ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NO INTERIOR DO AMAZONAS: REFLEXÕES SOBRE CONTRIBUIÇÕES E DESAFIOS

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v9i3.12783

Palavras-chave:

Ensino de química, Ensino superior, Formação de professores, Estágio supervisionado

Resumo

O objetivo desta pesquisa é apresentar uma reflexão sobre a perspectiva dos licenciandos acerca do estágio supervisionado na Universidade Federal do Amazonas, analisando as contribuições e desafios na formação docente. A metodologia consistiu em uma pesquisa bibliográfica e uma pesquisa de campo, com abordagem qualitativa e quantitativa, exploratória e descritiva, envolvendo 20 graduandos do curso de Ciências: Biologia e Química.  Verificou-se que entre a teoria e a prática há diversos entraves como a dificuldade para realização das atividades devido a divergências entre o planejamento dos estudantes e o da escola, dificuldade dos discentes com a disciplina de química, organização pessoal e questões financeiras. A detecção das lacunas envolvidas no estágio supervisionado pode contribuir para um melhor aproveitamento dessa prática e construção dos saberes docentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Coari, Amazonas, Brasil.

Professora Adjunta no Instituto de Saúde e Biotecnologia da Universidade Federal do Amazonas (ISB/UFAM), em Coari - Amazonas. Bacharel em Química pela Universidade Federal do Amazonas (2010) e em Farmácia pelo Centro Universitário Nilton Lins (2008). Possui Mestrado (2011) e Doutorado (2015) em Química pela Universidade Federal do Amazonas. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Química de Biomoléculas da Amazônia (Q-BiomA) e no Núcleo de Estudos em Saúde das Populações Amazônicas(NESPA). Atua nas áreas de Química de Produtos Naturais, principalmente relacionados a resíduos de frutas Amazônicas, óleos essenciais e caracterização química de substâncias fenólicas. Realiza projetos de Pesquisa e Extensão relacionadas ao Ensino de Química com projetos de intervenção utilizando práticas experimentais e valorização de saberes tradicionais.

Nara Maciel Falcão Lima, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Coari, Amazonas, Brasil.

Doutora em Sociedade e Cultura na Amazônia pelo Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia da Universidade Federal do Amazonas (2018). Graduada em PEDAGOGIA pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM (2002). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFAM (2010). Especialista em Administração de Recursos Humanos - UFAM (2002). Atualmente, é Professora Adjunto II da Universidade Federal do Amazonas, lotada no Instituto de Saúde e Biotecnologia Campus Médio-Solimões no município de Coari no Estado do Amazonas.

Referências

ASSAI, N. D. S.; BROISETTI, F. C.; ARRUDA, S. M. O estágio supervisionado na formação inicial de professores: estado da arte das pesquisas nacionais da área de ensino de ciências. Educação em Revista, v.34, e203517, 2018. http://dx.doi.org/10.1590/0102-4698203517

ANDRADE, R. C. R.; RESENDE, M. R. Aspectos legais do estágio na formação de professores: uma retrospectiva histórica. Educação em Perspectiva, Viçosa v. 1, n. 2, p. 230-252, jul./dez. 2010.

BEHREND, D. M.; COUSIN, C. da S.; SCHMIDT, E. B. A relação interinstitucional entre escola e universidade no contexto dos estágios curriculares supervisionados. Laplage em Revista, [S.l.], v. 5, n. 1, p.85-94, fev. 2019.

BIANCHI, A. C. de M.; ALVARENGA, C.; BIANCHI, R. Orientação para estágio em licenciatura. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

BISCONSINI, C. R. et al. O estágio curricular supervisionado das licenciaturas na perspectiva de professores supervisores. Corpoconsciência, Cuiabá-MT, vol. 23, n. 01, p. 75-87, jan./abr., 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº 02, de 01 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, DF: MEC, 2015.

______. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP nº 02, de 20 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Brasília, DF.: In.: Diário Oficial da União, 2020.

_________ Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. In: Diário Oficial da União, Brasília, 20 dez 1996.

CARNEIRO, S. N. V.; SILVA, E. A. O Estágio Supervisionado na formação do professor de Filosofia. Educar em Revista, v.36, p.1-18, 2020. https://doi.org/10.1590/0104-4060.61796.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2018.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Sinopse Estatística da Educação Superior 2015. Brasília: Inep, 2016. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/basica-censo-escolar-sinopse-sinopse . Acesso em: 20 jun. 2021.

LIMA, D. S.; YAMAGUCHI, K. K. DE L. Desafios e dificuldades na prática docente: relato de experiência das atividades vivenciadas no Estágio Supervisionado de Ensino em Ciências. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, v. 2, n. 1, p. 63-69, 26 maio 2020.

OLIVEIRA, L. A.; NASCIMENTO, A. G. A importância do estágio supervisionado na formação dos acadêmicos do curso de licenciatura em química do IFMa campus zé doca. Brazilian Journal of Development, v. 5, n. 4, p. 3981-3994, 2019.

PIMENTA, S. G. O estágio na formação de professores: unidade, teoria e prática? São Paulo: Cortez, 2014.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

RABELO, L. O. R.; ABIB, M. L. V. S.; AZEVEDO, M. N. Estágio com Pesquisa na Formação Inicial de Professores: transformação dos sentidos sobre a atividade docente. Ciência & Educação, v. 27, e21001, p.1-16, 2021. https://doi.org/10.1590/1516-731320210001.

ROCHA, J. S.; VASCONCELOS, T. C. Dificuldades de aprendizagem no ensino de química: algumas reflexões. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 18., 2016, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2016. p.1-10.

RODRIGUES, C. N.; COLATRELI, O. P.; YAMAGUCHI, K. K. de L. A valorização dos saberes tradicionais utilizando o tucupi amazônico como ferramenta para o ensino de ciências. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 519-539, 2020. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9968. Acesso em: 21 out. 2021.

SOUZA NETO, S.; CYRINO, M.; BORGES, C.; O estágio curricular supervisionado como lócus central da profissionalização do ensino. Revista Portuguesa de Educação, v.32, n.1, p.52-72, 2019.

SOUZA NETO, S.; SARTI, F. M.; BENITES, L. C. Entre o ofício de aluno e o habitus de professor: os desafios do estágio supervisionado no processo de iniciação à docência. Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 1, 311-324, jan./mar. de 2016.

TESSARO, P. S.; MACENO, N. G. Estágio Supervisionado em Ensino de Química. Revista Debates em Ensino de Química, v. 2, n. 2, p. 32–44, 2017.

YAMAGUCHI, K. K. L.; NUNES, A. E. C. Dificuldade em Química e uso de atividades experimentais sob a perspectiva de alunos do ensino médio no interior do Amazonas (Coari). Scientia Naturalis, v.1, n.2, p. 172-182, 2019.

YAMAGUCHI, K. K. L.; SILVA. J. S. Avaliação das causas de retenção em química geral na Universidade Federal do Amazonas. Química Nova, v.42, n.3, p.346-354, 2019. Disponível em http://quimicanova.sbq.org.br/detalhe_artigo.asp?id=6891. Acesso em: 04 jul. 2021.

Downloads

Publicado

2021-11-08

Como Citar

YAMAGUCHI, K. K. de L.; LIMA, N. M. F. ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NO INTERIOR DO AMAZONAS: REFLEXÕES SOBRE CONTRIBUIÇÕES E DESAFIOS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 3, p. e21094, 2021. DOI: 10.26571/reamec.v9i3.12783. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/12783. Acesso em: 5 dez. 2021.