POLÍTICAS PÚBLICAS

OS PARQUES DA CIDADE DE SALTO – SP E O LAZER

Autores

  • Stefane Ferreira dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Salto, São Paulo, Brasil
  • Cathia Alves Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Salto, São Paulo, Brasil

DOI:

10.51283/rc.v25i1.11808

Palavras-chave:

Lazer, Espaços e Equipamentos, Parques

Resumo

Resultado de uma pesquisa de iniciação científica, esse estudo apresenta a caracterização de cinco parques de lazer na cidade de Salto – SP e analisa os seus usos a partir de uma revisão bibliográfica e documental. Sabemos que é na cidade que grande parte das pessoas podem ter acesso ao lazer e o quanto é necessário promover políticas públicas que democratizem o uso dos locais colaborando para processos educativos e apropriação dos direitos em torno da cidade e das experiências de lazer. Assim, nesta investigação, pesquisamos os parques da Lavras, o Rocha Montonneé, o Parque do Lago, Ilha da Usina e o parque Memorial do rio Tietê. Identificamos que a cidade de Salto é uma estância turística, seus parques estão distribuídos com base na região geográfica da cidade que tem o rio Tietê como vetor principal e atração essencial; notamos que os documentos analisados (plano diretor e site da prefeitura) não expressam uma política em torno dos usos dos parques e de suas características específicas para a comunidade local, focando o turismo como regulador e dispositivo central da cidade.

Referências

ALVES, Cathia. O lazer no programa escola da família: análise do currículo e da ação dos educadores universitários. 2017. 227f. Tese (Doutorado em Estudos do Lazer). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2017.

ALVES, Cathia; BAPTISTA, Maria M; ISAYAMA, Helder Ferreira. Formulação e implementação do Programa Escola da Família: onde está o lazer? Arquivos em movimento, v. 14, n. 1, p. 97-114, jan./ jun., 2018.

ALVES, Cathia; AVILA, Aldrey I. O lazer e a cidade de Salto: espaços e equipamentos. Feira de Ciências das Escolas Estaduais, Itu, SP, 2019.

AVILA, Aldrey I. ALVES, Cathia. Estudo de caso: os servidores do IFSP e o lazer na cidade de Salto, SP. Revista brasileira de estudos do lazer, v. 7, n. 3, p. 63-85, set./ dez., 2020.

BAHIA, Mirleide C.; BRITO, Ronivaldo S. O lazer do brasileiro: como é vivenciado o tempo. In: STOPPA, Edmur A.; ISAYAMA, Helder Ferreira (Orgs.). Lazer no Brasil: representações e concretizações das vivências cotidianas. Campinas, SP: Autores Associados, 2017.

CAMARGO, Luiz Octávio de Lima. Recreação pública. Cadernos de lazer, n. 4, p. 29-36, 1997.

CAMARGO, Luís Octávio de Lima. O lazer e a ludicidade do brasileiro. Revista do centro de pesquisa e formação, v. 1, p. 76-91, 2016.

DAMICO, José; KLEIN, Carin. O uso da etnografia pós-moderna para a investigação de políticas públicas de inclusão social. In: MEYER, Dagmar E.; PARAISO, Marlucy A. (Orgs.). Metodologias de pesquisas pós-crítica em educação. Belo Horizonte, MG: Mazza Edições, 2014.

DUMAZEDIER, Joffre. Sociologia empírica do lazer. São Paulo: Perspectiva, 1976.

______. Valores e conteúdos culturais do lazer. São Paulo: SESC, 1980.

GOMES, Christianne Luce. Lazer: necessidade humana e dimensão da cultura. Revista brasileira de estudos do lazer, v. 1, n. 1, p. 3-20, jan./ abr., 2014.

HALL, Stuart. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. In: THOMPSON, Kenneth. Media and cultural regulation. London, Thousand Oaks, New Dellhi: The Open University: Sage Publications, 1997.

IBGE, INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Panorama Salto. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/salto/panorama>. Acesso em 09 de fev. 2021.

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Estudos do lazer: uma introdução. 3. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2002.

______. Lazer e sociedade: algumas aproximações. In: MARCELLINO, Nelson Carvalho (Org.). Lazer e sociedade: múltiplas relações. Campinas, SP: Alínea, 2008a.

MARCELLINO, Nelson Carvalho (Org.). Políticas públicas de lazer. Campinas, SP: Alínea, 2008b.

MARIANO, Stephanie H. Políticas públicas de lazer em cidades de pequeno porte de regiões metropolitanas. 2008. 300f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, SP, 2008.

MELO, Victor Andrade de. Sobre o conceito de lazer. Sinais sociais, v. 8, n. 23, set./ dez., 2013.

MICHELONE, Catarina; ALVES, Cathia. Banca da ciência e o atravessamento da diversidade cultural. In: BAPTISTA, Maria M; ALMEIDA, Alexandre, A. Performatividades de género na democracia ameaçada. Coimbra, Portugal: Gracio Editor, 2020.

PARAISO, Marlucy Alves. Contribuições dos estudos culturais para a educação. Presença pedagógica, v. 10, n. 55, p. 53-61, jan./ fev., 2004.

______. Metodologias de pesquisas pós-críticas em educação e currículo: trajetórias, pressupostos, procedimentos e estratégias analíticas. In: MEYER, Dagmar E. PARAISO, Marlucy Alves (Orgs.). Metodologias de pesquisas pós-critica em educação. Belo Horizonte, MG: Mazza Edições, 2014.

Plano Diretor. Plano Diretor de Turismo, Estância Turística de Salto, 2018. Disponível em: <https://salto.sp.gov.br/download/PDT%20SALTO%20-%20Vers%C3%A3o%20Final.pdf>. Acesso em 20 de mar. 2020.

RAIMUNDO, Sidnei; SARTI, Antonio Carlos. Parques urbanos e seu papel no ambiente, no turismo e no lazer da cidade. Revista iberoamericana de turismo, v. 6, n. 2, p. 3-24, 2016.

RECHIA, Simone. Parques Públicos de Curitiba: a relação cidade-natureza nas experiências de lazer. 2003. 189f. Tese (Doutorado em Educação Física). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2003.

_______. O jogo do espaço e o espaço do jogo em escolas da cidade de Curitiba. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 27, n. 2, p. 91-104, jan., 2006.

SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 4. ed. 2. reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2006.

TSCHOKE, Aline; TARDIVO, Thais G.; RECHIA, Simone. Como a escola se tornou também espaço de lazer da comunidade: os programas inseridos a escola Maria Marly Piovezan. Pensar a prática, v. 14, n. 1, p. 1-11, jan./ abr., 2011.

Downloads

Publicado

2021-03-29

Como Citar

Santos, S. F. dos ., & Alves, C. (2021). POLÍTICAS PÚBLICAS: OS PARQUES DA CIDADE DE SALTO – SP E O LAZER. Corpoconsciência, 25(1), 105-120. https://doi.org/10.51283/rc.v25i1.11808

Edição

Seção

Seção Temática - LAZER EM ESTUDOS E PESQUISAS