DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA E A FORMAÇÃO INICIAL DOCENTE: UMA REFLEXÃO A PARTIR DA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA (RSL)

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v12.16411

Palavras-chave:

Formação do professor, Ensino de matemática, Licenciatura, Fragilidades, Aprendizagem

Resumo

A formação do professor de matemática tem sido um tema recorrente nas últimas décadas, estimulando pesquisadores a buscarem respostas e resultados para o cenário preocupante que se forma na licenciatura atualmente, uma vez que os professores se deparam com inúmeras dificuldades no magistério. Em razão disso, e partindo da seguinte pergunta de partida: o que se tem produzido de pesquisas no Ensino de Matemática sobre a formação docente e quais os principais desafios e soluções?, o objetivo deste trabalho é refletir sobre a formação do professor de matemática, analisando os desafios apresentados, bem como possíveis caminhos para a formação docente eficiente, mediante produções acadêmicas nacionais. A pesquisa é de natureza qualitativa descritiva, visto que descreveu sobre o tema selecionado, e foi utilizada a metanálise, cujo objetivo é desenvolver revisão sistemática de pesquisas já realizadas, estas de um mesmo tema ou mesmo problema de pesquisa. Inicialmente, selecionamos os trabalhos nas bases de dados, onde tivemos um total de 14 string de buscas. Depois de aplicados os critérios de inclusão e exclusão, obteve-se um total de cinco (5) bases de dados, A seguir foram extraídos oito (8) trabalhos oficiais que atendessem aos critérios escolhidos. Constatamos pouca produção de trabalhos dentro do assunto formação de professor e ensino de matemática, no entanto, é uma temática que vem sendo repercutida ao longo dos anos. Diante da análise dos trabalhos, os resultados apontam fragilidades na formação do professor, isto significa, que os professores estão adquirindo o título de licenciado sem saberem executar a profissão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernanda Vieira Pereira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE), Fortaleza, Ceará, Brasil.

Tem experiência na área de Matemática.

Francisco José de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE), Cedro, Ceará, Brasil.

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) atuando nos cursos de licenciaturas em Matemática e Física no campus Cedro e no Mestrado Acadêmico em Ensino de Ciências e Matemática. Possui Licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) campus Cedro (2009) e graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2000). Especialização em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2002) e em Gestão Escolar pela Universidade Estadual de Santa Catarina (2006). Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Ceará (2013) e Doutorado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) Núcleo: Trabalho Docente, Formação de Professores e Políticas Educacionais. Tem experiência na área de Educação e Gestão Escolar, atuando principalmente na área de formação inicial de professores de matemática, trabalhando com Didática Educacional; Estrutura e Funcionamento do Ensino; Estágio Supervisionado; Currículos e Programas; Metodologia da Pesquisa Educacional e tem interesse nos seguintes temas: Formação inicial e continuada de professores; Saberes e profissão docente e Aprendizagem da docência. Líder do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Ensino e Aprendizagem junto ao CNPq e certificado pelo IFCE.

Francisco Régis Vieira Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE), Fortaleza, Ceará, Brasil.

Possui graduação em Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1998), graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (1997), mestrado em Matemática Pura pela Universidade Federal do Ceará (2001) e mestrado em Educação, com ênfase em Educação Matemática, pela Universidade Federal do Ceará (2002). Doutorado com ênfase no ensino de Matemática (UFC - 2011). Atualmente é professor TITULAR do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do estado do Ceará/ IFCE - 40h/a com DE, do curso de Licenciatura em Matemática e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2 (2020 - 2026). Professor do Doutorado em Associação em Rede de Pós-Graduação em Ensino (RENOEN) e do Mestrado Acadêmico em Ensino de Cièncias e Matemática do do Mestrado Profissional em Educação Profissional Tecnológica PROEPT-IFCE (2017 - 2023). Tem experiência na área de Matemática e atuando principalmente nos seguintes temas: Didática da matemática, História da Matemática, Análise Real, Filosofia da Matemática e Tecnologias aplicadas ao ensino de matemática para o nível superior. Com pesquisa voltada ao ensino de Cálculo I, II, III, Análise Complexa, EDO, Teoria dos Números. E na Universidade Aberta do Brasil, com o ensino a distância de Matemática. Desenvolve pesquisa direcionada para o ensino do Cálculo a Várias Variáveis e sua transição interna. Atua também no Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA) - UFC (2013 - 2021). Revisor e parecerista ad hoc dos seguintes periódicos: Vydya Educação, Sinergia - IFSP, Rencima - Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Revista do Instituto Geogebra de São Paulo, Tear - Revista de Educação, Ciência e Tecnologia, Boletim Online de Educação Matemática - BoEM e revista REMAT: Revista Eletrônica da Matemática. Comitê editorial do Boletim Cearense de Educação e História da Matemática (BOCEHM) e Coordenador do Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - PGECM/IFCE (acadêmico). no período de 2015/2020 e Membro do Consenho Científico da revista ForSCience - IFMG. Avaliador da EURASIA Journal of Mathematics, Science and Technology Education e International Electronic Journal of Mathematics Education. Membro (Editorial Board) da revista CONTEMPORARY MATHEMATICS AND SCIENCE EDUCATION. Membro do conselho editorial Revista Prática Docente. Parecerista de projetos para a Chamada CNPqN 09/2020, Chamada CNPq N 4/2021, Chamada CNPq N 9/2022 - Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ. Participou da coordenação e implantação do primeiro doutorado no Instituto Federal de Ciências e Tecologia do Estado do Ceará. Coordenador do primeiro doutorado no Instituto Federal de Ciências e Tecnologia do Estado do Ceará - IFCE (2022 - ). Membro Titular do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (2021/2022), designado mediante a Resolução n 48/2021. Membro titular do Conselho Editorial da Editora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - EDIFCE (2021/2022). Avaliador externo de projetos de pesquisa do Doutorado (profissional) em Didática de Ciências e Tecnologia da Universidade de Trás-os-Montes (UTAD) - Portugal. Editor-chefe da Revista Ensino em Debate (REDE) é o periódico oficial vinculado ao Doutorado em Ensino - Rede Nordeste de Ensino (RENOEN) e do Programa de Mestrado de Ensino de Ciências e Matemática (PGECM/IFCE).

Referências

ARAÚJO, K.; BAZANTE, T. M. G. D. A importância da formação do professor de Matemática para a inclusão de alunos com discalculia. REnCiMa, São Paulo, v. 11, n. 7, p. 101-118, nov. 2020. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2647 Acesso em: 10 jun. 2023.

BARBOZA, C. M.; WIELEWSKI, G. D. Tecnologias digitais na formação do professor de matemática: um olhar para as teses e dissertações no Brasil. Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática. Cuiabá, v. 10, n. 3, 2022. https://doi.org/10.26571/reamec.v10i3.14162

BRITO, C. S.; SANT´ANA, C. C. Formação docente e jogos no ensino de matemática. EDUCA – Revista Multidisciplinar em Educação, v. 7, n. 17, p. 415-434, jan/dez., 2020. https://periodicos.unir.br/index.php/EDUCA/article/view/4100

CANÁRIO, R. A prática profissional na formação de professores. In: CAMPOS, B. P. (Org.). Formação profissional de professores no ensino superior. Porto, Portugal: Porto, 2001.

CAVALHEIRO, G. C. S.; MENEGHETTI, R. C. G.; SEVERINO, A. T. B. Concepções de licenciandos em matemática sobre as metodologias de resolução de problemas e investigação matemática. Hipátia, v. 2, n. 2, p. 1 - 12, 2017.

CONCEIÇÃO, J. de S.; JESUS, G. B. de; MADRUGA, Z. E. de F. Contextualização no ensino de matemática: concepções de futuros professores. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 6, n. 2, p. 291–309, 2018. https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n2.p291-309.i6941

COUTINHO JÚNIOR, A. de L. et al. O ensino de física integrado a plataforma arduino, uma revisão sistemática de literatura. Revista Educere Et Educare, Vol. 16, n. 40, 2021. https://doi.org/10.17648/educare.v16i40.26800

DAMEÃO, A. P.; FARIAS, G. dos S.; PEREIRA, P. S. Discussões sobre formação de professores e interdisciplinaridade: o que dizem as resoluções CNE/CP 2/2015 e CNE/CP 2/2019. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23020, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.14343

DEMO, P. Avaliação sob o olhar propedêutico. Campinas, SP: Papirus, 1996.

DINIZ-PEREIRA, J. E.; FLORES, M. J. B. P.; FERNANDES, F. S. Princípios gerais para a reforma dos cursos de licenciatura no Brasil. Interfaces da Educ., Paranaíba, v.12, n.34, p. 589-614, 2021.

FERREIRA, A. C. Um olhar retrospectivo sobre a pesquisa brasileira em formação de professores de Matemática. In: FIORENTINI, D. (org.). Formação de professores de Matemática: explorando novos caminhos com outros olhares. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003.

FREITAS, M. T. M; FIORENTINI, D. Desafios e potencialidades da escrita na formação docente em matemática. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13, n. 37, jan/abr. 2008.

DORNELLES, M. I. da C. Contribuições a uma proposta de formação de inteireza do professor de matemática na perspectiva da complexidade. Tese, Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2013. Disponível em: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3753. Acesso em 05 mai. 2023.

GONÇALVES, B. M. V.; LIMA, F. J. de. Tessituras e contribuições do PIBID para a formação de professores: incentivo ao aperfeiçoamento e a valorização da docência. REMATEC, Belém (PA), v. 18, n. 43, 2023. https://doi.org/10.37084/REMATEC.1980-3141.2023.n43.pe2023005.id460

GOMES, S. Ensino de trigonometria numa abordagem histórica – um produto

Educacional. 2015. HOLOS, Ano 31, Vol. 3. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/683. Acesso em: 20 abr. 2023.

HAUSCHILD, C. A. Características docentes e ações formativas necessárias ao desenvolvimento profissional na iniciação à docência em matemática no âmbito do pibid. Tese. Porto Alegre, 2016. Disponível em: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7015. Acesso em: 01 mai. 2023.

LEITE, E. A. P.; PASSOS, C. L. B. Considerações sobre lacunas decorrentes da formação oportunizada no curso de Licenciatura em Matemática no Brasil. Revista de Educação Pública, v. 29, p. 1-23, jan./dez. 2020. https://doi.org/10.29286/rep.v29ijan/dez.8023

LIMA, J. L. S. Solução de problemas de matemática: um estudo sobre os procedimentos usados por estudantes universitários em questões baseadas no ENEM e nos vestibulares da Unesp e Fuvest. Tese (Doutorado), Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/144585. Acesso em: 20 abr. 2023.

LIMA, F. J. de; OLIVEIRA, J. P. Desafios para a permanência no ensino superior: o caso de alunos ingressantes em um curso de licenciatura em matemática. 2022. Rev. Inter.Educ. Sup. Campinas, SP. v. 10. 1-22. E024039. 2024 https://doi.org/10.20396/riesup.v10i00.8667417

LORENZATO, S. O Laboratório de ensino de matemática na formação de professores. (org). - 3. ed. - Campinas, SP: Autores Associados, 2012. (coleção formação de professores)

MATOS, D. E. de S. Metodologias aplicadas em ensino da matemática no ensino fundamental II. Monografia. Universidade Federal do Ceará (UFC). Russas, 2020. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/67458. Acesso em: 19 abr. 2023.

MIZUKAMI, M. G. N. Aprendizagem da docência: conhecimento específico, contextos e práticas pedagógicas. In: NACARATO, A. M. A formação do professor que ensina matemática perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

MOREIRA, P. C.; DAVID, M. M. M. S. A formação matemática do professor: licenciatura e prática docente escolar. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

MOREIRA, P. C.; DAVID, M. M. M. S. Matemática escolar, matemática científica, saber docente. Zetetiké, Campinas, v. 11, n. 19, p. 57-80, 2003. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646950. Acesso em: 07 fev. 2024.

MOREIRA, R. C. Ensino da matemática na perspectiva das metodologias ativas: um estudo sobre a “sala de aula invertida”. Dissertação. Universidade Federal do Amazonas. Manaus, 2018. Disponível em: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6283. Acesso em: 01 mai. 2023.

NACARATO, A. M.; GRANDO, R. C.; TORICELLI, L.; TOMAZETTO, M. Professores e futuros professores compartilhando aprendizagens: dimensões colaborativas em processos de formação. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Org.). A formação do professor que ensina matemática perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

NACARATO, A. M; PASSOS, C. L. B. As licenciaturas em matemática no estado de São Paulo. Horizontes, Bragança Paulista, v. 25, n. 2, p. 169-179, 2007.

NÓVOA, A. Professores imagens do futuro presente. Instituto de educação. Universidade de Lisboa. Alamada da Universidade. Educar, 2009.

NÓVOA, A. O regresso dos professores. In: Congresso Internacional de Educação, 7, 2011, São Leopoldo. Anais.

NUNES, C. B. Resolução de problemas: uma proposta didática na formação de professores. REnCiMa, v. 5, n. 2, p. 1-17, 2014. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/849. Acesso em: 20 mai. 2023.

OLIVEIRA, A. M.P de; ORTIGÃO, M. I. R. Abordagens teóricas e metodológicas nas pesquisas em educação matemática [livro eletrônico] / organizadoras Andréia Maria Pereira de Oliveira e Maria Isabel Ramalho Ortigão. -- Brasília : SBEM, 2018. - (Coleção SBEM ; 13)

PAIVA, M. A. V. O professor de matemática e sua formação: a busca da identidade profissional. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Org.). A formação do professor que ensina matemática perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

PEREIRA, J. G. N.; SAMPAIO, C. de G. A experimentação no ensino de química durante a educação básica no Brasil: reflexões de uma revisão da literatura. Revista Debates em Ensino de Química 8(3), 319-337, 2022. https://doi.org/10.53003/redequim.v8i3.5120

PEREIRA, M. N. L.; CURI, E. Formação de professores de matemática sob o ponto de vista de alunos formandos. RenCiMa, v. 3, n. 2, p. 116‐124, 2012. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/112. Acesso em: 24 abr. 2023.

PONTE, J. P. Formação do professor de Matemática: Perspectivas atuais. In: PONTE, J. P. (Org.) Práticas Profissionais dos Professores de Matemática. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, 2014.

PONTES, M. M; CASTRO, J. B. A construção do conhecimento matemático do pedagogo: uma investigação sobre os saberes para a prática pedagógica com estatísticas. JIEEM, v. 13, n. 4, p. 515-524, 2020. Disponível em: https://jieem.pgsskroton.com.br/article/view/8065 Acesso em 10 jun. 2023.

SANTOS, L. C.; GONÇALVES, T. O.; MELO, E. A. P. de. Conhecimentos profissionais mobilizados na formação inicial do professor que ensina matemática: uma revisão em dissertações e teses. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23008, 2023. https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.14495

SANTOS, V. A. dos; MAFRA, J. R. e S. Dificuldades na linguagem e interpretação da simbologia matemática como obstáculo no ensino e aprendizado de matemática. In: Encontro Nacional de Educação Matemática. Salvador/BA. Anais SBEM, p. 1 - 9, 2010.

SILVA, P. A. da; LIMA, F. J. de. Interlocuções formativas no contexto da licenciatura em matemática: reflexões sobre os componentes curriculares para a formação e o desenvolvimento profissional docente. Revista Cocar, [S.l.], v. 14, n. 30, p. 1-20, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3002 Acesso em: 01 mai. 2023.

SILVA, A. G.; LIMA, F. J. de. A didática na formação do professor que ensina matemática: construções e perspectivas vislumbradas em anais do ENDIPE e da ANPED (2010-2019). Boletim Cearense de Educação e História da Matemática – Volume 09, Número 27, 01 - 19, 2022. https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i27.7947

SOUZA, C. T. de. O ensino de matemática nos anos iniciais em tempos de cibercultura: refletindo acerca da formação do pedagogo. Programa de pós-graduação em Educação – PPGEDU. Dissertação. Porto Alegre, 2017. Disponível em: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7901. Acesso em: 25 mai. 2023.

SILVEIRA, M. R. A. da; TEIXEIRA JR, V. P. Regras matemáticas sem sentido para alunos e professores: uma análise sobre a formação docente. In: GONÇALVES, T. V. O.; MACÊDO, F. C. S.; SOUZA, F. L. (Org.). Educação em ciências e matemáticas debates contemporâneos sobre ensino e formação de professores. Porto Alegre: Penso, 2015.

TURATO, E. R. Tratado da metodologia da pesquisa clínico-qualitativa:

construção teórico-epistemológica, discussão comparada e aplicação nas áreas da saúde e humanas. 4. ed. Petrópolis (RJ): Vozes, 2010.

VASCONCELOS, S. P. B. de S. et al. A formação de professores e o desenvolvimento do pensamento computacional: um panorama de pesquisas no ensino de matemática nos anos iniciais do ensino fundamental. Tear: Revista de Educação Ciência e Tecnologia, v.10, n.2, 2021. https://doi.org/10.35819/tear.v10.n2.a5361

VARIZO, Z. C. M. Os caminhos da didática e sua relação com a formação de professores de matemática. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Org.). A formação do professor que ensina matemática perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

Downloads

Publicado

2024-04-11

Como Citar

PEREIRA, F. V. .; LIMA, F. J. de; ALVES, F. R. V. . DESAFIOS E POSSIBILIDADES DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA E A FORMAÇÃO INICIAL DOCENTE: UMA REFLEXÃO A PARTIR DA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA (RSL). REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 12, p. e24019, 2024. DOI: 10.26571/reamec.v12.16411. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/16411. Acesso em: 28 maio. 2024.