EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS/QUÍMICA E ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA NA PERSPECTIVA DA FORMAÇÃO CIDADÃ: CARACTERÍSTICAS E TENDÊNCIAS DAS PESQUISAS NACIONAIS

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v7i3.9146

Palavras-chave:

Teses e dissertações, Cidadania, Estado do conhecimento.

Resumo

A presente investigação se ocupa de apresentar um estudo vinculado a identificação de dissertações e teses que tratam da alfabetização científica no campo da Educação em Química frente a formação cidadã. A questão central está associada ao modo como a alfabetização científica é retratada nos estudos. Como objetivo tem-se o de mapear a produção acadêmica nos temas mencionados, observando as características, especificidades e limitações dessas pesquisas. O estudo de abordagem qualitativa e do tipo estado do conhecimento, tomou como lócus o banco de teses e dissertações da Capes e selecionou 18 produções. Como resultado é apontado a existência de pesquisas na temática investigada, entretanto, na perspectiva de fomentar o debate entorno do novo ensino médio e da possibilidade de inserir os jovens no mercado de trabalho, percebe-se a necessidade de ampliar os estudos de modo que o ensino de Química/Ciências ultrapasse o de formar jovens para reproduzir técnicas ou usufruir tecnologia. Nessa perspectiva, o estudo faz uma defesa sobre a importância de recorrer a obra de Gérard Fourez e promover reflexões que possibilitem um ensino mais humanizado e voltado a formação para a cidadania.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Zanelato Amaral, Escolas da rede pública estadual

Licenciada em Química

Mestr em Ensino de Ciências e Matemática

Doutorando em Educação na Universidade de Passo Fundo

Cleci Teresinha Werner da Rosa, Universidade de Passo Fundo

Doutora em Educação Científica e Tecnológica

Professora do Curso de Física

Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação

Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática

Aline Locatelli, Universidade de Passo Fundo

Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática

Doutora em Química

 

Referências

BERNARDINELLI, Silvia. Nanotecnologia Verde em uma perspectiva CTSA: análise de uma proposta didática WebQuest para a alfabetização científica na Educação Básica. 2014. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.

BOFF, Eva Teresinha de Oliveira; FROSON, Marli Dallagnol; SILVA, Vânia Patrícia da; LOTTERMANN, Caroline; DEL PINO, José Cláudio. Situação de Estudo: uma possibilidade de reconstrução de teorias e práticas docentes. 2007. Disponível em: <http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/CR2/p210.pdf>. Acesso em: 01 abr. 2019.

BRASIL. Instituto Nacional de Estatísticas Educacionais. Brasil no PISA 2015: análises e reflexões sobre o desempenho dos estudantes brasileiros. Brasília, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. 2018. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp- content/uploads/2018/12/BNCC_19dez2018_site.pdf> Acesso em: 15 jan. 19.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/ciencian.pdf>. Acesso em: 14 jul. 19.

CARVALHO, Anna Maria Pessoa de; TINOCO, Sandra Carpinetti. O Ensino de ciências como “enculturação”. In: CATANI, Denice Bárbara; VICENTINI, Paula Perin. (Org.). Formação e autoformação: saberes e práticas nas experiências dos professores. São Paulo: Escrituras, 2006. p. 251-255.

CHASSOT, Attico. Alfabetização Científica: questões e desafios para a educação. Ijuí: Editora Unijuí. 2001.

COSTA, Raphael Rodrigues. O papel do conhecimento científico na constituição do sujeito-aluno na educação de jovens e adultos. 2013. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2013.

CUNHA, Rodrigo Bastos. O que significa alfabetização ou letramento para os pesquisadores da educação científica e qual o impacto desses conceitos no ensino de ciência. Ciência & Educação, v. 24, n. 1, p. 27-41, 2018.

DICK, Ana Paula. Aprender experimentando no contexto de uma formação continuada de professores dos anos iniciais. 2017. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ensino) - Centro Universitário Univates, Lajeado, RS, 2017.

FABRI, Fabiane. Formação continuada para o ensino de ciências na perspectiva Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS): contribuições para professores dos anos iniciais. 2017. 254 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciência e Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, PR, 2017.

FERREIRA, Norma Sandra de. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”. Educação & Sociedade, ano 23, n. 79, 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2019.

FOUREZ, Gérard. Alfabetización científica y tecnológica: a cerca de las finalidades de la enseñanza de las ciencias. 1 reimp. Buenos Aires: Ediciones Colihue, 1997.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1994.

KRASILCHICK, Myriam; MARANDINO, Martha. Ensino de ciências e cidadania. São Paulo: Moderna, 2004.

LEITE, Rosiane Resende. Formação Continuada para Professores de Biologia sobre Natureza da Ciência e Tecnologia (NdC&T) e Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). 2016. 261 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciência se Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, SP, 2016.

LOPES, Werner Zacarias. O ensino de Ciências na perspectiva da alfabetização científica e tecnológica e formação de professores: diagnóstico, análise e proposta. 2014. 77 f. Dissertação. (Mestrado em Educação em Ciências: Química da vida e saúde) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.

LUZ, Angelica Ramos da. O estudo de conceitos químicos em uma abordagem CTSA por meio da temática corantes têxteis. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação para Ciências e Matemática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Jataí, 2017.

MARCELINO, Leonardo Victor. Compreensões de professores sobre abordagens da biotecnologia no ensino de Química. 2014. 275 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

MARQUES, Ronualdo. Pegada ecológica do lixo: desenvolvimento crítico, analítico e científico na educação ambiental de estudantes do 6º ano do ensino fundamental. 2017. 146 f. Dissertação (Mestrado em Formação Científica, Educacional e Tecnológica) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2017.

MARTINS, Ana Paula Barbosa; PORTO, Maria Beatriz Dias da Silva Maia. O Ensino e a Aprendizagem das Ciências da Natureza no Ensino Fundamental II: uma proposta envolvendo a Natureza da Ciência. Revista THEMA, v. 15, n. 3, p. 981-990, 2018.

MARTINS, Danielle Juliana Silva. As repercussões do programa institucional de bolsa de iniciação à docência do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Sertão pernambucano para a formação inicial do docente. 2016. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ensino) – Centro Universitário Univates, Lajeado, 2016.

MILARÉ, Tathiane. Ciências na 8ª série: da Química disciplinar à Química do cidadão. 2018. 254 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

MIRANDA, Marcos Cesar Rodrigues de. Alfabetização Científica e Tecnológica com professores do Ensino Fundamental. 2017. Dissertação (Mestrado em Química) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2017.

MORESI, Eduardo (Org.). Metodologia de Pesquisa. Brasília, DF: UCB, 2003.

MORTIMER, Eduardo Fleury; MACHADO, Andréa Horta. A linguagem em uma aula de ciências. Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v. 2, n. 11, p. 49-57, 1996.

NASCIMENTO, Lucy Mirian Campos Tavares. Letramentos digitais docentes: uma proposta para a formação inicial de professores de Ciências e Biologia. 2018. 295 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2018.

NUNES, Albino Oliveira. Possibilidades de enfoque CTS para o ensino superior de química: proposta de uma abordagem para ácidos e bases. 2014. 226 f. Tese (Doutorado em Química) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

OLIVEIRA, Laércio Lúcio de. Ensino de Matemática, CTS e formação para a cidadania: experiência vivenciada na comunidade de Três Marias, em Peri-Mirim/MA. 2012. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2012.

OLIVEIRA, Leizi de Marchi. Formação do pensamento científico durante o processo de alfabetização científica no ensino de teorias atômicas e elementos químicos. 2016. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2016.

RIBEIRO, Marcel Thiago Damasceno. Jovens na educação de jovens e adultos e sua interação com o ensino de Química. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2009.

RICHETTI, Graziela Piccoli. A automedicação como tema social no ensino de química para o desenvolvimento da alfabetização científica e tecnológica. 2008. 190 f. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

ROSA, Tiago Franceschini da. O processo de construção de um game para o reconhecimento dos níveis de alfabetização científica e tecnológica no ensino de Química. 2018. 151 f. Dissertação (Mestrado em Formação Científica, Educacional e Tecnológica) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2018.

SANTOS, Miriam Stassun dos. Temas sociocientíficos em aulas práticas de química na educação profissional: uma abordagem CTS. 2011. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo, 2011.

SASSERON, Lúcia Helena; CARVALHO, Anna Maria Pessoa. Alfabetização científica: uma revisão bibliográfica. Investigações em Ensino de Ciências, v. 16, n. 1, p. 59-77, 2011.

SCHEID, Neusa Maria John; NOGARO, Arnaldo. Formação cidadã para contrapor-se às práticas de consumo no século XXI. Série-Estudos, Campo Grande, MS, v. 22, n. 45, p. 209-226, maio/ago. 2017. Disponível em: <http://www.gpec.ucdb.br/serie-estudos/index.php/serie-estudos/article/view/960/pdf>. Acesso em: 21 jul. 2019.

SCHITTLER, Daniela; MOREIRA, Marco Antonio. Laser de rubi: uma abordagem baseada me unidades de ensino potencialmente significativas (UEPS). Latin-American Journal of Physics Education, v. 8, n. 2, p. 263-273, 2014.

SCHUHMACHER, Vera Rejane Niedersberg. Limitações da prática docente no uso das tecnologias da informação e comunicação. 2014. 346 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2014.

TOLEDO, Rosana Fernandez Medina. Desvelando a presença do Enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) no curso superior de Gastronomia da Universidade Cruzeiro do Sul. 2018. 156 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Cruzeiro de Sul, São Paulo, 2018.

YAMADA, Mayumi. A mediação docente na produção de textos escritos em aulas de ecologia. 2013. 136 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

Downloads

Publicado

2020-07-21

Como Citar

AMARAL, L. Z.; ROSA, C. T. W. da; LOCATELLI, A. EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS/QUÍMICA E ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA NA PERSPECTIVA DA FORMAÇÃO CIDADÃ: CARACTERÍSTICAS E TENDÊNCIAS DAS PESQUISAS NACIONAIS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 7, n. 3, p. 297-324, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v7i3.9146. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9146. Acesso em: 15 ago. 2020.