O conceito de gênero no dia a dia da sala de aula. Gender concept in the school day to day life

Autores

DOI:

10.29286/rep.v21i46.416

Palavras-chave:

Gênero. Escolas. Caderno escolar. Ensino fundamental.

Resumo

Este artigo pretende, a partir de breve discussão sobre o conceito de gênero, mostrar como ele pode ser útil para entender as questões centrais na agenda educacional brasileira e no cotidiano da prática pedagógica, utilizando como um exemplo os cadernos escolares. Muitos outros aspectos poderiam ser abordados e não é intenção esgotá-los, apenas sugerir uma maneira de pensar a prática docente, incorporando um conceito de gênero. Argumenta-se pela necessidade de investigar as relações de gênero nas escolas, para além da sexualidade e da educação sexual, a fim de iluminar nossas práticas e a formação de professores/as com um novo olhar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marília Pinto de CARVALHO, Universidade de São Paulo.

Professora Livre Docente Associada da Faculdade de Educação da USP, onde leciona desde 1989. Estuda as relações de gênero na escola de ensino fundamental e publicou, entre outros: Avaliação escolar, gênero e raça (São Paulo, Papirus, 2009). End. Av. da Universidade, 308. São Paulo- SP – 05508-040.

Referências

CARVALHO, Marilia Pinto de. No coração da sala de aula: gênero e trabalho docente nas séries iniciais. São Paulo: Xamã, 1999.

______. Avaliação escolar, gênero e raça. Campinas: Papirus, 2009.

MONEY, J. Sex errors of the body. Baltimore: The Jonhs Hopkins University Press, 1968.

NICHOLSON, Linda. Interpreting gender. Sings: journal of women in culture and society, Chicago, v . 20, n. 1, 1994.

SCOTT, Joan W. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade, Porto Alegre, n. 16, v. 2, jul./dez., 1990.

______. Igualdad versus diferencia: los usos de la teoría postestructuralista. Debate Feminista, Mexico D.F., v. 5, mar. 1992.

______. Prefácio a Gender and the politics of History. Cadernos Pagu, Campinas, n. 3, 1994.

STOLLER, R. J. Presentations of gender, New Haven, CT: Yale University, 1985.

VARIKAS, Eleni. Gênero, experiência e subjetividade: a propósito do desacordo Tilly-Scott. Cadernos Pagu, Campinas, v. 3, p. 63-84, 1994.

VIANNA, Cláudia; UNBEHAUM, Sandra. Gênero na educação básica: quem se importa? Uma análise de documentos de políticas públicas no Brasil. Educação

& Sociedade, v. 28, p. 231-258, 2006.

Recebimento em: 10/03/2012.

Aceite em: 14/03/2012.

Downloads

Publicado

2012-09-10

Como Citar

CARVALHO, M. P. de. O conceito de gênero no dia a dia da sala de aula. Gender concept in the school day to day life. Revista de Educação Pública, [S. l.], v. 21, n. 46, p. 401–412, 2012. DOI: 10.29286/rep.v21i46.416. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/416. Acesso em: 19 maio. 2024.