O PENSAR MATEMÁTICO NAS OLIMPÍADAS DA MATEMÁTICA

Luiz Carlos Fernandes, Raquel Martins Fernandes Mota

Resumo


O presente artigo traz um relato de experiências da Olimpíada Mineira de Matemática, projeto de extensão da Universidade Federal de Minas Gerais, bem como uma discussão sobre o trabalho realizado e a possibilidade de favorecer o pensar matematicamente. Objetiva-se analisar a Olimpíada Mineira de Matemática, a partir da noção do processo de formação do pensar matemático. Tem-se como problema de pesquisa: Até que ponto a Olimpíada Mineira de Matemática favorece a formação do pensar matemático? A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica e observação assistemática. Descreve-se algumas das atividades que foram construídas e realizadas em conjunto com professores de escolas públicas, visando uma maior inter-relação entre a universidade e a escola participativa, principal foco das ações. Espera-se com este trabalho contribuir para o ensino de matemática apresentando as Olimpíadas como uma ferramenta pedagógica.

Palavras-chave


Ensino; Olimpíadas Mineira de Matemática; Pensar matemático.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2017.v5.n1.p115-130.i5347

Apontamentos

  • Não há apontamentos.