MODELO DE JOGO, ESTRATÉGIA DE JOGO, ESTILO DE JOGO E TÁTICA DE JOGO

CONCEPÇÕES ÚTEIS PARA COMPREENDER O CONTEXTO DO JOGO ESPORTIVO

Autores

  • Thiago André Rigon Universidade de São Paulo
  • Fábio Ferreira Nogueira Universidade de São Paulo
  • Larissa Rossi Talarico Universidade de São Paulo
  • Rene Drezner Universidade de São Paulo
  • Rafael Batista Novaes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
  • Luiz Eduardo Pinto Bastos Tourinho Dantas Universidade de São Paulo

DOI:

10.51283/rc.v26i2.14102

Palavras-chave:

Mapeamento Conceitual, Jogos Esportivos Coletivos, Conceitos do Jogo Esportivo, Investigação Teórica no Esporte

Resumo

A ausência de precisão e clareza de conceitos do esporte dificulta a articulação de concepções importantes para compreender e intervir na díade treino-competição. O artigo teve como objetivo propor definições operacionais dos termos “modelo de jogo”, “estratégia de jogo”, “estilo de jogo” e “tática de jogo”, e propor articulações entre esses termos visando orientar a intervenção e análise no esporte. Foi realizada uma pesquisa teórico-conceitual dos termos-alvo que resultou na elaboração de um Mapa Conceitual, pelo programa CmapTools. Foi utilizada a Tabela de Clareza Proposicional para analisar o conteúdo das proposições elaboradas. Foi definido que: modelo de jogo refere-se à representação do funcionamento básico do jogo, estratégia de jogo refere-se ao conjunto de planos na competição, estilo de jogo é uma qualificação das ações no jogo e tática de jogo é sinônimo de ação no jogo. Espera-se que a articulação dessas concepções auxilie na compreensão do contexto esportivo.

Referências

AGUIAR, Joana Guilares; CORREIA, Paulo Rogério Miranda. Como fazer bons mapas conceituais? Estabelecendo parâmetros de referências e propondo atividades de treinamento. Revista brasileira de pesquisa em educação em ciências, v. 13, n. 2, p. 141-157, 2013.

ALMEIDA, Rui Miguel Garcia Lopes de. Da conceptualização dos métodos de treino à operacionalização prática no quadro do modelo de jogo adotado. 2014. 99f. Dissertação (Mestrado em Treino Desportivo). Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Lisboa, Portugal, 2014.

ARAÚJO, Duarte. O contexto da decisão: a acção táctica no desporto. Lisboa, Portugal: Visão e Contexto, 2005.

BAYER, Claude. O ensino dos desportos colectivos. Lisboa, Portugal: Dina livro, 1994.

BUTTON, Chris e colaboradores. Dynamics of skill acquisition: an ecological dynamics approach. Champaign, USA: Human Kinetics Publishers, 2020.

BOUTHIER, Daniel. Les conditions cognitives de la formation d'actions sportives collectives. Le travail humain, v. 52, n 2, p. 175-182, 1989.

BRAVO, Francini Garcia. Evolução do modelo de jogo nas categorias de base do voleibol feminino. 2015. 113f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

CASARIN, Rodrigo Vicenzi e colaboradores. Modelo de jogo e processo de ensino no futebol: princípios globais e específicos. Movimento, v. 17, n. 3, p. 133-152, 2011.

CORRÊA, Umberto César e colaboradores. The game of futsal as an adaptive process. Nonlinear dynamics, psychology, and life sciences, v. 16, n. 2, p. 185-203, 2012.

CROFT, Hayden; WILLCOX, Bobby; LAMB, Peter. Using performance data to identify styles of play in netball: an alternative to performance indicators. International journal of performance analysis in sport, v. 17, n. 6, p. 1034-1043, 2017.

DAOLIO, Jocimar. Jogos esportivos coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos-modelo pendular a partir das idéias de Claude Bayer. Revista brasileira de ciências do movimento, v. 10, n. 4, p. 99-103, 2002.

FERNANDEZ-NAVARRO, Javier e colaboradores. Attacking and defensive styles of play in soccer: analysis of spanish and english elite teams. Journal of sports sciences, v. 34, n. 24, p. 2195-2204, 2016.

FERNANDEZ-NAVARRO, Javier e colaboradores. Evaluating the effectiveness of styles of play in elite soccer. International journal of sports science & coaching, v. 14, n. 4, p. 514-527, 2019.

GARGANTA, Júlio. Modelação táctica do jogo de futebol: estudo da organização da fase ofensiva em equipas de alto rendimento. 1997. 318f. Tese (Doutorado em Ciências do Desporto). Universidade do Porto, Porto, Portugal, 1997.

GOLLAN, Stuart; BELLENGER, Clint; NORTON, Kevin. Contextual factors impact styles of play in the english premier league. Journal of sports science & medicine, v. 19, n. 1, p. 78-83, 2020.

GONÇALVES, Ricardo Filipe do Carmo. Conceptualização do modelo de jogo: um estudo efectuado com treinadores de futebol com curso de nível IV. 2009. 292f. Dissertação (Mestrado em Treinamento de Alto Rendimento). Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, Portugal, 2009.

GONZALEZ-RODENAS, Joaquin; ARANDA, Rafael; ARANDA-MALAVES, Rodrigo. The effect of contextual variables on the attacking style of play in professional soccer. Journal of human sport and exercise, v. 16, n. 2, p. 399-410. 2020.

GOULÃO, José Luís de Carvalho. O modelo de jogo no futebol de formação: estudo sobre a concetualização e operacionalização do modelo de jogo de treinadores de futebol infantojuvenil. 2018. 135f. Dissertação (Mestrado em Atividade Física). Instituto Politécnico de Castelo Branco, Castelo Branco, Portugal, 2018.

GRÉHAIGNE, Jean-Francis. Quelques aspects bibliographiques concernant l'enseignement des sports collectifs à l'école. Dossiers EPS. v. 17, p 7-11, 1994.

GREENHAM, Grace; HEWITT, Adam; NORTON, Kevin. A pilot study to measure game style within australian football. International journal of performance analysis in sport, v. 17, n. 4, p. 576-585, 2017.

GRÉHAIGNE, Jean-Francis; GODBOUT, Paul. Tactical knowledge in team sports from a constructivist and cognitivist perspective. Quest, v. 47, n. 4, p. 490-505, 1995.

GRÉHAIGNE, Jean-Francis; GODBOUT, Paul; BOUTHIER, Daniel. The foundations of tactics and strategy in team sports. Journal of teaching in physical education, v. 18, n. 2, p. 159-174, 1999.

HEWITT, Adam; GREENHAM, Grace; NORTON, Kevin. Game style in soccer: what is it and can we quantify it? International journal of performance analysis in sport, v. 16, n. 1, p. 355-372, 2016.

JÚNIOR, Nelson Kautzner Marques. Um modelo de jogo para o voleibol na areia. Conexões, v. 6, n. 3, p. 13-26, 2008.

LACERDA, Daniel Filipe Pereira. Modelo de jogo ofensivo no voleibol de praia de elite: caracterização da organização do processo ofensivo a partir da recepção do serviço. 2002. 144f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto). Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2002.

LAGO-PEÑAS, Carlos; GÓMEZ-RUANO, Miguel; YANG, Gai. Styles of play in professional soccer: an approach of the chinese soccer super league. International journal of performance analysis in sport, v. 17, n. 6, p. 1073-1084, 2017.

LAMAS, Leonardo e colaboradores. Elementos estruturais de um modelo formal dos esportes coletivos de invasão. Revista brasileira de educação física e esporte, v. 26, n. 4, p. 741-753, 2012.

LAVOIE, Marc; GRENIER, Gilles; COULOMBE, Serge. Comment: Performance differentials in the national hockey league: discrimination versus style-of-play thesis. Canadian public policy/analyse de politiques, v. 18, n. 4, p. 461-469, 1992.

MACHADO, Armando; LOURENÇO, Orlando; SILVA, Francisco J. Facts, concepts, and theories: the shape of psychology's epistemic triangle. Behavior and philosophy, v. 28, p. 1-40, 2000.

MARTINS, Álvaro Carvalho. Modelo de jogo: conceitos e interações contextuais. 2019. 202f. Dissertação (Mestrado em Treino de Alto Rendimento). Universidade de Lisboa, Lisboa, Portugal, 2019.

MENDES, José Carlos. Construção do modelo de jogo das seleções brasileiras masculinas juvenil e adulta de handebol. 2020. 164f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2020.

MENDES, José Carlos e colaboradores. Construcción del modelo de juego en balonmano. Revista de ciencias del ejercicio y la salud, v. 19, n. 1, p. 1-25, 2021.

MONTOYA, Letícia Petruce; BARREIRA, Júlia; MERCADANTE, Luciano Allegretti. Jogo bonito ou jogo feio: o que é e como podemos quantificar? Revista brasileira de ciências do esporte, v. 43, p. 1-8, 2021.

MOSTARO, Filipe Fernandes Ribeiro. O futebol-arte na imprensa nacional: a construção de um estilo de jogo. Estudos em jornalismo e mídia, v. 11, n. 2, p. 354-366, 2014.

NAZARETH, Eduardo Fernandes. Ação e experiência nos esportes coletivos. Revista brasileira de ciências sociais, v. 30, n. 87, p. 59-78, 2015.

NOVAES, Rafael Batista; RIGON, Thiago André; DANTAS, Luiz Eduardo Pinto Bastos Tourinho. Modelo do jogo de futsal e subsídios para o ensino. Movimento, v. 20, n. 3, p. 1039-1060, 2014.

QUINA, João do Nascimento; GRAÇA, Amândio. O ensino do jogo de futebol: um modelo híbrido de desenvolvimento da competência táctica. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE JOGOS DESPORTIVOS, 3. Anais.... Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2011.

QUINA, João do Nascimento; GRAÇA, Amândio. O modelo de competência nos jogos de invasão aplicado ao ensino do jogo de futebol em contexto de clube/escola. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE JOGOS DESPORTIVOS, 1. Anais... Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2007.

RIBEIRO, Pedro. Do modelo e concepção de jogo à análise da performance no futebol: o treino enquanto indutor da operacionalização de um modo de jogar específico: estudo de caso na equipa de sub-19 do Futebol Clube do Porto. 2008. 209f. Monografia (Licenciatura em Ciências do Desporto). Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2008.

RIBEIRO, João e colaboradores. Exploiting bi-directional self-organizing tendencies in team sports: the role of the game model and tactical principles of play. Frontiers in psychology, v. 10, p. 2213, 2019.

RIGON, Thiago André. O comportamento de variáveis de desempenho tático em jogos reduzidos de futsal. 2019. 118f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019.

RIGON, Thiago André; DANTAS, Luiz Eduardo Pinto Bastos Tourinho. Mapeamento conceitual para organizar o conteúdo do jogo esportivo. Revista currículo e docência, v. 3, n. 3, p. 37-50, 2021.

RIGON, Thiago André; NOVAES, Rafael Batista; TSUKAMOTO, Mariana Harumi Cruz. A elaboração de uma matriz de referência para o ensino de jogos esportivos coletivos. Corpoconsciência, v. 24, n. 2, p. 172-186, 2020.

RIGON, Thiago André; TSUKAMOTO, Mariana Harumi Cruz; NOVAES, Rafael Batista. As propostas alternativas de ensino das modalidades esportivas coletivas: considerações sobre a prática. Coleção pesquisa em educação física, v. 17, n. 4, p. 33-41, 2018.

RODRIGUES, José (Ed.). Desporto, Inovação e Formação de Treinadores. Desporto, Inovação e Formação de Treinadores. Santarém, Portugal: CIEQV, 2020.

SANTANA, Felipe e colaboradores. Assessing basketball offensive structure: The role of concatenations in space creation dynamics. International Journal of Sports Science and Coaching, v. 14, n. 2, p. 179-189, 2019.

SANTOS, Sofia Carrelhas Canossa Estrela. Modelo de jogo ofensivo no pólo aquático feminino de elite: caracterização da organização do processo ofensivo das selecções femininas de elite, no campeonato europeu de Sevilha-1997. 2001. 157f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto). Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2001.

SCHWARZ, Christian. Futebol em tradução: língua nacional e estilo de jogo em relatos da imprensa argentina nos anos 20. Revista latinoamericana de estudios del discurso, v. 15, n. 1, p. 93-108, 2015.

THIENGO, Carlos. Glossário do futebol brasileiro: termos e conceitos relacionados às dimensões técnica e tática. 2. ed. Rio de Janeiro: CBF, 2020.

TEIXEIRA, Tiago Daniel Tomás. Os princípios táticos como ponto de partida para a perceção do modelo de jogo de uma equipa de futebol: uma abordagem qualitativa. 2017. 64f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto). Universidade da Beira Interior, Covilhã, Portugal, 2017.

WEDDING, Corey e colaboradores. Analysis of styles of play according to season and end of season rank in the national rugby league. Journal of science and medicine in sport, v. 24, n. 2, p. 206-210, 2021.

Downloads

Publicado

2022-08-03

Como Citar

Rigon, T. A., Nogueira, F. F., Rossi Talarico, L. ., Drezner, R., Novaes, R. B., & Dantas, L. E. P. B. T. . (2022). MODELO DE JOGO, ESTRATÉGIA DE JOGO, ESTILO DE JOGO E TÁTICA DE JOGO: CONCEPÇÕES ÚTEIS PARA COMPREENDER O CONTEXTO DO JOGO ESPORTIVO. Corpoconsciência, 26(2), 216-235. https://doi.org/10.51283/rc.v26i2.14102

Edição

Seção

Seção Temática - PEDAGOGIA DO ESPORTE: DESAFIOS E TEMAS EMERGENTES

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)