GINÁSTICA GERAL NA BNCC: PERCEPÇÃO DE ALUNOS DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Andrize Ramires Costa UFPel
  • Catarina Polino Gomes Ufpel

Palavras-chave:

Ginástica Geral, Estágio Curricular Supervisionado, Base NacionalComum Curricular

Resumo

Neste artigo temos como objetivo investigar a percepção sobre o ensino da Ginástica Geral na escola a partir da visão dos estagiários (as) do curso de Licenciatura em Educação Física da ESEF/UFPel. O estudo de abordagem qualitativa, se utilizou de entrevista semiestruturada, a amostra foi composta por alunos (as) das disciplinas de estágio II, IV e VI. Através do presente estudo foi possível constatar que a Ginástica Geral ainda é um assunto pouco conhecido pelos discentes e por isso pouco encontrada nas aulas ministradas pelos estagiários. Além disso, percebeu-se que provavelmente alguns cursos de licenciatura em Educação Física não estejam dando devida atenção as modalidades gímnicas, fazendo com que os alunos tenham uma visão da Ginástica Geral que não se aproxima do conceito expresso na BNCC, e de algum modo não se sintam preparados ou motivados para desenvolver esse conteúdo nas suas aulas.

Biografia do Autor

Andrize Ramires Costa, UFPel

Programa de Pós Graduação em Educação Física da Ufpel

Professora da ESEF/UFPEL

Referências

ALMEIDA, Roseane Soares. A ginástica na escola e na formação de professores. 2005. 213f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, 2005.

AYOUB, Eliana. Ginástica geral e educação física escolar. Campinas, SP: Unicamp, 2003.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2011.

CARDOZO, David Breno Barros; SILVA, Erika Cristina de Carvalho. Ginástica Geral na educação física escolar. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO ESPORTE, 16. CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIENCIAS DO ESPORTE, 3. Anais..., Salvador, BA, 2009.

COSTA, Andrize Ramires e colaboradores. Ginástica na escola: por onde ela anda professor? Conexões, v. 14, n. 4, p. 76-96, dez. 2016.

FARIA JÚNIOR, Alfredo Gomes. FARINATTI, Paulo de Tarso Veras. (Orgs.). Pesquisa e produção do conhecimento em educação: livro do ano 1991. Rio de Janeiro: Ao livro técnico, 1992.

FORTES, Milena de Oliveira e colaboradores. A educação física escolar na cidade de Pelotas-RS: contexto das aulas e conteúdos. Revista da Educação Física, v. 23, n. 1, p. 69-78, 2012.

FRANTZ, Lori Mari. MALDANER, Maridalva Bonfanti. Estágio curricular supervisionado. Unijuí, RS: Unijuí, 2010.

GAIO, Roberta; GÓIS, Ana Angélica Freitas; BATISTA, José Carlos de Freitas (Orgs.). A ginástica em questão: corpo e movimento. 2. ed. São Paulo, SP: Phorte, 2010.

LELES, Marilia Teodoro e colaboradores. Ginástica para todos na extensão universitária: o exercício da prática docente. Conexões, v. 14, n. 3 p. 23-45, jul./ set., 2016.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Comum Curricular. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/a-base>. Acesso em 16 de abril 2019.

MOURA, Diego Luiz e colaboradores. A ginástica como conteúdo da educação física escolar: análise em periódicos brasileiros. Salusvita, v. 33, n. 2, p. 181-195, 2014.

PAOLIELLO, Elizabeth. Ginástica geral: uma área do conhecimento da Educação Física. 1997. 163f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 1997.

PAOLIELLO, Elizabeth. Ginástica geral: experiências e reflexões. São Paulo: Phorte,2008.

______. A ginástica geral e a formação univeristária. In: FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 1., 2001. Anais... Campinas, SP, 2001.

PAOLIELLO, Elizabeth e colaboradores. Grupo Ginástico Unicamp 25 anos. Campinas, SP: Unicamp, 2014.

PIMENTA, Selma Garrido. LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo, Cortez, 2017.

PIZANI, Juliana e colaboradores. As disciplinas gímnicas nos cursos de licenciatura em educação física do estado do Paraná. Conexões, v. 13, n. especial, p. 58-76, mai., 2015.

RAMOS, Eloiza da Silva Honório; VIANA, Helena Brandão. A importância da ginástica geral na escola e seus benefícios para crianças e adolescentes. Movimento & Percepção, v. 3, n. 13, p. 190-199, jul./ dez., 2008.

RAZEIRA, Mauricio Berndt. A ginástica nos cursos de licenciaturas em educação física das universidades federais do Rio Grande do Sul. 2014. 115 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, 2014.

RINALDI, Ieda Parra Barbosa; SOUZA, Elizabeth Paoliello Machado. A ginástica no percurso escolar dos ingressantes dos cursos de licenciatura em educação física da Universidade Estadual de Maringá e da Universidade Estadual de Campinas. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 24, n. 3, p. 159-173, mai., 2003.

SILVEIRA, Denise Tolfo. CÓRDOVA, Fernanda Peixoto. Pesquisa cientifica. In.: GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de pesquisa. Porto Alegre, RS: UFRGS, 2009.

SCHIAVON, Laurita; NISTA-PICCOLO, Vilma Lení. A ginástica vai à escola. Movimento, v. 12, n. 3, p. 131-150, set./ out., 2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS. Escola Superior de Educação Física. Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação Física. Pelotas, 2015.

VERLI, Marceline de Siqueira. Os conteúdos da educação física na escola: da seleção à aplicação. Revista da graduação, v. 4, n. 1, 2011.

VIEIRA, Rosana Mancini; ALMEIDA, Tabata Larissa; ALMADA, Romana Rosas. Ginástica para todos e exploração de materiais alternativos nas aulas de educação física escolar. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE,19, CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 6. Anais... Vitória, ES, 2015.

Downloads

Publicado

2020-04-03

Como Citar

Costa, A. R., & Gomes, C. P. (2020). GINÁSTICA GERAL NA BNCC: PERCEPÇÃO DE ALUNOS DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA. Corpoconsciência, 24(1), 142-152. Recuperado de https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/9903

Edição

Seção

Seção Temática - A GINÁSTICA PARA TODOS E SUAS TERRITORIALIDADES

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)