RELATO DE EXPERIÊNCIA: ATIVIDADES LÚDICAS E EXPERIMENTAIS PARA O ENSINO DE ONDAS

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i2.9368

Palavras-chave:

Ondas Sonoras. Ensino de Física. Guia Didático.

Resumo

Nos últimos anos, observa-se a necessidade do professor de Física aprimorar os conhecimentos práticos e teóricos, a fim de ampliar as possibilidades, os contextos e metodologias de aprendizagem. Nesse sentido, o presente trabalho descreve a aplicação do produto educacional “Guia didático para o ensino de ondas”, no qual são apresentadas propostas de ensino para uma sequência didática, com o objetivo de propiciar a aprendizagem significativa através de atividades lúdicas e experimentais. O trabalho de pesquisa foi desenvolvido nas turmas de segundo ano, em uma escola estadual de ensino médio, localizada em Rio Branco – Acre. Como referencial teórico, utilizou-se a Teoria da Aprendizagem Significativa de Ausubel. A análise dos dados foi realizada com base em dois pontos que se alinham aos resultados do trabalho: o conhecimento prévio dos alunos e a apresentação do conteúdo, de modo a facilitar os processos de ensino e de aprendizagem. Como resultado, observou-se que os estudantes participaram ativamente das atividades e aumentaram o desempenho nos exercícios passados em sala. Tais resultados demonstram o potencial do produto educacional, como um instrumento didático para auxiliar o professor de Física em sala de aula.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Bianca Martins Santos, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Atualmente é professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), onde atua como coordenadora do programa de pós-graduação do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF/ Polo 59), vice coordenadora do curso de licenciatura em física e docente vinculada ao Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (MPECIM). No momento, coordena o subprojeto de Física do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) financiado pela Capes que teve início em Agosto de 2018. Possui Pós-Doutorado (2016), no Instituto de Física, na Universidade Federal Fluminense (I.F.U.F.F.), Doutorado (2015) em Física Nuclear Teórica pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Mestrado (2011) em Engenharia nuclear pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e graduação em Licenciatura em Física (2008) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Desenvolve pesquisa na área de Ensino de Física e em Física Nuclear Teórica; e projetos de ensino, pesquisa e extensão na área de formação inicial e continuada de professores de física.

Hélio Evangelista da Silva, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Possui graduação em CIÊNCIAS DA NATUREZA E HABILITAÇÃO EM FÍSICA pela Universidade Federal do Acre (2003). É professor - Secretaria de Estado de Educação e Esporte do Estado do Acre. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física Geral. Possui titulação de Mestre pela Universidade Federal do Acre (UFAC - 2019) pelo programa do Mestrado Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF). Atualmente ministra cursos na área de Astronomia, Robótica Educacional no Centro de Matemática, Ciências e Filosofia do Acre.

Rayane Casimiro Rosa, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Possui graduação em LICENCIATURA EM FÍSICA pela Universidade Federal do Acre e atualmente é aluna do Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física na Universidade Federal do Acre.

Referências

BAUER, Wolfgang; WESTFALL, Gary; DIAS, Helio. Física Para Universitários – Óptica e Física Moderna. Porto Alegre: AMGH Editora, 2012.

BORGES, Antônio Tarciso. Novos rumos para o laboratório escolar de ciências. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 19, n. 3, 2002, p. 291-303. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6607/6099. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.5007/%25x.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (BNCC) – Etapa do Ensino Médio. Brasília: 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/bncc-ensino-medio. Acesso em: 20 dez. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais + (PCN+) Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza Matemática e suas Tecnologias: Física. Brasília: 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

CLEMES, G.; FILHO, H. J. G.; COSTA, S. Vídeo-aula como estratégia de ensino em física. In: 1º Simpósio de Integração Científica e Tecnológica do Sul Catarinense – SICT-Sul. Revista Técnico Científica (IFSC), v. 3, n. 1, 2012. Disponível em: https://periodicos.ifsc.edu.br/index.php/rtc/article/viewFile/597/427. Acesso em: 27 abr. 2020.

COSTA, L. G.; BARROS, M. A. O ensino da Física no Brasil: problemas e desafios. In: ENDUCERE: XII Congresso Nacional de Educação. Anais, 2015. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/21042_8347.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

DUARTE, Sergio Eduardo. Física para o ensino médio usando simulações e experimentos de baixo custo: um exemplo abordando dinâmica da rotação. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, vol. 29, [n. Especial 1], 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2012v29nesp1p525. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2012v29nesp1p525.

FONSECA, João José Saraiva. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila. Disponível em: http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2012-1/1SF/Sandra/apostilaMetodologia.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

GASPAR, Alberto. Compreendendo a Física: Ondas, Óptica e Termodinâmica. 3. ed. São Paulo: Ática, 2017.

GERMANO, Marcelo Gomes; KULESZA, Wojciech Andrzej. Ciência e Senso Comum: entre rupturas e continuidades. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 27, n. 1, 2010, p. 115-135. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/2175-7941.2010v27n1p115. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2010v27n1p115.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GUIMARÃES, Osvaldo; PIQUEIRA, José Roberto; CARRON, Wilson. Física: Física térmica, Ondas e Óptica. 2. ed. São Paulo: Ática, 2017.

HALLIDAY, David; RESNICK, Robert; WALKER, Jearl. Fundamentos de Física 4 - Óptica e Física Moderna. 10. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2016.

IMBERNÓN, Francisco. Inovar o Ensino e a Aprendizagem na universidade. São Paulo: Cortez, 2012.

KAZUHITO, Yamamoto; FUKE, Luiz Felipe. Física para o ensino médio: Termologia, Óptica e Ondulatória. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2017.

LERIAS, W. R. A Física da música e a Pluralidade Didática. Dissertação (Mestrado) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física, Campo Mourão, 2016. Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/2686/1/fisicamusicapluralidadedidatica.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

MARTINI, Glorinha; SPINELLI, Walter, REIS, Hugo Carneiro; SANT’ANNA, Blaidi. Conexões com a Física: Estudo do calor, Óptica Geométrica e Fenômenos Ondulatórios. 3. ed. São Paulo: Moderna, 2016.

MASINI, Elcie Salzano. Aprendizagem significativa: condições para ocorrência e lacunas que levam a comprometimentos. Aprendizagem Significativa em Revista/Meaningful Learning Review, v. 1, n. 1, 2011, p. 16-24. Disponível em: http://www.if.ufrgs.br/asr/artigos/Artigo_ID2/v1_n1_a2011.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

MELLO, Giovane Irribarem. Produzindo ondas transversais em cordas de nylon. Física na Escola, v. 8, n. 2, 2007, p. 31-32. Disponível em: http://www.sbfisica.org.br/fne/Vol8/Num2/v08n02a08.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

MINAYO, M. C. S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2002.

MOREIRA, Marco Antonio. Uma análise crítica do ensino de Física. Estudos Avançados, v. 32, n. 94, 2018, p. 73-80. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142018000300073. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.1590/s0103-40142018.3294.0006.

MOREIRA, Marco Antonio. Aprendizagem significativa: a teoria e textos complementares. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2011.

MOREIRA, Marco Antonio. Teorias de Aprendizagem. 1. ed. São Paulo: EPU – Editora Pedagógica e Universitária Ltda, 1999.

MOREIRA, M. L. B. Experimentos de baixo custo no ensino de mecânica para o ensino médio. 2015. 146 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Programa de Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física, Garanhuns, 2015. Disponível em: http://www.tede2.ufrpe.br:8080/tede2/bitstream/tede2/5493/2/Marcos%20Luiz%20Batista%20Moreira.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

MOREIRA, Ana Claudia; SANTOS, Halinna; COELHO, Irene da Silva. A música na sala de aula - A música como recurso didático. UNISANTA Humanitas, v. 3, n. 1, 2014, p. 41-64. Disponível em: https://periodicos.unisanta.br/index.php/hum/article/view/273. Acesso em: 27 abr. 2020.

MUCHENSKI, Fábio; BEILNER, Gregory. O uso de vídeos como recurso pedagógico para o ensino de física: uma experiência do programa Pibid no Instituto Federal Catarinense – campus Concórdia. Revista Cadernos Acadêmicos – C. A., v. 7, n. 1, 2015, p. 140-154. Disponível em: http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Cadernos_Academicos/article/view/3083. Acesso em: 27 abr. 2020.

NASCIMENTO, Silvânia Sousa do; VENTURA, Paulo Cezar Santos. Atividades lúdicas no ensino de Física. Educação & Tecnologia, Belo Horizonte, n. 1, 2015, p. 17-21. Disponível em: https://periodicos.cefetmg.br/index.php/revista-et/article/view/161. Acesso em: 27 abr. 2020.

NETO, A. P. S. Sequência didática para ensino e aprendizagem de Oscilações e Ondas por meio do estudo do telefone celular com enfoque CTSA. 2017. 200 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Uberlândia, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Uberlândia, 2017. Disponível em: http://www.infis.ufu.br/pgecm/api/trabalhos/1702906606.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

OLIVEIRA, Douglas Freitas de; MOREIRA, Alzira Silva; SOARES, Elane Chaveiro; RINALDI, Carlos. Experimentação na concepção de professores mestrandos em ensino de ciências naturais. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá (MT), v. 8, n. 1, 2020, p. 10-28. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9251. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.265571/reamec.v8i1.9251.

POCAY, M. A. H. Física e música: o uso de canções como ferramenta auxiliar no ensino de física. 2014. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Física) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claro, 2014. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/131815/000852965.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 27 abr. 2020.

REIS, Esterline Felix dos; SOUSA, Mônica Feitosa da Costa; ALVES, Dilce dos Santos; PINHO, Maria Iranete Mineiro; RIZZATTI, Ivanise Maria. Espaços não formais de educação na prática pedagógica de professores de ciências. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá (MT), v. 7, n. 3, 2019, p. 23-36. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/8265. Acesso em: 27 abr. 2020. Doi: https://doi.org/10.26571/reamec.v7i3.8265.

RICARDO, Elio; FREIRE, Janaína. A concepção dos alunos sobre a física do ensino médio: um estudo exploratório. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 29, n. 2, 2007, p. 251-266. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbef/v29n2/a10v29n2.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

SANTOS, Emerson Izidoro; PIASSI, Luís Paulo de Carvalho; FERREIRA, Norberto Cardoso. Atividades experimentais de baixo custo como estratégia de construção da autonomia de professores de Física: uma experiência em formação continuada. In: IX Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Física, São Paulo, 2004. Disponível em: http://www.cienciamao.usp.br/dados/epef/_atividadesexperimentaisd.trabalho.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

SILVA, M. L. Paródia: uma estratégia metodológica no ensino de física sobre trabalho e energia. 2012. 110 f. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de Mato Grosso, Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências Naturais, Cuiabá, 2012. Disponível em: http://ri.ufmt.br/handle/1/1870. Acesso em: 27 abr. 2020.

SILVA, H. E. Uma proposta metodológica para o ensino de ondas: atividades lúdicas e experimentais. 2019. 109 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Acre, Centro de Ciências Biológicas e da Natureza, Programa de Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física, Rio Branco, 2019. Disponível em: http://www2.ufac.br/mnpef/menu/dissertacoes/turma-de-2017/helio-evangelista-dissertacao.pdf. Acesso em: 27 abr. 2020.

TERENCE, A. C. F.; FILHO, E. E. Abordagem quantitativa, qualitativa e a utilização da pesquisa-ação nos estudos organizacionais. In.: XXVI ENEGEP - Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Anais, Fortaleza, 2006. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2006_tr540368_8017.pdf. Acesso em: 28 abr. 2020.

VEIGA, L. L. A.; DIAS, A. C. L.; CRUZ, F. A. O. Criatividade, ambiente lúdico e ensino de física: uma reflexão em busca do estímulo para o aprendizado. In: II Congresso Nacional de Educação - CONEDU, Campina Grande, 2015. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Frederico_Cruz3/publication/313114026_CRIATIVIDADE_AMBIENTE_LUDICO_E_ENSINO_DE_FISICA_UMA_REFLEXAO_EM_BUSCA_DO_ESTIMULO_PARA_O_APRENDIZADO/links/5890a333458515aeac92c754/CRIATIVIDADE-AMBIENTE-LUDICO-E-ENSINO-DE-FISICA-UMA-REFLEXAO-EM-BUSCA-DO-ESTIMULO-PARA-O-APRENDIZADO.pdf. Acesso em: 28 abr. 2020.

VIEIRA, L. P. Experimentos de Física com Tablets e Smartphones. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Física, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Rio de Janeiro, 2013. Disponível em: https://www.if.ufrj.br/~pef/producao_academica/dissertacoes/2013_Leonardo_Vieira/dissertacao_Leonardo_Vieira.pdf. Acesso em: 28 abr. 2020.

Downloads

Publicado

2020-06-05

Como Citar

SANTOS, B. M.; SILVA, H. E. da; ROSA, R. C. RELATO DE EXPERIÊNCIA: ATIVIDADES LÚDICAS E EXPERIMENTAIS PARA O ENSINO DE ONDAS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 327-351, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i2.9368. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9368. Acesso em: 25 set. 2020.

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.