TRANSDISCIPLINARIDADE ENTRE FÍSICA MODERNA E ARTE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v11i1.15320

Palavras-chave:

Física Moderna, Arte, Cultura Científica, Revisão Sistemática da Literatura, Transdisciplinaridade

Resumo

As Artes apresentam grande potencial contextualizador, além de motivacional no processo de ensino, podendo servir como recurso didático visando a Física Moderna. O objetivo desse artigo é mapear os trabalhos a respeito da união temática entre as Artes e a Física Moderna e/ou Contemporânea. A associação de Física e Arte no ensino pode propiciar a aprendizagem significativa dos temas a serem estudados e favorecer a inserção dos alunos na cultura científica, ou no desenvolvimento dessa.  No intuito de explorar a transdisciplinaridade entre as culturas Física e Arte, fundamentada nas ideias de Teoria da Complexidade de Edgar Morin, foi realizada uma pesquisa nos principais repositórios com o objetivo de construir um Estado da Arte, que relacionam culturas como o cinema, a literatura, a música, o teatro, o cordel, os quadrinhos, a escultura, a pintura etc. e a Física Moderna. Os resultados indicaram uma carência histórica na exploração do tema, porém, recentemente, tem havido um aumento significativo de interesse e pesquisa nessa área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gilson Yuri Silva Moura, Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Santa Vitório do Palmar, Rio Grande do Sul, Brasil

Possuo graduação em Licenciatura em Física pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2015) e Mestrado pela mesma instituição, na área de Ensino de Física (2019), realizando pesquisa sobre a Física no Cinema e a utilização do Arduino no processo de ensino e aprendizagem. Iniciei em 2020 o Doutorado em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande, onde trabalhei com a utilização de novos recursos didáticos, principalmente artísticos, investigando a Complexidade de Edgar Morin no uso das Artes como perspectiva no Ensino da Física Moderna, tais como cenas cinematográficas, artes visuais, literatura, música etc, buscando proporcionar uma aprendizagem significativa, seguindo a abordagem de David Ausubel. Atualmente, sou pesquisador e bolsista CAPES no doutorado em Ciências Exatas e Tecnológicas no Instituto de Física da Universidade Federal de Catalão, sendo aprovado na seleção em 2021, onde me dedico à pesquisa sobre a inserção da Ciência dos Materiais nas aulas de Física e Química, com foco no Modelo de Drude. Nesse contexto, utilizei Simulações Computacionais em Python para verificar as potencialidades de aprendizagem. Ao longo da minha trajetória, obtive aprovação em concursos de relevância, incluindo Secretarias de Estado de Minas Gerais, Alagoas, Pernambuco, Roraima e recentemente Bahia, bem como a prefeitura de Sumaré e a Fundação Educacional Guaçuana. Meu comprometimento com a pesquisa e a educação reflete-se no constante aprimoramento dos métodos e abordagens didáticas, buscando sempre promover um ambiente de ensino-aprendizagem enriquecedor e significativo para os estudantes. Acredito no potencial das ciências como ferramentas para ampliar os horizontes educacionais e, assim, contribuir para uma formação mais completa e integrada dos futuros profissionais da área.

Luiz Fernando Mackedanz , Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Santa Vitório do Palmar, Rio Grande do Sul, Brasil

Possui graduação em Licenciatura Em Física pela Universidade Federal de Pelotas (2000), mestrado em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2003) e doutorado em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008). Atualmente trabalha como professor associado no Instituto de Matemática, Estatística e Física (IMEF) da Universidade Federal do Rio Grande, atuando junto aos programas de Pós Graduação em Educação em Ciências (PPGEC) e Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Atualmente, ocupa a coordenação do curso de Física Licenciatura. Trabalhou como professor assistente da Universidade Federal de Pelotas, lotado na Universidade Federal do Pampa, campus Caçapava do Sul, atuando junto ao curso de Geofísica. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Fenomenologia de Partículas Em Altas Energias e atua, desde 2010, na área de Educação em Ciências e Ensino de Física, atuando com os temas: formação de professores, inovações pedagógicas no ensino de ciências, temas controversos da física, contextualização e historicidade das ciências, interdisciplinaridade na atuação e formação de professores, formação continuada de professores de ciências naturais, relações de poder no currículo de ciências naturais. Coordena o Grupo de Pesquisa em Inovações no Ensino de Ciências (INOVAFIS), onde o foco de estudo são as inovações metodológicas e teóricas no processo ensino e aprendizagem, mantendo a historicidade das relações, bem como entendendo o caráter epistemológico destas inovações.

Referências

ATLAS.ti Scientific Software Development GmbH. ATLAS.ti (Version 10.1.9). Berlin, Germany, 2021. Disponível em: https://software.com.br/p/atlas-ti?gclid=Cj0KCQjwi7GnBhDXARIsAFLvH4l2maVJENymk5azzy9WrdjL2IUI8f9Lrb03Hzf5oEQIOYRAK0meNOUaAjJZEALw_wcB. Acesso em: 28 ago. 2023.

ANDRADE, Rodrigo Ronelli Duarte; NASCIMENTO, Robson de Sousa; GERMANO, Marcelo Gomes. Influências da Física moderna na obra de Salvador Dalí. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 24, n. 3, p. 400–423, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6243. Acesso em: 28 ago. 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

CANTANHEDE, S. C. da S. .; SILVA, A. F. G.; SILVA, F. H. S. da .; SILVA, M. de F. V. da . Interdisciplinaridade: características e possibilidades para o ensino de Física e Química. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 1, p. e21019, 2021. https://doi.org/10.26571/reamec.v9i1.11243

CARUSO, Francesco; FREITAS, Nilton de. Física Moderna no Ensino Médio: o espaço-tempo de Einstein em tirinhas. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 26, n. 2, p. 355–366, 2009. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2009v26n2p355. Acesso em: 28 ago. 2023.

CASTRO, Gustavo; DRAVET, Florence. Tempo e caos: a imaginação dos possíveis e os média. Comunicação e Sociedade, [s. l.], v. 35, p. 29–44, 2019. https://doi.org/10.17231/comsoc.35(2019).3129

CHASSOT, Attico. Alfabetização científica: uma possibilidade para a inclusão social. Revista Brasileira de Educação, [s. l.], n. 22, p. 89–100, 2003. https://doi.org/10.1590/S1413-24782003000100009

DELIZOICOV, D., e ZANETIC, J. A proposta de interdisciplinaridade e o seu impacto no ensino municipal de 1o grau. In: PONTUSCHKA, N. (org.). Ousadia no diálogo – Interdisciplinaridade na escola pública. São Paulo: Edições Loyola, 1993.

FEITOSA, S. S., ARAÚJO K. M., SILVA, M. S., NOBRE, F. A. S. Uma sequência didática utilizando a literatura de cordel e a arte das histórias em quadrinhos para inserção de tópicos de Física Quântica no Ensino Médio. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 37, n. 2, p. 662–694, 2020. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2020v37n2p662

FEITOSA, Samuel dos Santos. Tópicos de Física Quântica em versos de cordel e arte dos quadrinhos ensinados à luz de uma unidade de ensino potencialmente significativa [S. l.], [s. d.]. Disponível em: http://www.urca.br/mnpef/phocadownload/Dissertacoes/samuel%20-%20produto%20e%20material%20instrucional%20postar.pdf. Acesso em: 27 fev. 2021.

FERNANDES, R. F. A. M.; PIRES, F. F.; FORATO, T. C. M.; J. A. SILVA. Pinturas de Salvador Dalí para introduzir conceitos de Mecânica Quântica no Ensino Médio. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 34, n. 2, p. 509–529, 2017. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2017v34n2p509

FERREIRA, R. A.; ANDRADE, T. S. Cinema e ensino de física. [s. l.], XVIII Simpósio Nacional em Ensino de Física, Vitória, ES. 26 a 30 de janeiro de 2009.

FREIRE JR., Olival; PESSOA JR., Osvaldo; BROMBERG, Joan Lisa. Teoria quântica: estudos históricos e implicações culturais. [S. l.]: EDUEPB, 2011. E-book.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro, RJ. [S. l.]: Editora Paz e Terra, 1987.

FREITAS, Lima de; NICOLESCU, Basarab; MORIN, Edgar (org). Carta da Transdisciplinaridade. Primeiro Congresso Mundial de transdisciplinaridade. Convento da Arrábida, Portugal, 2 a 6 de novembro, 1994. [S. l.], [s. d.]. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-21052012-093302/publico/ANEXOA_Carta_Transdisciplinaridade.pdf . Acesso em: 28 fev. 2021.

GATTI, B. A. Estudos quantitativos em educação. Educação e Pesquisa, v. 30, p. 11–30, abr. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/XBpXkMkBSsbBCrCLWjzyWyB/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 28 ago. 2023.

GOMES, Emerson Ferreira; AMARAL, Sonia Do; PIASSI, Luís Paulo De Carvalho. A máquina do tempo de H.G. Wells: uma possibilidade de interface entre ciência e literatura no ensino de física. Ensino, Saude e Ambiente, [s. l.], v. 3, n. 2, 2010. https://doi.org/10.22409/resa2010.v3i2.a21119

GOMES, Ivan Carlos Pereira. A mediação semiótica de instrumentos culturais na aprendizagem do conceito de radioatividade no Ensino Médio. [s. l.], 2013. Disponível em: http://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/3137. Acesso em: 26 fev. 2021.

GOMES, M. L. A. Einstein e a relatividade entram em cena. 2015. Universidade Federal do Vale do São Franscisco. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3198437# Acesso em: 26 fev. 2021

GUERRA, Andreia; BRAGA, Marco; REIS, José Cláudio. Teoria da relatividade restrita e geral no programa de mecânica do ensino médio: uma possível abordagem. Revista Brasileira de Ensino de Física, [s. l.], v. 29, n. 4, p. 575–583, 2007. Disponível em: http://www.sbfisica.org.br/rbef/pdf/070304.pdf. Acesso em: 28 ago. 2023.

IAMARINO, A.; FIGUEIREDO, F. Nerdologia. [Canal do Youtube]. Brasil. 2011-presente. Disponível em: < https://www.youtube.com/channel/UClu474HMt895mVxZdlIHXEA> . Acesso em: 10 mar. 2021.

LIMBERG, Davilson; FAGUNDES, Maria Beatriz. Ciências e Artes: interação entre videodança e ambiente virtual de aprendizagem no Ensino de Física Moderna. In: V. 1 (2015): I CONGRESSO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DO IFSP, 2015. v. 1 (2015): I Congresso de Educação Profissional e Tecnológica do IFSP. [S. l.: s. n.], 2015. Disponível em: http://ocs.ifsp.edu.br/submissao/index.php/conept/i-conept/paper/view/142 . Acesso em: 26 fev. 2021.

MELO, C. B. da S.; KIPPER, L. M. Mapa conceitual por meio do brainstorming e clustering: experiência na disciplina prática de ensino em Física. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 1, p. 163–171, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i1.9546

MELO, M. G. de A. Luz, câmera, alfabetização científica! Possibilidades Epistemológicas no antagonismo ciência-pseudociência da série Cosmos de Carl Sagan. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, [s. l.], v. 17, n. 38, p. 173–190, 2021. http://dx.doi.org/10.18542/amazrecm.v17i38.9737

MENEZES, L. P. G. de; BATISTA, M. C. Concepções de mestrandos em ensino de física sobre o sistema solar sob a perspectiva das leis de Kepler. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 352–373, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i2.10000

MORA, C. La semiótica en la enseñanza de la Física. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 7, n. 3, p. 126–134, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v7i3.9278

MOREIRA, Ildeu de Castro; MASSARANI, Luisa. (En)canto científico: temas de ciência em letras da música popular brasileira. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, [s. l.], v. 13, p. 291–307, 2006. https://doi.org/10.1590/S0104-59702006000500018

MOREIRA, M. A. Aprendizagem Significativa Crítica. Revista Chilena de Educación Científica, ISSN 0717-9618, Vol. 7, Nº. 2, 2008, pp. 23-30. Revisado em

Disponível em: http://www.if.ufrgs.br/~moreira/apsigcritport.pdf. Acesso em: 28 fev. 2021.

MOREIRA, M. A. Organizadores prévios e aprendizagem significativa. [s. l.], p. 11. Disponível em: http://moreira.if.ufrgs.br/ORGANIZADORESport.pdf Acesso em: 07 set. 2022.

MORIN, Edgar. Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro. 3. ed. São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO, 2000. 116 p.

MORIN, Edgar. Ciência Com Consciência. tradução de. Maria D. Alexandre e Maria Alice Sampaio Dória. -. Ed. revista e modificada pelo autor - 8" ed. - Rio de. Janeiro: Bertrand Brasil, 2005. [s.d.]

MORIN, Edgar. Edgar Morin: é preciso educar os educadores. [Entrevista concedida a] Andrea Rangel - O Globo. Fronteiras do Pensamento, Porto Alegre, 2017, Disponível em:https://www.fronteiras.com/entrevistas/entrevista-edgar-morin-e-preciso-educar-os-educadores. Acesso em: 11 mar. 2021.

MORIN, Edgar. Introdução ao Pensamento Complexo. Tradução do francês: Eliane Lisboa -. Porto Alegre: Ed. Sulina, 2005. 120 p.

MOURA, Fábio Andrade de; VIANNA, Pedro Oliveira. O Ensino de Física Moderna baseado no filme Interestelar: Abordagem didática para a aprendizagem significativa. Research, Society and Development, [s. l.], v. 8, n. 3, p. 14, 2019.

MOURA, G. Y. S. M. A Física no Cinema: Recortes de Filme como recurso didático articulado a demonstrações experimentais com suporte Arduino. | MNPEF. [S. l.], [s. d.]. 2019. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/mnpef/f%C3%ADsica-no-cinema-recortes-de-filmes-como-recurso-did%C3%A1tico-articulado-demonstra%C3%A7%C3%B5es-experimentais-com. Acesso em: 26 fev. 2021.

OLIVEIRA, Letícia Maria; GOMES, Maria Letícia. Einstein e a Relatividade entram em cena: diálogos sobre o teatro na escola e um ensino de física criativo. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 33, n. 3, p. 943–961, 2016. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n3p943

PACCA, Jesuína Lopes de Almeida; VILLANI, Alberto. A formação continuada do professor de Física. Estudos Avançados, [s. l.], v. 32, n. 94, p. 57–71, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s0103-40142018.3294.0005

PINTO, Alexandre Custódio; ZANETIC, João. É possível levar a física quântica para o ensino médio? Caderno Brasileiro de Ensino de Física, [s. l.], v. 16, n. 1, p. 7–34, 1999. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6873. Acesso em: 28 ago. 2023.

PRICE, D. J. de Solla. The structures of publication in science and technology. In: GRUBER, H.; MARQUIS, D. G. (Org.). Factors in the transfer of technology. Cambridge, Mass.: MIT Press, 1969. p. 91-104.

PRITCHARD, Alan. Statistical bibliography or bibliometrics. Journal of Documentation, [S. l.], v. 25, n. 4, p.348-349, 1969.

RAMOS, E. S. Física, arte e os conceitos de espaço e tempo. 2017. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6201994 Acesso em: 26 fev. 2021

RAMOS, João Eduardo Fernandes; PIASSI, Luís Paulo. O insólito e a física moderna: interfaces didáticas do conto fantástico. Ciência & Educação (Bauru), [s. l.], v. 23, n. 1, p. 163–180, 2017. https://doi.org/10.1590/1516-731320170010010

SAGAN, C. (Temporada 1). Cosmos [Seriado]. Direção: Adrian Malone. Produção: KCET e Carl Sagan Productions, Estados Unidos da América, 1980. (1 h. por episódio), son., color.

SANTOS, R. N. M. DOS; KOBASHI, N. Y. Bibliometria, cientometria, infometria: conceitos e aplicações. Article. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10089 . Acesso em: 12 ago. 2021.

SILVA, Aline dos Santos; REIS, José Claudio de Oliveira; REGO, Sheila Cristina Ribeiro. Publicações sobre o ensino de Física Moderna: relações construídas entre Artes e Física. Caderno Brasileiro de Ensino de Física. v. 36, n. 2, 2019. https://doi.org/10.5007/2175-7941.2019v36n2p366

SILVA, Ivan Lúcio da. O ideal do belo como princípio, meio e fim do ensino-aprendizagem da Física. 2011. text - Universidade de São Paulo, [s. l.], 2011. Disponível em: https://doi.org/10.11606/D.81.2011.tde-01082011-160050. Acesso em: 26 fev. 2021.

SILVEIRA, B. G. M. da; MELO JUNIOR, E. B. de; SILVA, M. C. da. Software Physion: uma aplicação no ensino de Física . REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 3, p. e21082, 2021. https://doi.org/10.26571/reamec.v9i3.12439

SNOW, C. P. As duas Culturas. Lisboa: Editorial Presença, 1996.

SOUZA, J. T. de; BOTELHO, S. de O.; MEDEIROS, T. M. C. de; RIVERA, R. C. da S. Um ensaio para o estado da arte: história da ciência no processo de ensino aprendizagem da Física. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 7, n. 1, p. 171–195, 2019. https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n1.p171-195.i8039

STUDART, Nelson. Complexidade na Física e seu Ensino: Apresentação da Edição Especial. Revista Brasileira de Ensino de Física, [s. l.], v. 43, 2021. https://doi.org/10.1590/1806-9126-rbef-2021-0031.

VOGT, Carlos; GOMES, Marina; MUNIZ; Ricardo. (Organizadores). Consciência e Divulgação Científica. – Campinas, SP: BCCL/ UNICAMP, 2018. 274 p. ISBN: 978-85-85783-90-7; Disponível em: https://www.comciencia.br/wp-content/uploads/2018/07/Livro-ComCiencia.pdf. Acesso em: 17 de. 2020.

ZANETIC, João; MENEZES, Luís Carlos de. Física também é cultura. 1989. Master’s Thesis - Universidade de São Paulo, [s. l.], 1990.

ZANETIC, João. Física e Arte: Uma Ponte entre duas Culturas. Pro-Posições, v. 17, n.1, p. 39-57, jan./abr. 2006. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643654. Acesso em: 28 ago. 2023.

ZANETIC, João. Física e cultura. Cienc. Cult., São Paulo , v. 57, n. 3, p. 21-24, Sept. 2005. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252005000300014. Acesso em: 28 ago. 2023.

Downloads

Publicado

2023-08-30

Como Citar

MOURA, G. Y. S. .; MACKEDANZ , L. F. . TRANSDISCIPLINARIDADE ENTRE FÍSICA MODERNA E ARTE: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23052, 2023. DOI: 10.26571/reamec.v11i1.15320. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/15320. Acesso em: 19 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)