CULTURA MIDIÁTICA E ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: CONTRIBUIÇÕES PARA O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Roberto Sanches Mubarac Sobrinho, Vallace Chriciano Souza Herran

Resumo


Neste trabalho fazemos uma discussão sobre a emergência da cultura midiática e o uso das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTIC) e suas contribuições para o processo de alfabetização cientifica das crianças. Abordamos ainda possibilidades para o processo educacional, bem como, concepções a respeito do processo de Interatividade e Transposição Didática. O estudo representa a base teórica de uma pesquisa que está em processo de execução no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia - PPGEEC, pela Universidade do Estado do Amazonas - UEA. Tem caráter bibliográfico e se debruça na investigação por meio de levantamentos realizados em artigos, livros, periódicos e trabalhos de especialistas que abordam a temática em questão. Podemos considerar que diante do atual cenário, a escola deve projetar suas ações no sentido de formar cidadãos críticos e com habilidades inerentes a sociedade midiática, buscando adotar novas maneiras de ensinar, que leve em consideração o conhecimento próprio do aluno.

Palavras-chave


Cultura Midiática; Novas Tecnologias da Informação e Comunicação; Alfabetização Científica; Infância.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.26571/2318-6674.a2017.v5.n1.p48-61.i5342

Apontamentos

  • Não há apontamentos.