A COMPREENSÃO DE PROFESSORES E ALUNOS DO ENSINO MÉDIO SOBRE SAÚDE EM AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

Palavras-chave:

Educação em saúde, Educação Física, Escola

Resumo

Objetivo: Verificar a compreensão de professores e alunos do ensino médio de escolas de Maringá (PR) acerca da saúde, a partir das aulas de Educação Física. Métodos: A pesquisa foi descritiva e envolveu seis escolas de Maringá (PR), sendo duas privadas e quatro públicas. Participaram seis professores de Educação Física e 174 alunos do ensino médio. Os professores responderam um questionário com três questões abertas e os alunos responderam outro questionário com duas perguntas abertas. Resultados: O tema saúde é trabalhado nas aulas de Educação Física das escolas pesquisadas. O entendimento de saúde pelos professores e alunos está relacionado principalmente ao bem-estar físico e à prática regular de atividade física. Conclusão: A compreensão dos professores e alunos sobre saúde poderia ser ampliada a partir dos aspectos sociais que envolvem o tema, por meio de discussões nas aulas de Educação Física.

Biografia do Autor

Camila Rinaldi Bisconsini, Universidade Estadual de Maringá

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL, na área de concentração Práticas Sociais em Educação Física e na linha de pesquisa Práticas, políticas e produção de conhecimento em educação física. Possui graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2010). Concluiu mestrado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL, na área de concentração Práticas Sociais em Educação Física e na linha de pesquisa Trabalho e Formação em Educação Física (2013). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Licenciatura em Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física escolar; estágio curricular supervisionado; e formação profissional em educação física.

Wilson Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá

Possui doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (2009), mestrado em Educação Física pela UNICAMP (2000) e graduação em Educação Física pela UEM (1996). Atualmente é professor Adjunto-tide B e chefe do Departamento de Educação Física da UEM, professor e orientador do programa de pós gradução associado UEM/UEL. Coordenador Grupo de Estudo e pesquisas avançadas no Futebol (GEPAFUT)UEM/DEF. Membro do Grupo de Pesquisa Laboratório de Estudos em Exercício Físico e Saúde DEF/UEM/CNPq e membro do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq. Participa do PET SAÚDE da UEM desde de 2009.Tem experiência na área de Educação Física e prescrição de exercícios, atuando principalmente nos seguintes temas: atividade física, saúde pública e promoção da saúde.

Ieda Parra Barbosa-Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá

Possui doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005), mestrado em Educação Física pela UNICAMP (1999), especialização em Educação Física Infantil pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (1990) e graduação em Educação Física pela UEM (1988). Atualmente é professora Associada-tide B do Departamento de Educação Física da UEM, líder do Grupo de Pesquisa Gímnica: formação, intervenção e escola DEF/UEM/CNPq. Suas pesquisas voltam-se para os estudos socioculturais e pedagógicos em Educação Física por meio da investigação de fenômenos da cultura de movimento a partir do viés das ciências humanas e sociais, tendo como enfoques: as manifestações corporais (jogos, brincadeiras, danças e ginásticas) e a educação física (dimensão educacional e formação profissional). É avaliadora do INEP - SESU - MEC para comissões de autorização e reconhecimento de cursos em educação física. É revisora da Revista Movimento, da Revista Brasileira de Ciências do Esporte, da Revista Pro-posições, da Revista Pensar a Prática, da Revista Brasileira de Educação Física e Esporte e da Revista da Educação Física/UEM. 

Downloads

Publicado

2016-08-23