AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DAS CONCEPÇÕES ALTERNATIVAS NO ENSINO E APRENDIZAGEM DA FÍSICA: UM ESTUDO DE CASO EM MOÇAMBIQUE

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v8i3.10599

Palavras-chave:

Concepções alternativas. Ensino e aprendizagem. Calor. Temperatura

Resumo

O presente trabalho relata os resultados de uma pesquisa que visa avaliar a influência da valorização das concepções alternativas dos alunos nos conceitos de calor e temperatura. Para concretização deste estudo, foi feito um levantamento na literatura das concepções alternativas mais comuns dos alunos. Em seguida, produziu-se um questionário que foi validado após a sua aplicação a 25 estudantes da 9ª classe, com 7 perguntas abertas, das quais 5 foram retiradas da literatura e 2 elaboradas pelos autores. O questionário foi refeito com a reformulação de algumas questões e acréscimo de outras, tendo passado para 13 questões. O novo instrumento foi aplicado a 121 alunos de 2 turmas selecionadas aleatoriamente. As duas turmas foram submetidas a três aulas, nos quais na turma experimental valorizou-se as concepções alternativas dos alunos e na turma de controlo não se teve em consideração essas concepçõe. O resultado mostra que na turma experimental os alunos melhoraram significativamente a formulação dos conceitos científicos sobre calor e temperatura em relação à turma de controlo, tendo se concluído que a valorização destas no processo de ensino e aprendizagem é fundamental para a aprendizagem significativa, enfatizando Ausubel sobre a valorização do conhecimento prévio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jossias Arnaldo Vilanculo, Universidade Save (UniSave)

Doutorando em Ciência e Tecnologias de Energias na Universidade Eduardo Mondlane (UEM). Docente na Universidade Save (UniSave), Chongoene, Gaza, Moçambique.

Inocente Vasco Mutimucuio, Universidade Wutivi (UniTiva)

Professor Doutor em Física (Desenvolvimento do Conceito de Energia) pela Universidade Livre de Amsterdão, Holanda. Reitor na Universidade Wutivi (UniTiva), Boane, Maputo, Moçambique.

Carlos Santos Silva, Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade Técnica de Lisboa

Professor Doutor em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade Técnica de Lisboa. Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, Portugal.

Referências

ARAÚJO, M. De, & SOUZA, P. H. Conceitos , Concepções Alternativas E Ensino De Ciência : Uma Investigação Baseada Em Estudos Terminológicos. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. São Paulo, v. 1, n 8, nov. 2015. Disponível em: < http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R0530-1.PDF>. Acesso em: 03 Jun. 2018.

AUSUBEL, D. P. Algunos aspectos psicológicos de la estrutuctura del conocimiento. Buenos Aires: El Ateneo, 1973.

BRASIL, M. V. O.; OLIVEIRA, F. C.; TASSIGUY, M. M., & Ponpeu, R. M.Inovações sustentáveis em projetos de reresponsabilidade social. Revista Electronica Gestao & Sociedade, v. 9, n.22, p.810–831, mar, 2015. Disponível em:<http://10.21171/ges.v9i22.2045>. Acesso em: 25 Fev. 2019.

BRUM, W. P.; SCHUHMACHER, E. O tema solo no ensino fundamental: Concepções altenativas dos estudantes sobre as implicações de sustentabilidade. Revista Educomunicação Ambiental, v.5 n.1, p.1–22, 2015. Disponível em: < http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=eduambiental&page=article&op=view&path%5B%5D=693>. Acesso em 13 jun, 2019.

CALDEIRA, M. H.; MARTINS, D. R. Calor e Temperatura: Que noção tem os alunos universitários destes conceitos? Gazeta Fisica, v.13,n.2, p.85–94, 1990. Disponível em:<http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/fisica/

artigos/calor_temp_nocao_alunos_univ.pdf>. Acesso em 13 agost, 2019.

CARVALHO, A. M. P. de.; SASSERON, L. H. Ensino De Física Por Investigação: Referencial Teórico E As Pesquisas Sobre As Sequências De Ensino Sobre Calor E Temperatura. Ensino Em Revista, v.22 n.2, p.249–266, dez, 2015. Disponível em: <https://doi.org/10.14393/er-v22n2a2015-1>. Acesso em: 16 Jan. 2019.

CASTILHO, A. P.; BORGES, N. R. M.; PEREIRA, V. T. (Org.). Manual de metodologia científica do ILES. Itumbiara: ILES/ULBRA, 2014.

CINDRA, J. L.; TEIXEIRA, O., P., B. Uma discussão conceitual para o equilíbrio térmico. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.21, n.2, p.176–193, 2004. Disponível em: <http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/2010/artigos_teses/

fisica/artigos/discussao_conceitual.pdf>. Acesso em: 28 Maio, 2019.

COVOLAN, T.; Silvia C.; Silva, D. da. A entropia no Ensino Médio: utilizando concepções prévias dos estudantes e aspectos da evolução do conceito. Ciência & Educação (Bauru). v. 11, n. 1, p.97-117, Abr., 2005, ISSN: 1516-7313. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=251019517009, Acesso em 26 de Setembro de 2020.

GERHALDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos de Pesquisa. Editora, Universidade Federel do Grande Rio Sul, Brasil, 2009.

GRINGS, E. T. O., CABALLERO, C.; MOREIRA, M. A. Avanços e retrocessos dos alunos no campo conceitual da Termodinâmica. Revista Electrónica de Ensenanza de las Ciencias, v. 1, n.7, 2008. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/94785>. Acesso em: 17, Fev. 2020.

HOFFMANN, J. L.; NAHIRNE, A. P. & STRIEDER, D. M. Um Diálogo Sobre as Concepções Presentes no Ensino de Ciências. Arquivos Do Museu Dinâmico Interdisciplinar, Paraná, v. 21 n 3, p. 90–101, dez. 2017. Disponível em <http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/ArqMudi/article/view/40944>. Acesso em: 14 dez, 2018.

HULSENDEGER, M. J. V. C.; COSTA, D. K. & CURY, H. N. Identificação de concepções de alunos de ensino médio sobre calor e temperatura. Actas Cientiae, v.8, n.1, p.35–46, jan/jun, 2006. Disponível em: < http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/viewFile/106/99>. Acesso em: 28 jan. 2020.

KÖHNLEIN, J. F.K.; PEDUZZI, S. S. Um estudo a respeito das concepções alternativas sobre calor e temperatura. Revista Brasileira de Investigação Em Educação Em Ciências, v.3, n.2, p.84–96, 2002. Disponível em: <https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004 >. Acesso em: 13 jun. 2018.

KRAUSE, J. C.; SCHEID, N. M. Concepções alternativas sobre conceitos básicos de física de estudantes ingressantes em curso superior da área tecnológica: um estudo comparativo. Revista Espaço Pedagógico, v.25, n.2, p.227–240, mar, 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.5335/rep.v25i2.8157>. Acesso em: 14 dez, 2018.

LEÃO, N. M. de M.; KALHIL, J. B. Concepções alternativas e os conceitos científicos : uma contribuição para o ensino de ciências. Latin-American Journal of Physics Education, v.9, n.4, p.2–4, dez, 2015. Disponível em: <http://www.lajpe.org/dec15/4601_Nubia.pdf>. Acesso em 20 dez, 2018.

LEÃO, N. M. de M.; KALHIL, J. B. Concepções Alternativas como obstáculos no Ensino- Aprendizagem da disciplina Física. Latin American Journal of Science Education. v. 4, n. 22009, p.1-8, out., 2017. ISSN: 2007-9842. Disponivel em: http://www.lajse.org/nov17/22009_Menezes_2017.pdf, Acesso em: 2 de Novembro de 2019.

LOBO, H. B.; TRINDADE, D. S. A. da.; CORDOVIL, R. V. Ensino de Ciências Em Espaços não Formais à luz da Epistemologia Bachelardiana. REAMEC- Rede Amazónica de Educação em Ciências e Matemática, v. 5, n. 2, p. 235-248, jul/dez, 2017. ISSN: 2318-6674. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec, Acesso em 16 de Setembro de 2020.

LOUZADA, A. N., ELIA, M. da F., & SAMPAIO, F. F. Concepções alternativas dos estudantes sobre conceitos térmicos: Um estudo de avaliação diagnóstica e formativa. Revista Brasileira de Ensino de Fisica, v.37, n.1, 1508, mar, 2015. ISSN: 1806-9126. Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/rbef/v37n1/0102-4744-rbef-37-01-1508.pdf>. Acesso em: 16 fev, 2020.

MARTINS, A. F.P.; RAFAEL, F. J. “Faz calor” em Mossoró?. Mossoró, Brasil, 2002. Disponível em: http://www.fep.if.usp.br/~profis/arquivos/vienpec/CR2/p907.pdf. Acesso em: 30, Jun. 2019.

MAVANGA, Gil. Fundamentos da Didáctica de Física. Universidade Pedagógica, Maputo, 2007. (não publicado).

MOÇO, M. C. C.; SERRRANO, A. S. Análise das Concepções alternbativas de estudadntes universitários de licenciatura em biologia após uso da internet. In: IV Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Bauro, 2002. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3403243/mod_resource/content/1/ORAL031.pdf, Acesso em: 13 de Junho de 2020.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa. Brasília: Editora da UnB, 1999.

MOREIRA, M. A. Física de Partículas: uma abordagem conceitual e epistemológica. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2011.

MOREIRA, M.A.; GRECA, I.M. Concept mapping and mental models. Meaningful Learning Forum, v.1, n.1, 2003.

MUTIMUCUIO, Inocente V. Improving Student’s Understanding of Energy: A Study of the Conceptual Development of Mozambican First-Year University Students. Gaza: Mozambique, 1998.

NEVES, J. A.; CHARRET, I. da C.; CARVALHO, S. A. Estudando a física do efeito estufa no 9º ano: uma abordagem visando a aprendizagem significativa. Experiências em Ensino de Ciências. v. 12, n. 8, p. 66-87, 2017. Disponível em: https://if.ufmt.br/eenci/artigos/Artigo_ID437/v12_n8_a2017.pdf, Acesso em: 14 de Fevereiro de 2020.

OLIVEIRA, S. S. De. Concepções alternativas e ensino de biologia : como utilizar estratégias diferenciadas na formação inicial de licenciados. Educar em Revista, n. 26, p.233–250, 2005. ISSN: 0104-4060. Disponível em:< https://www.scielo.br/pdf/er/n26/n26a16.pdf>. Acesso em: 13 out, 2019.

PEREIRA, M. M. Uma proposta para o ensino de calor e temperatura no ensino médio. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Física, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física, Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: https://www.if.ufrj.br/~pef/producao_academica/dissertacoes/2010_Marta_Maximo_Pereira/

dissertacao_Marta_Maximo.pdf, Acesso em 26 de Setembro de 2020.

RABER, D. A., GRISA, A. M. C.; SCHMITZBOOTH, I. A. Aprendizagem Significativa no Ensino de Ciências: Uma Proposta de Unidade de Ensino Potencialmente Significativa Sobre Energia e Ligações Químicas 1. Aprendizagem Significativa Em Revista/Meaningful Learning Review, v.7, n.2, p.64–85, 2017. Disponível em: < http://www.if.ufrgs.br/asr/artigos/Artigo_ID116/v7_n2_a2017.pdf>. Acesso em 17 fev, 2019.

SACATE, A. R. Uma exploração de algumas estratégias para promover o desenvolvimento conceptual no domínio da electricidade. 2004. 91 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Eduardo Mondlane, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Edução em Ciências Naturais e Matemática, Maputo, 2004.

SILVA da, J. B. A teoria da Aprendizagem Significativa de David Ausubel: uma análise das condições necessárias. Research, Society and Development, v.9, n.4, mar., 2020.

SILVA, D. Estudo das Trajectórias Cognitivas de Alunos: no ensino da diferenciação dos conceitos de calor e temperatura. Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo, Faculdade de Educação, São Paulo, 1995. Disponível em: < https://repositorio.usp.br/single.php?_id=000742317&locale=en_US>. Acesso em: 14 Jun. 2020.

SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 4. ed. Florianópolis, 2005.

SILVA, S. de C. R. da.; SCHIRLO, A. C. Teoria da aprendizagem significativa de Ausebel; reflexões para o ensino de física ante a nova realidade social. Imagens da Educação, v.4, n.1, 36-42, 2014. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ImagensEduc/article/view/22694/pdf. Acesso em: 5 fev, 2019.

VALADARES, J. A. C. S. Concepções Altenativas no Ensino da Fisica à luz da Filosofia da Ciência. Dissertação (Mestrado). Universidade Aberta, Lisboa, Portugal, 1995. Disponível em:< https://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/2520>. Acesso em: 08 jun. 2019.

Downloads

Publicado

2020-10-25

Como Citar

VILANCULO, J. A.; MUTIMUCUIO, I. V. .; SILVA, C. S. . AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DAS CONCEPÇÕES ALTERNATIVAS NO ENSINO E APRENDIZAGEM DA FÍSICA: UM ESTUDO DE CASO EM MOÇAMBIQUE. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 515-532, 2020. DOI: 10.26571/reamec.v8i3.10599. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/10599. Acesso em: 25 nov. 2020.