DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA PARA CRIANÇAS: UMA ANÁLISE DAS PROPOSTAS DE ATUAÇÃO AMBIENTAL APRESENTADAS NA REVISTA CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS

Autores

DOI:

10.26571/reamec.v11i1.16496

Palavras-chave:

Divulgação científica, Educação Ambiental, Público infantil, Propostas de atuação ambiental

Resumo

Ao longo dos anos, a divulgação científica e a educação ambiental vêm sendo alvo de muitas discussões e pesquisas no mundo todo, evidenciando a preocupação com a forma como as informações científicas e ambientais estão sendo divulgadas ao público geral, bem como sobre os materiais utilizados para essa divulgação. Nesse sentido, esses estudos apontam o texto de divulgação científica como potencial recurso didático para auxiliar no processo de difusão desses conhecimentos por tratar de temáticas atuais de forma clara e objetiva. Nesse sentido, o presente estudo analisa as propostas de atuação ambiental apresentadas nos textos da Revista Ciência Hoje das Crianças. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa e de tipologia documental, na qual realizamos um estudo a partir do referencial da análise de conteúdo. A análise foi realizada em 34 revistas que correspondem às edições de junho de 2018 a junho de 2021, totalizando 81 textos que compõem o nosso corpus de análise. Em nossas análises, constatamos que a divulgação científica das questões ambientais na revista partem de uma concepção conservacionista do meio ambiente, priorizando os aspectos físicos e biológicos da crise ambiental, preocupando-se demasiadamente com a resolução de problemas ambientais, deixando de apresentar reflexões significativas sobre as relações sociais e políticas que são intrínsecas à questão ambiental, resultando numa leitura considerada simples, superficial e despolitizada do meio ambiente aos seus leitores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Laiane Morais de Almeida, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luis, Maranhão, Brasil

Mestra em Ensino de Ciências e Matemática no Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na linha de pesquisa: Ensino, Aprendizagem e Formação de professores em Ciências e Matemática, com vigência 2020-2022. Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão - FAPEMA. É membro do grupo de Pesquisa em Educação, Divulgação Científica e Ambiente (DiCEA). É Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA Campus VII, Codó (2019). Participou do Projeto Residência Pedagógica em 2018-2019. É Técnica em Meio Ambiente pelo Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Maranhão - IFMA. Realiza pesquisas na área de Ensino de Ciência, contemplando as seguintes temáticas: Ensino de Ciências, Divulgação Científica, Alfabetização Científica e Educação Ambiental.

Carlos Erick Brito de Sousa, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), São Luís, Maranhão, Brasil.

Doutor em Educação em Ciências e Matemática pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Mestre em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Licenciado em Ciências Biológicas, Licenciado em Geografia e Bacharel em Comunicação Social. Professor Adjunto do Departamento de Biologia e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPECEM) da UFMA. Líder do Grupo de Pesquisa em Educação, Divulgação Científica e Ambiente (DiCEA). Coordenador do Subprojeto de Biologia - São Luís do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID/UFMA/CAPES). Realiza pesquisas na área de Educação, contemplando principalmente as interfaces entre Educação em Ciências, Divulgação Científica e Educação Ambiental.

Referências

ALMEIDA, L. M. Ciências no ensino fundamental: perspectivas na rede pública de ensino

de Codó-Ma. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em Pedagogia) –

Universidade Federal do Maranhão, Codó, 2019.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto. Lisboa: Edição 70, 2016.

BENASSI, C. B. P.; UBINSKI, J. A. S.; ENISWELER, K. C.; PIRES, A. C.; MALACARNE, V. Divulgação Científica em Educação Ambiental: Possibilidades e Dificuldades. Revista

Pleiade, v. 9, n. 18, p. 5-16, 2015. Disponível em: https://pleiade.uniamerica.br/index.php/pleiade/article/view/286. Acesso em: 20 out. 2023.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Qualitative research for education. Boston: Allinand

Bacon, 2007.

BRANCO, E. P.; ROYER, M. R.; BRANCO, A. B. G. A abordagem da Educação Ambiental

nos PCNs, nas DCNs e na BNCC. Nuances: Estudos sobre Educação, v. 29, n. 1, p. 185-

, 2018. https://doi.org/10.32930/nuances.v29i1.5526

BRASIL. Programa Nacional de Educação Ambiental. Brasília: Ministério do Meio

Ambiente, 2005.

CARETTI, L. S.; ZUIN, V. G. Análise das concepções de educação ambiental de livros

paradidáticos pertencentes ao acervo do Programa Nacional Biblioteca da Escola 2008. Revista Pesquisa em Educação Ambiental, v. 5, n. 1, p. 141-169, 2010. https://doi.org/10.18675/2177-580X.vol5.n1.p141-169

CARVALHO, F. B.; BELTRÃO, G. G. B.; FEIO, J. da S.; TERÁN, A. F. Possibilidades de alfabetização científica no bosque da ciência, Manaus, Am, Brasil. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 6, n. 2, p. 342–356, 2018. https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n2.p342-356.i7042

CARVALHO, I. C. M. Educação ambiental crítica: nomes e endereçamentos da educação. In: BRASIL. Identidades da educação ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 13-24.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa:

enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2008.

DELIZOICOV, D.; DELIZOICOV, N. C. Educação Ambiental na Escola. In: LOUREIRO,

C. F. B.; TORRES, J. R. (orgs.). Educação ambiental: dialogando com Paulo Freire.

São Paulo: Editora Cortez, 2014. p. 81- 115.

EFFTING, T. R. Educação Ambiental nas escolas públicas: realidade e desafios. 2007. 78f.

Trabalho de conclusão de curso (Especialização Planejamento para o Desenvolvimento

Sustentável) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual do Oeste do Paraná,

Marechal Cândido Rondon, 2007.

ESTEBAN, M. P. S. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições. Porto

Alegre: AMGH, 2010.

FERREIRA, L. N. A.; QUEIROZ, S. L. Textos de Divulgação Científica no Ensino de

Ciências: uma revisão. Revista de Educação em Ciência e Tecnologia – Alexandria, v.5,

n.1, p. 3-31, 2012.

FERREIRA, M. G.; BESEN, B. L.; UBINSKI, J. A. S.; STRIEDER, D. M. Análise sobre

educação ambiental abordada em artigos de divulgação científica. Revista Brasileira de

Iniciação Científica, v. 5, n. 4, p. 3-17, 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.itp.ifsp.edu.br/index.php/rbic/article/view/1260. Acesso em: 20 Out. 2023.

FLORES, J. F.; ROCHA FILHO, B.; FERRARO, J. L. S.; Investigação como princípio na formação de professores de ciências dos anos iniciais. Experiência em Ensino de Ciências, v.12, n. 3, p. 80-92, 2017.

FRANCO, M. L. P. B. Análise de conteúdo. 6. ed. Brasília: Líber Livro, 2012.

FREIRE, P. Pedagogia da Esperança: um reencontro com a Pedagogia do Oprimido.

Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2020.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2021.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2019.

GÓES, A. C. S.; OLIVEIRA, B. V. X. Projeto Genoma Humano: um retrato da construção do

conhecimento científico sob a ótica da revista Ciência Hoje. Ciência & Educação, Bauru,

v. 20, p. 561-577, 2014. https://doi.org/10.1590/1516-73132014000300004

GUIMARÃES, M. Educação Ambiental Crítica. In: BRASIL. Identidades da Educação Ambiental brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. p. 25-34.

GUIMARÃES, M. Por uma Educação Ambiental crítica na sociedade atual. Revista Margens Interdisciplinar, v. 7, n. 9, p. 11-22, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistamargens/article/view/2767. Acesso em: 20 Out. 2023.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. C. Mapeando as macro-tendências político-pedagógicas

da educação ambiental contemporânea no Brasil. Encontro Pesquisa em Educação Ambiental, v. 6, p. 1-15, 2011. Disponível em: https://www.icmbio.gov.br/educacaoambiental/images/stories/biblioteca/educacao_ambiental/Layrargues_e_Lima_-_Mapeando_as_macro-tend%C3%AAncias_da_EA.pdf. Acesso em: 20 Out. 2023.

LORENZETTI, L. Estilos de pensamento em Educação Ambiental: uma análise a partir das dissertações e teses. 2008. 407 f. Tese (Doutorado Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2008.

LOUREIRO, C. F, B. Premissas teóricas para uma educação ambiental transformadora. Ambiente & Educação, v. 8, n. 1, p. 37-54, 2003. Disponível em: https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/897. Acesso em: 20 Out. 2023.

LOUREIRO, C. F. B. Crítica ao teoricismo e ao praticismo na Educação Ambiental. In: NETO, A. C.; MACEDO FILHO, F. D.; BATISTA, M. S. S. (Orgs.). Educação Ambiental: caminhos traçados, debates políticos e práticas escolares. Brasília: Liber Livro Editora, 2010.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: Abordagens Qualitativas. São

Paulo: EPU, 2022.

LUZ, P. C. S. da; SILVA, M. de F. V. da. Fundamentos epistemológicos da educação socioambiental. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 10, n. 1, p. e22008, 2022. https://doi.org/10.26571/reamec.v10i1.12178

MARQUES, R.V.; ROCHA, M. B. O uso da divulgação científica como forma de socializar

conhecimentos ambientais. Anais dos Encontros Nacionais de Engenharia e

Desenvolvimento Social, v. 10, n. 1, p. 11-11, 2013.

MASSARANI, L. Reflexões sobre a divulgação científica para crianças. Anais do XXII

Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 1999, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro, 1999.

MASSARANI, L. (org.) O pequeno cientista amador: a divulgação científica e o público

infantil. Rio de Janeiro: Vieira & Lent, 2005.

MOREIRA, I. C.; MASSARANI, L. Aspectos históricos da Divulgação Científica no

Brasil. In: MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C.; BRITO, F. (Org.). Ciência e público:

caminhos da divulgação científica no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Ciência, 2002. p. 43-64.

MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C. Divulgação científica no Brasil: algumas reflexões sobre

a história e desafios atuais. In: MASSARANI, L.; MOREIRA, I. C. Pesquisa em divulgação científica: textos escolhidos. Rio de Janeiro: Casa de Oswaldo Cruz, 2021. p. 107-132.

PIMENTEL, A. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa histórica. Cadernos

de Pesquisa, n.114, p.179-195, nov. 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/FGx3yzvz7XrHRvqQBWLzDNv/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 20 Out. 2023.

REIGOTA, M. Educação Ambiental: a emergência de um campo científico. Perspectiva, v. 30, n. 2, p. 499-520, 2012. https://doi.org/10.5007/2175-795X.2012v30n2p499

ROCHA, M.B.; MARQUES, R.V.; LEAL, M. A. Divulgação científica e meio ambiente:

mapeamento da temática ambiental em jornais e revistas de grande circulação. Ensino, Saúde

e Ambiente, v. 5, p. 72-81, 2012. https://doi.org/10.22409/resa2012.v5i2.a21056

SAHEB, D.; RODRIGUES, D. G. A Educação Ambiental nos anos iniciais do Ensino

Fundamental na voz de seus professores. ANAIS DA 38ª REUNIÃO NACIONAL – ANPED, 2017, São Luís. Anais [...]. São Luís, 2017.

SAMPAIO, R.C.; LYCARIÃO, D. Análise de conteúdo categorial: manual de aplicação.

Brasília: ENAP, 2021.

SANTOS, W. L. P.; CARVALHO, L. M.; LEVINSON, R. A Dimensão Política da Educação

Ambiental em Investigações de Revistas Brasileiras de Ensino de Ciências. Revista

Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n. 2, p. 199-213, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/rbpec/article/view/4361. Acesso em: 20 Out. 2023.

SANTOS FILHO, C. A. S. dos; WENZEL, J. S. Textos de divulgação científica na formação de professores de ciências: uma revisão. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 10, n. 2, p. e22042, 2022. https://doi.org/10.26571/reamec.v10i2.13453

SATO, M. “Réseaudu dialogues pouréducationrelative àl´environnement”. Éducation Relative à L´Environnement, v. 3, 2001.

SILVA, A. F. G.; PERNANBUCO, M. M. C. A. Paulo Freire: uma proposta ético-crítica para a Educação Ambiental. In.: LOUREIRO, C. F. B.; TORRES, J. R. (Org.). Educação Ambiental: dialogando com Paulo Freire. São Paulo: Editora Cortez, 2014. p.116- 154.

SILVA, L. L.; PIMENTEL, N, L.; TERRAZZAN, E. As analogias na revista de divulgação

científica Ciência Hoje das Crianças. Ciência & Educação, Bauru, v. 17, p. 163-181, 2011. https://doi.org/10.1590/S1516-73132011000100011

SILVA, F. S. D.; OLIVEIRA, L. S. J. D.; TERÁN, A. F.; MACHADO, A. C. Práticas de sensibilização ambiental na formação do pedagogo: um relato de experiência. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 8, n. 2, p. 438–454, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i2.10006

STRAUSS, A.; CORBIN J. Basics of qualitative research: grounded theory procedures and

techniques. Califórnia: Sage; 1990.

SOUZA, R. B. A. de .; COSTA, M. de O. Referencial curricular amazonense: apontamentos sobre educação ambiental e possíveis transgressões. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 9, n. 1, p. e21017, 2021. https://doi.org/10.26571/reamec.v9i1.11475

SOUZA, D. C. de. O positivismo de Auguste Comte e a educação científica no cenário brasileiro. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 8, n. 1, p. 29–42, 2020. https://doi.org/10.26571/reamec.v8i1.9493

TREIN, E. S. A Educação Ambiental crítica: crítica de quê? Revista Contemporânea de Educação, v. 7, n. 14, 2012. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1673. Acesso em: 20 Out. 2023.

UBINSKI, J. A. S. Análise de atividades de complementação curricular na área de educação ambiental e suas contribuições à alfabetização científica. 2016. 206 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2016.

VILAS BOAS, T. de J. R.; KALHIL, J. B.; COELHO FILHO, M. de S.; COSTA, R. D. da S. O estado da arte de metodologias da produção científica sobre a formação do professor do ensino de ciências com enfoque CTS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, v. 6, n. 1, p. 65–86, 2018. https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2018.v6.n1.p65-86.i5958

Downloads

Publicado

2023-10-30

Como Citar

ALMEIDA, L. M. de .; SOUSA, C. E. B. de . DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA PARA CRIANÇAS: UMA ANÁLISE DAS PROPOSTAS DE ATUAÇÃO AMBIENTAL APRESENTADAS NA REVISTA CIÊNCIA HOJE DAS CRIANÇAS. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, Cuiabá, Brasil, v. 11, n. 1, p. e23073, 2023. DOI: 10.26571/reamec.v11i1.16496. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/reamec/article/view/16496. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Rede de Formação e Pesquisa em Ensino de Ciências e Matemática