A ELABORAÇÃO DE UMA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA O ENSINO DE JOGOS ESPORTIVOS COLETIVOS

Autores

Palavras-chave:

Jogo Reduzido, Ensino, Futebol, Futsal

Resumo

No cenário atual, a perspectiva mecanicista vem cedendo espaço para propostas sistêmicas de ensino e treinamento do esporte. Isso significa que os exercícios para o desenvolvimento da técnica, realizados sem oposição, vêm sendo substituídos por atividades contextualizadas, que integram a técnica à tática. De maneira geral, entende-se que a melhor forma de se aprender a jogar é jogando, principalmente a partir de versões modificadas de jogo, que se popularizaram pelo termo Jogo Reduzido (JR). Visando auxiliar na construção de atividades de natureza sistêmica, o presente trabalho tem como objetivo oferecer uma matriz original para classificação e elaboração do JR, concebida a partir da reflexão sobre a utilização do jogo como ferramenta de ensino e a definição de objetivos pedagógicos, com exemplos no futebol e futsal. Pretende-se indicar contextos para a implementação do JR que podem ser estendidos, inclusive, para outras modalidades esportivas.

Biografia do Autor

Thiago André Rigon, Escola de Educação Física e Esporte (EEFE-USP)

Estudos Socioculturais e Comportamentais da Educação Física e Esporte (EEFE-USP)

Rafael Batista Novaes, Escola de Educação Física e Esporte (EEFE-USP)

Estudos Socioculturais e Comportamentais da Educação Física e Esporte (EEFE-USP)

Referências

ARAÚJO, Rui; MESQUITA, Isabel. Organização do ataque à recepção do serviço em voleibol: comparação de dois programas de treino, (exercícios analíticos vs formas de jogo simplificadas). In: MOUTINHO, Carlos; PINTO, Dimas (Edits.) Estudos CEJD. Porto, Portugal: FCDEF-UP, 1996.

BAYER, Claude. O ensino dos desportos colectivos. Lisboa, Portugal: Dinalivro, 1994.

BUNKER, David; THORPE, Rod. A model of teaching games for secondary school. Bulletin of Physical Education, v. 18, n. 1, p. 5-8, 1982.

FREIRE, João Batista. Educação de corpo inteiro: teoria e prática da educação física. São Paulo: Scipione, 1989.

______. Pedagogia do futebol. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

GARGANTA, Júlio. O ensino dos jogos desportivos colectivos. Movimento, ano IV, n. 8, p. 19-27, 1998.

GARGANTA, Júlio. Para uma teoria dos jogos desportivos coletivos. In: GRAÇA, Amândio; OLIVEIRA, José. (Orgs.). O ensino dos jogos desportivos. Porto, Portugal: FCDEF-UP, 1995.

GARGANTA, Júlio; GRÉHAIGNE, Jean-Francis. Abordagem sistémica do jogo de futebol: moda ou necessidade. Movimento, v. 5, n. 10, p. 40-50, 1999.

GRAÇA, Amândio; MESQUITA, Isabel. A investigação sobre os modelos de ensino dos jogos desportivos. Revista portuguesa de ciências do desporto, v. 7, n. 3, p. 401-421, 2007.

GRECO, Pablo Juan. Iniciação esportiva universal: metodologia de iniciação esportiva na escola e no clube. Belo Horizonte, MG: UFMG, 2007.

GRÉHAINE, Jean-Francis; GODBOUT, Paul; BOUTHIER, Daniel. The teaching and learning of decision making in team sports. Quest, v. 53, n. 1, p. 59-76, 2001.

GRIFFIN, Linda; MITCHELL, Stephen; OSLIN, Judy. Teaching sport concepts and skill: a tactical games approach. Champaing, IL: Human Kinetics, 1997.

HASTIE, Peter. Student-designed games: Strategies for promoting creativity, cooperation, and skill development. Champaign, IL: Human Kinetics, 2010.

LEONARDO, Lucas; SCAGLIA, Alcides José; REVERDITO, Riller Silva. O ensino dos esportes coletivos: metodologia pautada na família dos jogos. Motriz, v. 15, n. 2, p. 236-246, 2009.

LOPEZ, Luis Miguel García; CAMPO, David Gutiérrez Díaz de. Aprendiendo a enseñar deporte: modelos de enseñanza comprensiva y educación deportiva, Barcelona, Espanha: INDE, 2016.

MAHLO, Friendrich. O acto tático no jogo. Lisboa, Portugal: Compendium, 1974.

NOVAES, Rafael Batista Novaes; RIGON, Thiago André; DANTAS, Luiz Eduardo Pinto Basto Tourinho. Modelo do jogo de futsal e subsídios para o ensino. Movimento, v. 20, n. 3, p. 1039-1060, 2014.

NOVAES, Rafael Batista. Efeitos de um programa de ensino em futsal, baseado em uma perspectiva tática do jogo, sobre o desempenho tático. 2013. 79f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2013.

OMETTO, Lucas e colaboradores. How manipulating task constraints in small-sided and conditioned games shapes emergence of individual and collective tactical behaviours in football: a systematic review. International journal of sports science & coaching, v. 13, n. 6, p. 1–15, 2018.

PAES, Roberto Rodrigues. Educação física escolar: o esporte como conteúdo pedagógico no ensino fundamental. Canoas, RS: ULBRA, 2001.

REVERDITO, Riller Silva; SCAGLIA, Alcides José. Pedagogia do esporte: jogos coletivos de invasão. São Paulo: Phorte, 2009.

RIGON, Thiago André. O comportamento de variáveis de desempenho tático em jogos reduzidos de futsal. 2019. 117f. Dissertação (Mestrado em Atividade Física, Saúde e Lazer). Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, 2019.

SÁ, Pedro João Ramos Amorim. Exercícios complexos de treino: influência das variáveis espaço, tempo e número de jogadores na intensidade do esforço de um exercício de treino. 2001. 100f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto). Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2001.

SANTANA, Wilton Carlos, RIBEIRO, Danilo Augusto, FRANÇA, Vinícius dos Santos. 70 contextos de exercitação tática para o treinamento do futsal. Londrina, PR: Companhia Esportiva, 2016.

SCAGLIA, Alcides José e colaboradores. O ensino dos jogos esportivos coletivos: as competências essenciais e a lógica do jogo em meio ao processo organizacional sistêmico. Movimento, v. 19, n. 4, p. 227-249, 2013.

SCAGLIA, Alcides José. O futebol e os jogos/brincadeiras de bola com os pés: todos semelhantes, todos diferentes. 2003. 164f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2003.

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Rigon, T. A., Novaes, R. B., & Tsukamoto, M. H. C. (2020). A ELABORAÇÃO DE UMA MATRIZ DE REFERÊNCIA PARA O ENSINO DE JOGOS ESPORTIVOS COLETIVOS. Corpoconsciência, 24(2), 172-186. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/10713

Edição

Seção

Seção Temática - IMPLICAÇÕES EPISTEMOLÓGICAS DO JOGO (BRINQUEDO E BRINCADEIRA) NAS PRÁTICAS CORPORAIS