A prática do tecido circense nas academias de ginástica da cidade de Campinas-SP: o aluno, o professor e o proprietário

Autores

  • Daniela Bento Soares Universidade Estadual de Campinas
  • Marco Antonio Coelho Bortoleto Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Tecido circense, Academias de Ginástica, Educação Física, Circo

Resumo

Esta pesquisa objetivou descrever o perfil dos envolvidos com o ensino-aprendizagem do tecido circense (ou acrobático) nas acadêmicas de ginástica na cidade de Campinas-SP entre os anos de 2009 e 2010. Para isso, analisamos, entre outros aspectos, as características dos praticantes (alunos), a formação e o conhecimento desta modalidade circense por parte dos professores e os motivos que levaram os proprietários dos estabelecimentos a oferecerem esta prática. A necessidade de conhecer os sujeitos envolvidos se deu principalmente devido à incipiência desta atividade, bem como pela escassa abordagem deste assunto na formação inicial dos profissionais envolvidos e o crescente oferecimento da modalidade nas academias da referida cidade nos últimos anos. A metodologia de coleta de dados baseou-se na aplicação de questionários a 8 alunos, 11 professores e 9 proprietários ou coordenadores de academias, com posterior análise estatística descritiva. Os resultados do estudo indicam que há um aumento no número de interessados pela prática, que por sua vez está motivando outros estabelecimentos a implantarem esta modalidade e, consequentemente, incrementando a oferta de trabalho para profissionais especializados. Apesar de ser uma prática recente nas academias, mostra-se como alternativa positiva na diversificação das atividades oferecidas pelo setor. E, finalmente, aponta-se a urgente necessidade de formação (inicial e continuada) por parte das Instituições de Ensino Superior (IES), seja com o oferecimento de componentes curriculares específicos, seja por meio da possibilidade de estágio supervisionado na área.

Downloads

Publicado

2012-09-26