A UTILIZAÇÃO DE ANALOGIAS COMO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA ANÁLISE ESTRUTURAL EM LIVROS DIDÁTICOS NO ENSINO DO CONCEITO DE FUNÇÃO

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v11i1.16102

Palavras-chave:

Analogia, Ensino e aprendizagem de Matemática, Livro Didático

Resumo

O presente trabalho propõe analisar as analogias utilizadas nos livros didáticos de Matemática do 9° ano relacionadas com o Ensino do Conceito de Função. Fundamenta-se na potencialidade cognitiva atribuída às analogias como ferramentas de ensino e de aprendizagem, e no mapeamento estrutural proposto por Gentner (1983) e colaboradores. A análise teve como objetivo identificar a presença de analogias utilizadas no Ensino do Conceito de Funções, presentes em oito livros didáticos de Matemática do 9° ano, aprovados pelo PNLD (2020). A revisão de literatura da temática indicou a falta de pesquisas sobre a utilização de analogias no ensino de Matemática. Já os resultados da pesquisa acerca das análises das analogias presentes nos livros didáticos, por meio do Mapeamento Estrutural, evidenciam que as comparações utilizadas nesses livros acerca do conceito de função se configuram como analogias estruturalmente consistentes com possibilidades didáticas. Nesse sentido, este trabalho pretende ser uma contribuição às pesquisas que investigam a temática aqui proposta, de utilização de analogias no ensino de Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lucas Cunha da Silva, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil.

Graduado em Matemática Licenciatura pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM- 2021). Especializado em Ensino de Matemática pela Faculdade Única de Ipatinga (FUNIP-2021). Atuou como professor de matemática da Educação Básica na rede Particular de ensino nos seguimentos de Ensino Fundamental anos finais e Ensino Médio (2019 - 2021). Atuou como pesquisador de iniciação científica, desenvolvendo PIBICs na área de Ensino de Matemática. Atualmente é Mestrando do programa de Ensino de Ciências e Matemática (PPGECIM) pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM - Atual), pesquisando na área de processos de Ensino-Aprendizagem em Ciências e Matemática.

Saulo Cézar Seiffert Santos, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil

Doutor em Educação em Ciências pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste). Mestre em Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), especialização em Docência do Ensino Superior pelo Centro de Pesquisa da Amazônia (CEPAM), graduação em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Atuo na Área de Ensino de Ciências do Departamento de Biologia do Instituto de Ciências Biológicas na Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGECIM), UFAM, campus Manaus. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação em Ciências, atuando principalmente nos seguintes temas: divulgação científica, aprendizagem significativa (D. Ausubel), analogias e metáforas no ensino, ensino de zoologia, análise dialética discursivo (Círculo de Bakhtin) e educação em espaços não formais. Membro da Associação Brasileira de Cristão na Ciência (ABC) e líder do grupo de estudos em Manaus/AM.

Referências

ARAÚJO, Pedro. Matemática: Estudo de funções. Curitiba: Sistema Positivo de Ensino, 2022.

BIANCHINI, Edwaldo. Matemática. São Paulo: Moderna, 2018.

BOZELLI, F. C.; NARDI, R. O uso de analogias no ensino de física em nível universitário: interpretações sobre os discursos do professor e dos alunos. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [S. l.], v. 6, n. 3, 2011. Disponível em https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4045. Acesso em: 5 ago. 2023.

BRASIL. Brasília. Ministério da Educação. Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Brasília. 2021. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/programas/programas-do-livro/livro-didatico/historico. Acesso em: 5 de ago. 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei Nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 02 out. 2023.

CACHAPUZ, A. Linguagem metafórica e o Ensino de ciências. Revista Portuguesa de Educação, 2(3), 1989. p. 117-129.

CHAVANTE, Eduardo Rodrigues. Convergências matemática São Paulo: Edições SM, 2018.

CLEMENT, J. Usando analogias de ponte e intuições de ancoragem para lidar com os preconceitos dos alunos em física. Jornal de pesquisa em ensino de ciências, 30 (10), 1993. p. 1241-1257.

CURTIS, R. V.; REIGELUTH, C. M. The use of analogies in written text. Instructional Science, 13, 1984. p. 99-117.

DA SILVA FERRY. A. Análise estrutural e multimodal de analogias em uma sala de aula de química. Tese de Doutorado - Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Educação, Programa de pós-graduação em educação: Conhecimento e inclusão social, Belo Horizonte, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/BUOS-AR8GMT. Acesso em: 5 ago. 2023.

DANTE, Luiz Roberto. Matemática volume único. São Paulo: Ática, 2018.

DANTE, Luiz Roberto. Teláris matemática. São Paulo: Ática, 2005.

DE MENEZES Leão, N. M.; Kalhil, J. B. Concepções alternativas e os conceitos científicos: uma contribuição para o ensino de ciências. Latin-American Journal of Physics Education, v. 9, n. 4, 2015. p. 12. Disponível em: https://www.lajse.org/nov17/22009_Menezes_2017.pdf. Acesso em: 5 ago. 2023.

DEZIN, Norman K.; LINCOLN, Yvonna S. (Orgs). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006, p. 432. Disponível em: http://bds.u nb.br/handle/123456789/863. Acesso em: 5 ago. 2023.

DUARTE, M. da C. Analogias na educação em ciências contributos e desafios. Investigações em Ensino de Ciências, [S. l.], v. 10, n. 1, 2016. p. 7-29. Disponível em: https://ienci.if.ufrgs.br/index.php/ienci/article/view/520. Acesso em: 5 ago. 2023.

DUIT, Reinders et al. On the role of analogies and metaphors in learning science. Science Education, v. 75, n. 6, 1991. p. 649-672. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/227566389_The_role_of_analogies_and_metaphors_in_learning_science. Acesso em: 5 ago. 2023.

DUVAL, R. Registros de representações semióticas e funcionamento cognitivo do pensamento. Trad. Méricles Thadeu Moretti. Revista Eletrônica de Educação Matemática, V.7, n.2, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat/article/ view/1981-1322.2012v7n2p266. Acesso em: 5 ago. 2023.

FABIÃO, L. S. & DUARTE, M. D. As analogias no ensino de Química: um estudo no tema Equilíbrio Químico com alunos/futuros professores de Ciências. In NARDI, R. & ALMEIDA, M. J. P. M. (org.). Analogia, leituras e modelos no Ensino da Ciência: a sala de aula em estudo. São Paulo: Escrituras Editora, 2006. p. 29-44.

FERRAZ, D. F.; TERRAZZAN, E. A. O uso de analogias como recurso didático por professores de biologia no ensino médio. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, [S. l.], v. 1, n. 3, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php /rbpec/article/view/4164. Acesso em: 5 ago. 2023.

FERRY, A. D. S., & PAULA, H. D. F. Mapeamento estrutural de analogias e outras comparações em uma sala de aula de Química. X ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS–X ENPEC. Águas de Lindóia, São Paulo, 2015.

FONSECA, Eliane G.S.; NAGEM, Ronaldo Luiz. A utilização de modelos, analogias e metáforas na construção de conhecimentos significativos à luz da teoria de Vygotsky. II SINECT. UTFPR: Ponta Grossa, 2010. Disponível em: https://famigvirtual.com.br/famig-libertas/index.php/libertas/article/download/27/24/. Acesso em: 5 ago. 2023.

GAY, Maria Regina Garcia; SILVA, Willian Raphael Silva. Araribá mais: matemática. São Paulo: Moderna, 2018

GENTNER et al. Metaphor Is Like Analogy. In Centner, D., Holyoak, K.J. & Kokinov, B.N. (Eds.). The analogical mind: Perspectives from cognitive science. Cambridge MA, MIT Press, 2001. p. 199-253.

GENTNER, D. Structure-mapping: A theoretical framework for analogy. Cognitive science, 7(2), 1983. p. 155-170.

GENTNER, D.; Markman, A. B. Structure mapping in analogy and similarity. American Psychologist, v. 52, n. 1, 1997. p. 45-56.

GIOVANNI JÚNIOR, José Ruy. A conquista da matemática. São Paulo: FTD, 2018.

GLYNN, S. Explaining science concepts: A teaching-with-analogies model. In: The psychology of learning science. Routledge, 2012. p. 219-240.

GLYNN, S. O modelo de ensino com analogias. Ciência e crianças, v. 44, n. 8, 2007. p. 52.

GONZÁLEZ, B. M. El modelo analógico como recurso didáctico en ciencias experimentales. Revista Iberoamericana de Educación, v. 37, n. 2, 10 dic. 2005. p. 1-16. Disponível em: https://rieoei.org/RIE/article/view/2716. Acesso em: 5 ago. 2023.

HARRISON, A.G. & TREAGUST, D.F. Teaching With analogies: a case study in grade 10 optics. Journal of Research in Science Teaching. 30(10). (Special Issue: The role of analogy in science and science teaching), 1993. p. 1291-1307.

MACIEL, C. G. M., RAMOS, I. J.,NAGEM. LT, I.,OLIVEIRA, E.F. Analogias, imagens e modelos como recursos didáticos no ensino de geometria plana. Latin American Journal of Science Education / Lat. Am. J. Sci. Educ. 4, 12004, 2017.

MELO, M. S.; PARAGUAÇU, F. Uma revisão de literatura sobre o uso das analogias no ensino de Ciência e Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, [S. l.], v. 12, n. 4, 2021. DOI:10.26843/rencima.v12n4a35. p. 1-19. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2823. Acesso em: 5 ago. 2023.

MÓL, G.S. O uso de analogias no ensino de Química. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 1999.

NAGEM, R. L., & de Oliveira, E. F. Analogias e metáforas em livros didáticos de matemática. Educação & Tecnologia, 9(2). 2011

NAGEM, R. L.; Carvalhaes, D. O.; Dias, J. A. Y. T. Uma proposta de Metodologia de Ensino com Analogias. Revista Portuguesa de Educação. 2(14), 197-213. Universidade do Minho, 2001.

NAGEM, R. L. Metodologias de ensino e pesquisa na área da educação em ciência. In Seminário de Educação em Ciências. Belo Horizonte: CEFET/MG, 1997.

NEWBY, T. J., & Stepich, D. A. Learning abstract concepts: The use of analogies as a mediational strategy. Journal of Instructional development. 1987. p. 20-26.

NEWTON, D. P., & Newton, L. D. Using analogy to help young children understand. Educational Studies, 21(3), 1995. p. 379-393

OLIVEIRA, Carlos N.C. de. Geração alpha matemática. São Paulo: Edições SM, 2018.

OLIVEIRA, E. Analogias e Metáforas como Recursos Didáticos para o Ensino da Matemática. Dissertação de Mestrado. Belo Horizonte. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET- MG. 2005.

PENA GUIMARÃES, R. A.; RIBEIRO, M. T. D. Química com analogias: o estudo da viabilidade de um guia didático, a partir de reflexões docentes. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 9, n. 1, p. e21012, 2021. https://doi.org/10.26571/reamec.v9i1.11565

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. G. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. Porto Alegre: Artmed, 2009.

PRODANOV, Cleber Cristiano; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. Novo Hamburgo-RS: Editora Feevale, 2013.

RODRIGUES, M. U.; AZEVEDO, S. G. de M. . Pesquisas sobre o software GeoGebra para a prática do professor de matemática no ensino fundamental. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e22055, 2022. https://doi.org/10.26571/reamec.v10i3.14030

SAMPAIO, Fausto Arnaud. Trilhas da matemática. São Paulo: Saraiva, 2018.

SANTOS, Maria Emerlinda. Analogias na Formação Inicial de Professores de Ciências Naturais. Dissertação de Mestrado - Universidade de Aveiro, Departamento de Didática e Tecnologia Educativa, Lisboa, 2006. Disponível em: http://hdl.handle.net/10773/1311. Acesso em: 5 ago. 2023.

SANTOS, S. C. S.; TERÁN, A. F.; SILVA-FORSBERG, M. C. Analogias em livros didáticos de biologia no ensino de zoologia. Investigações em Ensino de Ciências, [S. l.], v. 15, n. 3, 2016. p. 591-603. Disponível em: https://ienci.if.ufrgs.br/index.php/ienci/article/view/264 Acesso em: 5 ago. 2023.

SEIFFERT SANTOS, S. C. Uma reflexão sobre o uso de analogias no ensino de ciências e o desdobramento multimodal da realidade: o exemplo de tópicos da teoria da evolução biológica. Investigações em Ensino de Ciências, [S. l.], v. 25, n. 2, 2020. p. 80-97. Disponível em: https://ienci.if.ufrgs.br/index.php/ ienci/article/view/1631. Acesso em: 5 ago. 2023.

SILVEIRA, Ênio. Matemática: compreensão e prática. São Paulo: Moderna, 2018.

TEIXEIRA, A. S. M.; MUSSATO, S. Contribuições do software GeoGebra nas aulas com sólidos geométricos de faces planas nos anos iniciais do ensino fundamental. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 449–466, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i3.10835

VASCONCELOS, Simão Dias; SOUTO, Emanuel. O livro didático de ciências no ensino fundamental-proposta de critérios para análise do conteúdo zoológico. Ciência & Educação, v. 9, n. 01, 2003. p. 93-104.

VOSNIADOU, Stella; ORTONY, André (Ed.). Similaridade e raciocínio analógico. Reino Único: Imprensa da Universidade de Cambridge, 1989.

Downloads

Publicado

2023-11-22

Como Citar

SILVA, L. C. da .; SEIFFERT SANTOS, S. C. A UTILIZAÇÃO DE ANALOGIAS COMO RECURSO DIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA ANÁLISE ESTRUTURAL EM LIVROS DIDÁTICOS NO ENSINO DO CONCEITO DE FUNÇÃO. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23084, 2023. DOI: 10.26571/reamec.v11i1.16102. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/16102. Acesso em: 25 fev. 2024.