UMA DIDÁTICA EXPERIMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE CINEMÁTICA NO 1° ANO DO ENSINO MÉDIO

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i2.9832

Palavras-chave:

Ensino de Física. Cinemática. Experimento de Física. Aprendizagem.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo apresentar uma prática experimental como didática de ensino e aprendizagem para a disciplina de Física no Ensino Médio. Assim, um modelo experimental foi idealizado para o estudo de cinemática no primeiro ano. O projeto teve como metodologia as seguintes etapas didáticas: inicialmente, foi aplicado um questionário; em seguida, os alunos foram instruídos sobre os conceitos relacionados à cinemática; posteriormente, foi exibido um vídeo relacionado ao assunto e, por fim, o experimento, como produto educacional. A análise dos objetivos a serem alcançados pelos alunos foi realizada por meio de duas novas aplicações do questionário, após a atividade experimental. Observou-se, a partir dos questionários, um resultado positivo em relação ao aprendizado significativo sobre os conteúdos abordados. Portanto, a partir deste trabalho reforçou-se que a prática experimental contribui para o ensino e aprendizagem dos conceitos da Física na Educação Básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aclemildo Cruz Pereira, SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES - ACRE

Possui graduação em Engenharia Civil pelo Centro Universitário do Norte(2019), graduação em Licenciatura Plena em Física pela Universidade Federal do Acre(2013), graduação em BACHAREL EM TEOLOGIA LIVRE pela FACULDADE TEOLÓGICA NACIONAL(2018), especialização em Matemática pela FAVENI-FACULDADE VENDA NOVA DO IMIGRANTE(2019) e mestrado-profissionalizante em Educação pela Universidade Federal do Acre(2019). Atualmente é não da IW Projetos e não da SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES.

Antonio Romero da Costa Pinheiro, Universidade Federal do Acre (UFAC)

Graduação em Física (2010) pela Universidade Federal do Acre - UFAC. Graduação Intercâmbio (2011) na Universidade de Milão - UNIMI. Possui mestrado em Física (2013) na Universidade Federal Fluminense - UFF, onde desenvolveu pesquisas na área de Óptica Quântica e Informação Quântica. Doutorado em Fisica (2016) pelo Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas - CBPF. No doutoramento desenvolveu pesquisas na área de Física de Nuclear com ênfase em reações nucleares de spallation, onde estudou as colisões próton-núcleos nas faixas de energia de interesse para aplicações terapêuticas e em reatores baseado em ADS. Trabalhou no desenvolvimento de novas ferramentas educacionais para o ensino de física a distância do Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é professor na Universidade Federal do Acre, no Departamento de Física. Pesquisa nas áreas de Física Nuclear, Métodos Geofísicos e Sísmicos, Óptica e Eletromagnetismo, Informação Quântica e Ensino de Física.

Referências

ACRE, Resultado 2015 SEAPE. Sistema Estadual de Avaliação da Aprendizagem. Escolar Disponível em: <http://www.seape.caedufjf.net/resultados/resultados-por-escola/2016-2/>. Acesso em 03 fev. 2018.

AUSUBEL, D, P. Aquisição e Retenção de Conhecimentos: Uma Perspectiva Cognitiva. 1ª Ed. Lisboa: Plátano, 2003. 243 p. Disponível em:<http://files.mestrado-em-ensino-de-ciencias.webnode.com/200000007-610f46208a/ausebel.pdf >. Acesso em: 13 fev. 2019.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Trad. de Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Básica 2018. Brasília: 2019. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/informacao-da-publicacao/-/asset_publisher/6JYIsGMAMkW1/document/id/6386080. Acesso em: 03 fev. 2018.

CASSARO, R. Atividades experimentais no ensino de física. TCC (Especialização em Ensino de Física), Departamento de Física, Universidade Federal de Rondônia, JI-PARANÁ, Rondônia, 2012. Disponível em: https://docplayer.com.br/10135478-Renato-cassaro-atividades-experimentais-no-ensino-de-fisica-ji-parana-ro-agosto-2012.html. Acesso em: 08 fev. 2018.

FORST, S. L; REBEQUE, P. V. Desenvolvendo atividades prático-experimentais em aulas de Física no primeiro ano do Ensino Médio. Experiências em Ensino de Ciências, Bento Gonçalves, V. 14, nº 2, p. 229 – 248, jun. 2019. Disponível em: http://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID610/v14_n2_a2019.pdf. Acesso em: 25 abril 2020.

LARA, A. E; SOUSA, C. M. S. G. O processo de construção e de uso de um material potencialmente significativo em tópicos de colisões: apresentação de slides e um ambiente virtual de aprendizagem. Experiências em Ensino de Ciências, Bento Gonçalves, V. 4, nº 2, p. 61 – 82, jun. 2009. Disponível em: http://www.if.ufrgs.br/eenci/artigos/Artigo_ID82/v4_n2_a2009.pdf. Acesso em: 25 abril 2020.

LIMA JUNIOR, J. G. S; GOMES, L. M; de NOVAIS, E. R.P; FERREIRA, F. C. L. Atividades experimentais com arduino abordando fundamentos da cinemática, termometria e eletrodinâmica na escola estadual de ensino médio Dr. Gabriel Sales Pimenta em Marabá (PA). Sciencia Plena, Marabá, V. 15, nº 7, p. 1 – 12, jul. 2009. Disponível em: https://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/4827/2193. Acesso em: 25 abril 2020.

MELO, C. B, da S.; KIPPER, L. M. MAPA CONCEITUAL POR MEIO DO BRAINSTORMING E CLUSTERING: EXPERIÊNCIA NA DISCIPLINA PRÁTICA DE ENSINO EM FÍSICA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S.l.], v. 8, n. 1, p. 163-171, feb. 2020. ISSN 2318-6674. Disponível em: <https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9546>. Acesso em: 25 apr. 2020.

MOREIRA M, A. A teoria de Aprendizagem de David Ausubel como Sistema de Referência para a Organização de Conteúdos de Física. Revista Brasileira de Física – Vol. 9, Nº 1, p. 18, 1979. Disponível em: < http://sbfisica.org.br/bjp/download/v09/v09a19.pdf >. Acesso em: 19 jan. 2019.

MOREIRA, M, A. Subsídios Teóricos para o Professor Pesquisador em Ensino de Ciências. 2ª Ed. Revisada. Porto Alegre, 2016. 69 p. Disponível em: < https://www.if.ufrgs.br/~moreira/Subsidios5.pdf >. Acesso em: 10 jan. 2019.

OSTERMANN, F; CAVALCANTI, C, J, H. Teorias de Aprendizagem. 1ª Ed. Porto Alegre, 2011. 58 p. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/sead/servicos-ead/publicacoes 1/pdf/Teorias_de_Aprendizagem.pdf>. Acesso em: 09 jan. 2019.

SOUZA, C A., WITT, N S. P., SANTOS, M. G. Estudo do lançamento oblíquo utilizando réplicas de armas medievais. Caderno de Resumos do ERSMNPEF, Tramandaí, p. 84 – 87, maio 2019. Disponível em: https://mnpefprg.furg.br/images/Eventos/Caderno_de_resumos_ERSMNPEF_2019.pdf. Acesso em: 25 abril 2020.

TEIXEIRA, C, B. Utilização do chuveiro elétrico no ensino de conceitos básicos de eletrodinâmica: uma proposta de ensino potencialmente significativo. Dissertação (Mestrado – Mestrado Profissional em Ensino de Física), Instituto de Física da Universidade de Brasília, Brasília, 2016. 176 p. Disponível em: <http://mnpef.fis.unb.br/download/Cezar_Produto_Educacional.pdf>. Acesso em: 12 dez. 2018.

TOKARNIA, M. Quase 40% dos professores no Brasil não têm formação adequada. EBC Agencia Brasil, 2016. Disponível em:<http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2016-03/quase-40-dos- professores-no-brasil-nao-tem-formacao-adequada>. Acesso em: 30 de mar. 2017.

YOUTUBE, Ciência. Experimento de Galileu na Maior câmara de vácuo do mundo. Youtube, 4 nov. 2014. Disponível em www.youtube.com/watch?v=qSeW0f51QzY. Acesso em: 10 maio 2017.

Downloads

Publicado

2020-05-02

Como Citar

PEREIRA, A. C.; PINHEIRO, A. R. da C. UMA DIDÁTICA EXPERIMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE CINEMÁTICA NO 1° ANO DO ENSINO MÉDIO. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 2, p. 272-289, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i2.9832. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/9832. Acesso em: 25 set. 2020.