ENSINO EXPLÍCITO DE METACOGNIÇÃO EM QUÍMICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v12.16213

Palavras-chave:

Ensino de Química, Metacognição, Agenda 2030

Resumo

Neste artigo apresentamos os estudos realizados nos últimos 10 anos sobre o ensino explícito da metacognição na aprendizagem de Química. Quanto aos aspectos metodológicos, trata-se de uma revisão bibliográfica que se propõe a verificar a existência de pesquisas recentes envolvendo o tema e quais as contribuições dessas para a área da educação. Acreditamos que esses apontamentos possam contribuir nas discussões concernentes ao processo de aprendizagem dos estudantes quanto às orientações estabelecidas pela Agenda 2030 por meio do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável - ODS 4, que trata sobre a educação. A busca por artigos foi realizada nas bases de dados ERIC, CAPES e Scielo, sendo localizados nove artigos que fazem parte desta revisão. Os resultados indicaram que, apesar da metacognição ser pesquisada por estudiosos de diversas áreas, interessados em compreender como as pessoas aprendem, o ensino explícito da metacognição em Química necessita ser mais investigado, apontamento realizado pela maioria dos pesquisadores referenciados nos estudos revisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cristina Januária Pereira, da Rede Municipal de Contagem e Rede Municipal de Belo Horizonte, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

Possui graduação em Pedagogia pelo Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH (2000). Especialização em Psicopedagogia pelo Centro de Estudos e pesquisas Educacionais de Minas Gerais - CEPEMG (2003) Alfabetização e Letramento pelo EDUCAMAIS (2018). Neurociência e Aprendizagem pela Faculdade Batista de Minas Gerais (2021). Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação Tecnológica - Mestrado em Educação Tecnológica pelo Centro Federal em Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) - 02/2022.

Terezinha Ribeiro Alvim, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.

ossui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal de Ouro Preto (1977) e graduação em Licenciatura Plena para a Graduação de Professores pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (1989), ,especialização em Ensino de Ciências pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999), mestrado em Química pela Universidade Estadual de Campinas (2005) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). Atualmente é docente da EBTT e do Programa de Pós Graduação em Educação Profissional e Tecnológica do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Atua como pesquisadora nas áreas de Educação em Ciências e Educação Tecnológica, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino, aprendizagem e avaliação em laboratório escolar.

Referências

AMARAL, Luana Zanelato; ROSA, Cleci Teresinha Werner da; LOCATELLI, Aline. Educação em Ciências/Química e alfabetização científica na perspectiva da formação cidadã: características e tendências das pesquisas nacionais. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 7, n. 3, p. 297-324, 2019. https://doi.org/10.26571/reamec.v7i3.9146

ASHBY, Patrick; MENSAH, Felicia Moore. Critical Chemistry Education in a Private, Suburban High School. Research in Science Education, v. 50, p. 303–332, 2020. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11165-018-9690-2. Acesso em: 5 set. 2023.

AVARGIL, Shirly. Learning Chemistry: Self-Efficacy, Chemical Understanding, and Graphing Skills. Journal of Science Education and Technology, v. 28, p. 285-298, 2019. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10956-018-9765-x Acesso em: 25 mai. 2023.

BERG, Rosana da Silva; VOTRE, Sebastião Josué. Impacto das declarações de Nova Delhi, Jomtien, Dakar e Incheon nas políticas públicas de educação. Cadernos de Linguística, v. 2, n. 4, 2021. http://dx.doi.org/10.25189/2675-4916.2021.V2.N4.ID456

BRANSFORD, John D.; BROWN, Ann L.; COCKING Rodney R. How people learn: brain, mind, experience and school. Washington: National Academy Press for National Research Council, 1999.

DEWEY, John. Democracia e educação: introdução à filosofia da educação. Tradução de Godofredo Rangel e Anísio Teixeira. 4. ed. São Paulo: Ed. Nacional, 1979.

DIGNATH, Charlotte; VEENMAN Marcel V. J. The Role of Direct Strategy Instruction and Indirect Activation of Self-Regulated Learning – Evidence from Classroom Observation Studies. Educational Psychology Review, v. 33, p. 489-533, 2021. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10648-020-09534-0. Acesso em: 3 mai. 2023.

FLAVELL, John H. Metacognition and Cognitive Monitoring: A new área of Cognitive-Developmental Inquiry. Stanford University. By the American Paychological Association, v. 34, n. 10, p. 906-911, 1979.

GAMBY, Sonja; BAUER, Christopher F. Beyond “study skills”: a curriculum-embedded framework for metacognitive development in a college chemistry course. International Journal of STEM Education, v. 9, n. 61, p. 1- 20, 2022. Disponível em: https://stemeducationjournal.springeropen.com/articles/10.1186/s40594-022-00376-6. Acesso em: 8 jul. 2023.

JOHNSON, Cláudia; BOON, Helen; THOMPSON, Maree Dinan. Cognitive Demands of the Reformed Queensland Physics, Chemistry and Biology Syllabus: An Analysis Framed by the New Taxonomy of Educational Objectives. Research in Science Education, v. 52, p. 1603-1622, 2022. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11165-021-09988-4. Acesso em: 12 mai. 2023.

HEIDBRINK, Amber; WEINRICH, Melissa. Undergraduate chemistry instructors’ perspectives on their students’ metacognitive development. Chemistry Education Research and Practice, v. 22, p. 182-198, 2021. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2021/rp/d0rp00136h. Acesso em: 17 out. 2023.

LOCATELLI, Solange Wagner. Tópicos de Metacognição: para aprender e ensinar melhor.1ª ed. Curitiba: Appris, 2014.

MARZANO, Robert J.; KENDALL, John S. The new taxonomy of educational objectives. 2. ed. Thousand Oaks: Corwin Press, 2007.

BARAK, Miri; BEN-CHAIM, David; URI, Zoller. Purposely Teaching for the Promotion of Higher-order Thinking Skills: A Case of Critical Thinking. Research in Science Education, v. 37, p. 353-369, 2007. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/225399805_Purposely_Teaching_for_the_Promotion_of_Higher-order_Thinking_Skills_A_Case_of_Critical_Thinking. Acesso em: 17 out. 2023.

MUTAMBUKI, Jacinta M.; MWARUMBA MWAVITA, Caroline Z. Muteti; JACOB, Brooke I.; MOHANTY, Smita. Metacognition and Active Learning Combination Reveals Better Performance on Cognitively Demanding General Chemistry Concepts than Active Learning Alone. Journal Chemical Education, v. 97, n. 7, p.1832–1840, 2020. Disponível em: https://pubs.acs.org/doi/10.1021/acs.jchemed.0c00254. Acesso em: 6 jul. 2023.

;

MUTETI, Caroline Z.; ZARRAGA, Carolina; JACOB, Brooke I.; MWARUMBA, Tuli M.; NKHATA, Dorothy B.; MWAVITA, Mwarumba; MOHANTY Smita; MUTAMBUKI, Jacinta M. I realized what I was doing was not working: the influence of explicit teaching of metacognition on students’ study strategies in a general chemistry I course. Chemistry Education Research and Practice, v. 22, p. 122-135, 2021. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2021/rp/d0rp00217h#!divAbstract. Acesso em: 12 mai. 2023.

UNESCO. EDUCAÇÃO PARA TODOS: o compromisso de Dakar. 2001. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000127509. Acesso em: 4 abr. 2023.

UNESCO. Declaração de Incheon e ODS 4 – Marco de Ação da Educação 2030. 2015. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000245656_por. Acesso em: 26 mai. 2023.

PORTILHO, Evelise. Como se aprende? Estratégias, Estilos e Metacognição. 2ª ed. Rio de Janeiro: Wak Ed., 2011.

POZO, Juan Ignacio. A sociedade da aprendizagem e o desafio de converter informação em conhecimento. Revista Pátio. Ano VIII – Nº 31- Educação ao Longo da Vida – agosto/outubro de 2004. Disponível em: http://udemo.org.br/A%20Sociedade.pdf. Acesso em: 5 mar. 2023.

POZO, Juan Ignacio; CRESPO, Migual Àngel Gomes. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento cientifico. 5ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani César de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2ª ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, Pilar Baptista. Metodologia de pesquisa. 5. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

YURIEV, Elizabeth; NAIDU, Som; SCHEMBRI, Luke S.; SHORT, Jennifer L. Scaffolding the development of problem-solving skills in chemistry: guiding novice students out of dead ends and false starts. Chemistry Education Research and Practice, v. 18, p. 486-504, 2017. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2017/rp/c7rp00009j. Acesso em: 8 mai. 2023.

VEENMAN, Marcel V. J. Assessing Metacognitive Deficiencies and Effectively Instructing Metacognitive Skills. Teachers College Record, v. 119, p. 1-20, 2017. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/016146811711901303. Acesso em: 6 jun. 2023.

VO, Kimberly; SARKAR, Mahhub; WHITE, Paul J.; YURIEV, Elizabeth. Problem solving in chemistry supported by metacognitive scaffolding: teaching associates’ perspectives and practices. Chemistry Education Research and Practice, v. 23, p. 436-451, 2022. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2022/rp/d1rp00242b. Acesso em: 18 jun. 2023.

YURIEV, Elizabeth; NAIDU, Som; SCHEMBRI, Luke S.; SHORT, Jennifer L. Scaffolding the development of problem-solving skills in chemistry: guiding novice students out of dead ends and false starts. Chem. Educ. Res. Pract., 2017,18, p. 486-504. Disponível em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2017/rp/c7rp00009j. Acesso em: 8 out. 2023.

Downloads

Publicado

2024-04-24

Como Citar

PEREIRA, C. J. .; ALVIM, T. R. . ENSINO EXPLÍCITO DE METACOGNIÇÃO EM QUÍMICA: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 12, p. e24031, 2024. DOI: 10.26571/reamec.v12.16213. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/16213. Acesso em: 19 jun. 2024.