DESIGUALDADES SOCIAIS E EXCLUSÃO ESCOLAR NO ENSINO DE CIÊNCIAS: INFLUÊNCIAS DO CAPITAL CULTURAL

Evangerlandy Gomes de Macêdo, Alan Kardec Carvalho Sarmento, Francisco S Macêdo, Tiago Rodrigues da Silva

Resumo


O objetivo do estudo foi investigar a existência da conservação das desigualdades sociais e exclusão escolar pelo capital de cultura no Ensino de Ciências do nível fundamental anos finais e, revelá-los por meio deste estudo como contributo para a superação destes. Deste modo, a abordagem qualitativa foi a que melhor que se adequou para a realização deste trabalho, assim como os métodos: descritivo, o método analítico-sintético e sistêmico para o desenvolvimento deste estudo. Concluímos que o Ensino de Ciências no CETI – escola para estudantes das classes desfavorecidas – está mantendo a conservação das desigualdades sociais e a exclusão escolar no ensino fundamental anos finais por aspectos culturais.


Palavras-chave


Ensino de Ciências, Capital Cultural, Desigualdades, Exclusão escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


BOURDIEU, Pierre. A escola conservadora: as desigualdades frente à escola e a cultura. In: NOGUEIRA, Maria Alice & CATANI, Maurício. (orgs.). Escritos de Educação. 13ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012, p.39-64.

__________. e SAINT-MARTIN, Monique de. As categorias do Juízo Professoral. In: NOGUEIRA, Maria Alice & CATANI, Maurício. (orgs.). Escritos de Educação. 13ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012, p.185-216.

__________. O Poder Simbólico. Tradução Fernando Tomaz. 11. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

HOFFMANN, Jussara M.L. Avaliação mediadora: uma relação dialógica na construção do conhecimento. In: Série Ideias n. 22. São Paulo: FDE, 1994, p. 51-59. Disponível em: http://www.crmariocovas.sp.gov.br/pdf/ideias_22_p051-059_c.pdf. Acessado em: 20 de set. de 2016.

KOLL, M. de O. Vygotsky, Aprendizado e desenvolvimento: um processo sócio-histórico. São Paulo: Scipione, 2010.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2ª ed. São Paulo, SP: Cortez, 2013.

MACÊDO, F. C. da S. Guia Prático para Elaboração de Trabalhos Científicos. Teresina: Ipanema, 2011.

UNESCO. A Ciência para o Século XXI: uma nova visão e uma base de ação. Declaração de Budapeste. Brasília: UNESCO, ABIPTI, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2017.v5.n2.p324-343.i5761

Apontamentos

  • Não há apontamentos.