo do tucupi; 3°: Experimentação: análise acidez e basicidade; 4°: Avaliação e aplicação do questionário final. Verificou-se que a contextualização foi importante para consolidar os conhecimentos teóricos em uma matéria prima popular entre os discentes, e demostrou que os conceitos de química e biologia ultrapassam a estrutura escolar, sendo útil para a formação dos discentes como cidadãos críticos e reflexivos. O projeto contribuiu para a valorização do conhecimento popular e demonstrou o papel social e tecnológico que os conteúdos escolares apresentam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cristiana Nunes Rodrigues, Instituto de Saúde e Biotecnologia, Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Graduada em Ciências: Biologia e Química pela Universidade Federal do Amazonas

Olavo Pinhatti Colatreli, Instituto de Saúde e Biotecnologia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva. Professor no Instituto de Saúde e Biotecnologia da Universidade Federal do Amazonas 

Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi, Instituto de Saúde e Biotecnologia, Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Professora Adjunta da Universidade Federal do Amazonas, Doutora em Química, Mestre em Química e Graduada em Química e em Farmácia. Atua no Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB/UFAM), colegiado de Ciências: Biologia e Química.

Referências

ALVES, H. R.; RIBEIRO, M. T. D. Uma proposta de sequência didática para o ensino de soluções. REAMEC – Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 8, n. 1, p. 302-322, jan/abr, 2020. ISSN: 2318-6674. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9748/pdf_1. Acesso em: 26 maio 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i1.9748.

AUSUBEL, D. P. A aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982.

BNCC. Base Nacional Curricular Comum: área de Ciências da natureza e suas tecnologias. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/historico/BNCC_EnsinoMedio_embaixa_site_110518.pdf Acesso em 25 maio 2020.

BARROS, J. M. P. de; ARAÚJO, R. M. B. de. Mulheres no PROEJA: desafios na conciliação entre família, trabalho e estudo. Revista de Educação Movimento. v. 3, n. 5, 2016, p. 228-251. Disponível em: http://periodicos.uff.br/revistamovimento/article/view/32617/18752. Acesso em: 05 abr. 2019.

BRASIL. Lei n.º 9394/96. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 08 abr. 2019.

CAMPOS, A. P. R. Estudo do processo de conservação do tucupi. 2016. 87f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos. Belém, 2016. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/157723/1/Dissertacao-Final.pdf. Acesso em: 25 maio 2019.

CAMPOS, A. P. R. et al. Caracterização físico-química do tucupi durante as etapas de processamento. Belém, Pa. Embrapa Amazônia Oriental. 2017. 20 p. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/154194/1/BPD-114-Ainfo.pdf. Acesso em: 28 abr. 2019.

CHISTÉ, R. C.; COHEN, K. de O. Estudo do processo de fabricação da farinha de mandioca. Belém, PA. Embrapa Amazônia Oriental. 2006, p. 75. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/43362/1/Doc.267.pdf. Acesso em: 28 abr. 2019.

CHISTÉ, R. C. Estudo das propriedades físico-químicas do tucupi. Ciênc. Tecnol. Aliment. Campinas, v. 27, n. 3, 2007, p. 437-440. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cta/v27n3/a02v27n3.pdf. Acesso em: 02 jun. 2019.

COSTA, A. L. P. da. Alfabetização científica: a sua importância na educação de jovens e adultos. Educação & Tecnologia. Belo Horizonte, v. 13, n. 2, 2008, p. 42-46. Disponível em: https://periodicos.cefetmg.br/index.php/revista-et/article/view/141/143. Acesso em: 30 jun. 2019.

COSTA, H. R.; MARTINS, L. S. P.; SILVA, A. L. P. Contextualização e experimentação na seção “experimentação no ensino de química” da revista química nova na escola: uma análise de 2009-2015. In: XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Anais do XI ENPEC – Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Florianópolis, SC. 2017. Disponível em: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/xi-enpec/anais/resumos/R1674-1.pdf. Acesso em: 29 jun. 2019.

CRUZ, A.; SANTOS C. dos. Avaliação e prática pedagógica EJA. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. ano 03, ed. 11, v. 01, 2018, p. 05-26. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/pedagogia/avaliacao-e-pratica. Acesso em: 30 jun. 2019.

DIAS, V. L.; RODRIGUES, N. L.; Calixto, M. da S. A fabricação do tucupi e seu uso na preparação de molhos de pimenta artesanais. In: XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química. Anais do XVIII ENEQ – XVIII Encontro Nacional de Ensino de Química Florianópolis, SC. 2016. Disponível em: http://www.eneq2016.ufsc.br/anais/resumos/R0733-1.pdf. Acesso em: 29 jun. 2019.

EMBRAPA. Pesquisa estabelece protocolo de segurança para a fabricação de tucupi. Notícias. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. 2017. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/25540013/pesquisa-estabelece-protocolo-de-seguranca-para-a-fabricacao-de-tucupi. Acesso em: 04 abr. 2019.

FERREIRA, Leliane da Costa et al. A obtenção artesanal do tucupi: saberes populares e o ensino de química. REDEQUIM – Revista Debates em Ensino de Química. v. 5, n.1, set. 2019, p. 139-150. Disponível em: http://www.journals.ufrpe.br/index.php/REDEQUIM/article/view/2289/482483200. Acesso em: 25 nov. 2019.

FESTAS, M. I. F. A aprendizagem contextualizada: análise dos seus fundamentos e práticas pedagógicas. Educação e Pesquisa. v. 41, n. 3, 2015, p. 713-728. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v41n3/1517-9702-ep-41-3-0713.pdf. Acesso em: 02 jun. 2019.

FONSECA, W.; SOARES, J. A. A experimentação no ensino de ciências: relação teoria e prática. Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE: Cadernos PDE. v. 1, 2016. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_cien_uenp_wanderfonseca.pdf. Acesso em: 03 jun. 2019.

FONTENELLES A. B. L.; YAMAGUCHI, K. K. de L. Uso de óleo de andiroba (Carapa guianensis) na produção de velas artesanais como instrumento para o ensino de Química. Exatas Online. v. 9, n. 2, 2018, p. 39-52. Disponível em: http://www2.uesb.br/exatasonline/images/V9N2pag39-52.pdf. Acesso em: 25 nov. 2019.

GONDIM, M. S. C.; MÓL, G. S. Saberes populares e ensino de ciências: possibilidades para um trabalho interdisciplinar. Química Nova na Escola. n. 30, 2008, p. 03-09. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc30/02-QS-6208.pdf. Acesso em: 22 maio 2019.

JÚNIOR, E. A. da S.; PAREIRA, G. G. Reflexões sobre a importância da experimentação no ensino da Química no Ensino Médio. Revista Tecnia. v. 1, n. 1, 2016, p. 67-82. Disponível em: https://revistas.ifg.edu.br/tecnia/article/view/32/9. Acesso em: 02 jun. 2019.

JUNIOR, W. E. F.; YAMASHITA, M.; MARTINES, E. A. L. de M. Saberes Regionais Amazônicos: do Garimpo de Ouro no Rio Madeira (RO) às Possibilidades de Inter-relação em Aulas de Química/Ciências. Química Nova na Escola. v. 35, n. 4, 2013, p. 228-236. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc35_4/03-EA-49-12.pdf. Acesso em: 03 jun. 2019.

LEAL, R. C.; NETO, J. M. M. Amido: Entre a ciência e a cultura. Química Nova na Escola. v. 35, n. 2, 2013, p. 75-78. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc35_2/02-QS-17-12.pdf. Acesso em: 08 abr. 2019.

MONTEIRO, A. G. M.; YAMAGUCHI, K. K. de L. O enfoque de CTS utilizando o açaí como ferramenta para o Ensino de Química. Revista on-line Scientia Amazonia. v. 8, n. 3, 2019, p. 41-49. Disponível em: http://scientia-amazonia.org/wp-content/uploads/2019/08/v.-8-n.-3-E41-E49-2019.pdf. Acesso em: 25 nov. 2019.

NASCIMENTO, S. M. do. Educação de jovens e adultos EJA, na visão de Paulo Freire. 2013. 45f. Monografia (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Polo UAB, Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino, Paranavaí, 2013. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/4489/1/MD_EDUMTE_2014_2_116.pdf. Acesso em: 08 jun. 2019.

NETO, J. A. S. Uso da manipueira como suplemento na dieta para cordeiros Santa Inês. 2013. 63f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Sergipe, Programa de Pós-graduação em Zootecnia, São Cristóvão, 2013. https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/6380/1/JOSE_ADELSON_SANTANA_NETO.pdf. Acesso em: 05 abr. de 2019.

NHAVOTO, V. M. Elaboração de conserva de tambaqui (colossoma macropomum Cuvier, 1818) com envase em molho de tucupi. 2016. 86f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Amazonas, Faculdade de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Pesqueiras nos Trópicos, Manaus, 2016. Disponível em: https://tede.ufam.edu.br/bitstream/tede/5467/5/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Ven%C3%A2ncio%20M.%20Nhavoto.pdf. Acesso em: 08 jun. 2019.

PIRES, F. C. S. Otimização do processo de obtenção do tucupi em pó em spray dryer. 2015. 80f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Belém. Disponível em: http://ppgcta.propesp.ufpa.br/ARQUIVOS/dissertacoes/2015/FLAVIA%20SEABRA.pdf. Acesso em: 28 maio 2019.

SALESSE, A. M. T. A experimentação no ensino de química: importância das aulas práticas no processo de ensino aprendizagem. 2012. 40f. Monografia (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino, Medianeira, 2012. Disponível em: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/4724/1/MD_EDUMTE_II_2012_21.pdf. Acesso em: 06 jun. 2019.

SILVA, V. C. Intoxicação experimental por resíduo de mandioca (manihot esculenta crantz) (manipueira) em ovinos. 2016. 75f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Bahia, Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal nos Trópicos, Salvador, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21282/1/SILVAVC2016.pdf. Acesso em: 29 abr. 2019.

SOUZA. J. R. T. Prática pedagógica em química: Oficinas pedagógicas para o ensino de química. 1.ed. Belém: Editaedi, 2015.

VENQUIARUTO, L. D. et. al. Saberes populares fazendo-se saberes escolares: um estudo envolvendo a produção artesanal do pão. Química Nova na Escola. v. 33, n. 3, 2011, p. 135-141. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/outubro2011/quimica_artigos/saber_pop_escolar_art.pdf. Acesso em: 10 jun. 2019.

WARTHA, E. J.; SILVA, E. L. da; BEJARANO, N. R. R. Cotidiano e Contextualização no Ensino de Química. Química Nova na Escola. v. 35, n. 2, 2013, p. 84-91. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc35_2/04-CCD-151-12.pdf. Acesso em: 15 abr. 2019.

XAVIER, P. M. A.; FLÔR, C. C. C. Saberes Populares e Educação Científica: um olhar a partir da Literatura na Área de Ensino de Ciências. Revista Ensaio. v. 17, n. 2, 2015, p. 308-328. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epec/v17n2/1983-2117-epec-17-02-00308.pdf. Acesso em: 09 jun. 2019.

Downloads

Publicado

2020-06-21

Como Citar

RODRIGUES, C. N.; COLATRELI, O. P.; YAMAGUCHI, K. K. de L. A VALORIZAÇÃO DOS SABERES TRADICIONAIS UTILIZANDO O TUCUPI AMAZÔNICO COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 519-539, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i2.9968. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9968. Acesso em: 25 set. 2020.