O FEEDBACK COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM NO CONTEXTO ESCOLAR: CONSIDERAÇÕES A PARTIR DA ATUAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Dreice Élen Bocca de Oliveira, Fabiane Castilho Teixeira, Leonardo Pestillo de Oliveira, Caroline Broch, Juliana Pizani, Nayara Malheiros Caruzzo, Ieda Parra Barbosa-Rinaldi

Resumo


El estudio verificó la percepción de profesores de Educación Física sobre el empleo del feedback extrínseco en el contexto de las clases de la red municipal de enseñanza de Maringá-PR. Se formaron parte de la investigación 20 profesores de Educación Física de las series iniciales de la enseñanza fundamental. Como fuente de datos, se empleó un cuestionario, elaborado por los propios investigadores, compuesto por cuestiones abiertas y cerradas. Para el análisis de datos se recurrió a la estadística descriptiva y análisis de contenido del tipo categorial. Los resultados apuntan que la totalidad de profesores investigados proporcionan feedback extrínseco a los alumnos en las clases de Educación Física escolar y consideran la validez de ofrecer una información después de la realización de una actividad. Se identificó la importancia de motivar a los alumnos ante desempeños satisfactorios y de no castigar ante desempeños insatisfactorios. A modo de conclusión, se indica a partir de la percepción de los profesores que feedback extrínseco es una herramienta que potencia el proceso de enseñanza-aprendizaje.


Palavras-chave


Feedback; Educação Física; Professores

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Celso. Professor bonzinho = aluno difícil: a questão da indisciplina em sala de aula. Petrópolis: Vozes, 2017.

ARCHER, Aline Battisti; CRISPIM, Ana Carla; CRUZ, Roberto Moraes. Avaliação e feedback de desempenho de estudantes na educação a distância. Avances en psicología latinoamericana, v. 34, n. 3, p. 473-485, 2016.

AVILA, Luciana Toaldo Gentilini. Efeitos do feedback normativo na aprendizagem de uma habilidade motora em crianças. 2012. 106f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, 2012.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BORGES, Marcos de Carvalho; MIRANDA, Carlos Henrique; SANTANA, Rodrigo Carvalho; BOLLELA, Valdes Roberto. Avaliação formativa e feedback como ferramenta de aprendizado na formação de profissionais da saúde. Revista de medicina de Ribeirão Preto, v. 47, n. 3, p. 324-331, 2014.

CARPENTIER, Joelle; MAGEAU, Geneviève. Predicting Sport Experience during Training: The Role of Change-Oriented Feedback in Athletes’ Motivation, Self-Confidence and Needs Satisfaction Fluctuations. Journal of sport and exercise psychology, v. 38, n.1, p. 45-58, 2016.

CHIVIACOWSKY, Suzete; ÁVILA, Luciana Toaldo Gentilini; KAEFER, Angélica. Efeitos do feedback após boas tentativas de prática na aprendizagem de uma habilidade motora complexa em crianças. Journal of physical education, v. 21, n. 2, p. 183-190, 2010.

KATZER, Juliana I. e colaboradores. Conhecimento de performance com base no teste do desempenho motor do nado crawl, na aprendizagem do nado crawl. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 37, n. 3, p. 245-250, 2015.

MAGILL, Richard A. Aprendizagem motora: conceitos e aplicações. São Paulo: Edgard Blücher, 2011.

MENDES, Rui e colaboradores. Observação como instrumento no processo de avaliação em Educação Física. Exedra, v. 1, n. 6, p. 57-70, 2012.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; DESLANDES, Suely Ferreira; GOMES, Romeu. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

MOURATIDIS, Athanasios; LENS, Willy, VANSTEENKISTE, Maarten. How you provide corrective feedback makes a difference: the motivating role of communicating in an autonomy-supporting way. Journal of sport and exercise psychology, v. 32, n. 5, p. 619-637, 2010.

NICAISE, Virginie e colaboradores. Girls’ and boys’ perceptions of physical education teachers’ feedback: effectis on performance and psychological responses. Journal of sports sciences, v. 25, n. 8, p. 915-926, 2007.

PARRAT-DAYAN, Silvia. Como enfrentar a indisciplina na escola. São Paulo: Contexto, 2012.

PATCHAN, Melissa; PURANIK, Cynthia. Using tablet computers to teach preschool children to write letters: Exploring the impact of extrinsic and intrinsic feedback. Computers & education, v. 102, n. 3, p. 128-137, 2016.

PEREIRA, Raquel Stoilov; NISTA-PICOLLO, Vilma Leni; SANTOS, Sheila Aparecida Pereira. A educação física nas séries da fase inicial do ensino fundamental: olhar do professor polivalente. Revista da educação física, v. 20, n. 3, p. 343-352, 2009.

QUINA, João do Nascimento; COSTA, Francisco; DINIZ, Juliano Alves. Análise da informação evocada pelos alunos em aulas de Educação Física: um estudo sobre o feedback pedagógico. Boletim da Sociedade portuguesa de Educação Física (SPEF), v.1, n. 12, p. 9-29, 1995.

RODRIGUES, José; SEQUEIRA, Pedro (editores). Contributos para a formação de treinadores de sucesso. Lisboa, Portugal: Visão e Contextos, 2017.

SCHIMIDT, Richard; WRISBERG, Craig. Aprendizagem e performance motora: uma abordagem da aprendizagem baseada no problema. Porto Alegre, RS: Artmed, 2010.

STEIN, Jonathan; BLOOM, Gordon; SABISTON, Catherine. Influence of perceived and preferred coach feedback on youth athletes' perceptions of team motivational climate. Psychology of sport and exercise, v. 13, n. 4, p. 484-490, 2012.

TERTULIANO, Ivan Wallan; SOUZA JÚNIOR, Orlando Pereira. Estrutura de prática e frequência de feedback extrínseco na aprendizagem de habilidades motoras. Revista brasileira de educação física e esporte, v. 22, n. 2, p. 103-118, 2008.

UGRINOWITSCH, Herbert e colaboradores. Frequência de feedback como um fator de incerteza no processo adaptativo em aprendizagem motora. Ciência e movimento, v. 11, n. 2, p. 41-47, 2003.

WEINBERG, Robert; GOULD, Daniel. Fundamentos da psicologia do esporte e do exercício. Porto Alegre, RS: Artmed, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Corpoconsciência

Revista Corpoconsciência

Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso - FEF/UFMT

Avenida Fernando Correa da Costa, 2367, Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil, CEP 78060-900

E-mail: ecmmoreira@uol.com.br