GINÁSTICA NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Autores

  • Giselly Cristiny Moreira
  • Raquel Krapp do Nascimento
  • Allana Alexandre Cardoso
  • Gabriela Breggue da Silva Sampaio
  • Liudmila de Andrade Bezerra
  • Gelcemar Oliveira Farias Universidade do Estado de Santa Catarina

Palavras-chave:

Educação Física, Ginástica, Escola

Resumo

Objetivou-se analisar os artigos originais e de revisões que investigaram a Ginástica na Educação Física escolar no período de 2001 a 2017. Realizou-se uma revisão sistemática, com busca nas bases de dados LILACS, SCIELO e SCOPUS. A coleta de dados ocorreu por meio das equações Educação Física e Ginástica, Escola e Ginástica e Conteúdo e Ginástica, resultando em 14 estudos para a análise final. Os artigos analisados tiveram como foco as ginásticas rítmica e escolar, a ginástica em um contexto mais amplo e as suas expressões rítmicas a partir de diferentes abordagens teóricas e pedagógicas, no qual sobressaíram-se os estudos teóricos e publicados em periódicos avaliados em estratos superiores. Conclui-se que os estudos sobre a Ginástica na Educação Física escolar têm sido evidenciados na comunidade científica, contudo, reforça-se que a legitimação desta temática perpassa pela constituição de um conhecimento científico sólido, suas demandas, especificidades e, sobretudo, suas possibilidades para a escola.

Referências

AYOUB, Eliana. Ginástica geral e educação física escolar. Campinas, SP: Unicamp, 2004.

BARBOSA-RINALDI, Ieda Parra; LARA, Larissa Michelle; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli. Contribuições ao processo de (re) significação da educação física escolar: dimensões das brincadeiras populares, da dança, da expressão corporal e da ginástica. Movimento, v. 15, n. 4, p. 243-256, 2009.

BARBOSA-RINALDI, Ieda Parra; PIZANI, Juliana. Saberes necessários à educação física na escola: a ginástica em foco. In: BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; PAOLIELLO, Elizabeth (Orgs.). Ginástica para todos: um encontro com a coletividade. Campinas, SP: Unicamp, 2017.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa, Portigal: Edições 70, 1977.

BEZERRA, Liudmila de Andrade e colaboradores. Ginástica na formação inicial em educação física: análise das produções científicas. Revista de Educação Física/UEM, v. 25, n. 4, p. 663-673, set./dez., 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2017.

BRASILEIRO, Lívia Tenorio; MARCASSA, Luciana Pedrosa. Linguagens do corpo: dimensões expressivas e possibilidades educativas da ginástica e da dança. Pro-Posições, v. 19, n. 3, p. 195-207, 2008.

BATISTA, Mellina Souza e colaboradores. Ginástica para todos: questões sobre uma experiência de aprendizagem crítica. Corpoconsciência, v. 24, n. 1, p. 194-204, jan./ abr., 2020.

CARBINATTO, Michele Viviene e colaboradores. Produção do conhecimento em ginástica: uma análise a partir dos periódicos brasileiros. Movimento, v. 22, n. 4, p. 1293-1308, out./ dez., 2016.

CARRIDE, Cibelle Amade e colaboradores. O ensino da ginástica de Itatiba/SP: de volta às escolas. Motrivivência, v. 29, n. 51, p. 83-99, 2017.

CARVALHO, Luís Miguel; CORREIA, António Carlos. A recepção da ginástica sueca em Portugal nas primeiras décadas do século XX: conformidades e dissensões culturais e políticas. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 37, n. 2, p. 136-143, 2015.

COSTA, Andrize Ramires; GOMES, Catarina Polino. Ginástica geral na BNCC: Percepção de alunos de licenciatura em educação física. Corpoconsciência, v. 24, n. 1, p. 142-152, jan./ abr., 2020.

DALLO, Alberto R. A ginástica como ferramenta pedagógica: o movimento como agente de formação. São Paulo: Edusp, 2007.

DARIDO, Suraya Cristina (Org.). Educação física escolar: compartilhando experiências. São Paulo: Phorte, 2011.

DE OLIVEIRA, Lucas Machado; BARBOSA-RINALDI, Ieda Parra; PIZANI, Juliana. Produção de conhecimento sobre ginástica na escola: uma análise de artigos, teses e dissertações. Movimento, v. 26, e26017, 2020.

GERLING, Ilona E. Teaching Children’s Gymnastics. 2. ed. Maidenhead, England: Meyer & Meyer Sport, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

GOIS JUNIOR, Edivaldo; BATISTA, José Carlos Freitas. A Introdução da gymnastica na escola normal de São Paulo (1890-1908). Movimento, v. 16, n. 3, p. 69-85, jul./ set., 2010.

LAKATOS, Eva. Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 21. ed. São Paulo: Atlas, 1986.

LISBOA, Nubia dos Santos; TEIXEIRA, David Romão. A atualidade da produção científica sobre a ginástica escolar no Brasil. Conexões, v. 10, n. esp., p. 1-9, dez., 2012.

LOPES, Priscila e colaboradores. Motivação e ginástica artística: a opinião de praticantes e seus professores. Corpoconsciência, v. 22, n. 3, p. 86-10, set./ dez., 2018.

LORENZINI, Ana Rita e colaboradores. As aprendizagens da ginástica no ensino fundamental: a organização dos dados da realidade. Movimento, v. 21, n.4, p. 877-888, out./ dez., 2015.

MALDONADO, Daniel Teixeira; BOCCHINI, Daniel. Ensino da ginástica na escola pública: as três dimensões do conteúdo e o desenvolvimento do pensamento crítico. Motrivivência, v. 27, n. 44, p. 164-176, 2015.

MELO, Victor Andrade de; PERES, Fabio de Faria. Relações entre ginástica e saúde no Rio de Janeiro do século XIX: reflexões a partir do caso do Colégio Abílio, 1872-1888. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 23, n. 4, p. 1133-1151, dez., 2016.

MILANI, Camila Sanchez; SOARES, Daniela Bento; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Ginástica: a produção dos estudantes de graduação e especialização da faculdade de educação física da UNICAMP 1985-2014. Coleção pesquisa em educação física, v. 14, p. 89-98, 2015.

MOURA, Diego Luiz e colaboradores. A ginástica como conteúdo da educação física escolar: análise em periódicos brasileiros. Saluvista, v. 33, n. 2, p. 181-195, 2014.

NUNOMURA, Myrian; NISTA-PICCOLO, Vilma Leni. Compreendendo a ginástica artística. São Paulo: Phorte, 2005.

MALDONADO, Daniel Teixeira, BOCCHIN, Daniel. Ensino da ginástica na escola pública: as três dimensões do conteúdo e o desenvolvimento do pensamento crítico. Motrivivência, v. 27, n. 44, p. 164-176, 2015.

OLIVEIRA, Glycia Melo; PORPINO, Karenine de Oliveira. Ginástica rítmica e educação física escolar: perspectivas críticas em discussão. Pensar a Prática, v. 13, n. 2, p. 1¬18, mai./ ago., 2010.

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de. Ginástica para todos: perspectivas no contexto do lazer. Revista Mackenzie de educação física e esporte, v. 6, n. 1, p. 27-53, 2007.

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de; LOURDES, Luiz Fernando Costa de. Ginástica geral na escola: uma proposta metodológica. Pensar a Prática, v. 7, n. 2, p. 221-230, 2004.

PAOLIELLO, Elizabeth. Ginástica geral: uma área do conhecimento da educação física. 1997. 163f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 1997.

PAOLIELLO, Elizabeth. A ginástica geral e a formação universitária. In: FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 1., 2001, Campinas, SP. Anais...Campinas, SP, 2001.

PAOLIELLO, Elizabeth e colaboradores (Orgs.). Ginástica geral: experiências e reflexões. São Paulo: Phorte, 2008.

PEREIRA, Ana Maria; CESÁRIO, Marilene. A ginástica nas aulas de educação física: o ‘aquecimento corporal’ em questão. Revista da educação física/UEM, v. 22, n. 4, p. 637-649, 2011.

PEREIRA, Ana Maria; ANDRADE, Thais Nogueira; CESÁRIO, Marilene. A produção do conhecimento científico em ginástica. Conexões, v. 10, n. esp., p. 56-79, dez., 2012.

PEREIRA, Flávio Medeiros. A favor da ginastica no cotidiano da educação física no ensino médio. Revista brasileira de atividade física e saúde, v. 22, n. 2, p. 47-58, 2006.

PUCHTA, Diogo Rodrigues; OLIVEIRA, Marcus Aurélio Taborda de. O livro como ferramenta pedagógica para a inserção da educação física e da ginástica no ensino público primário paranaense (fim do século XIX e início do século XX). Revista brasileira de ciências do esporte, v. 37, n. 3, p. 272-279, jul., 2015.

RAZEIRA, Maurício Berndt e colaboradores. A ginástica nos cursos de licenciaturas em educação física nas universidades federais do Rio Grande do Sul. Journal of physical education, v. 27, n. 1, e-2749, 2016.

SAMPAIO, Gabriela; KRAESKI, Ana Claudia; FARIAS, Gelcemar Oliveira. Análise da produção científica relacionada à ginástica rítmica na base de dados Lilacs. Revista brasileira de educação física e esporte, v. 29, n. 8, p. R41, 2015.

SAUR-AMARAL, Irina. Revisão sistemática da literatura com apoio de Endnote X4 e NVIVO 9. Aveiro, Portugal: GOVCOPP, 2011.

SARGI, Andrey Amorim e colaboradores. A ginástica para todos na formação profissional em educação física: contribuições a partir da extensão universitária. Corpoconsciência, v. 19, n. 3, p. 11-21, set./ dez., 2016.

SCHIAVON, Laurita Marconi. O projeto crescendo com a ginástica: uma possibilidade na escola. 2003. 185f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2003.

SCHIAVON, Laurita; NISTA-PICCOLO, Vilma Leni. A ginástica vai à escola. Movimento, v. 13, n. 3, p. 131-150, set./ dez., 2007.

SILVA, Marcelo Moraes e. Escola e educação física: maquinaria disciplinar, biopolítica e generificante. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 34, n. 2, p.343-357, jun., 2012.

SIMÕES, Regina e colaboradores. A produção acadêmica sobre ginástica: o estado da arte dos artigos científicos. Revista brasileira de educação física e esporte, v. 30, n. 1, p. 2016.

TACHIZAWA, Takeshi; MENDES, Gildasio. Como fazer monografia na prática. 12. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

Downloads

Publicado

2020-07-23

Como Citar

Moreira, G. C., Nascimento, R. K. do, Cardoso, A. A., Sampaio, G. B. da S., Bezerra, L. de A., & Farias, G. O. (2020). GINÁSTICA NO CONTEXTO ESCOLAR: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA. Corpoconsciência, 24(2), 29-41. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/10298