DANÇAS INDÍGENAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO EM FORMATO DE APLICATIVO

Autores

  • Denise Guimarães Universidade Estadual Paulista
  • Fernanda Moreto Impolcetto Universidade Estadual Paulista

DOI:

10.51283/rc.v25i2.11735

Palavras-chave:

Aplicativos, Danças Indígenas, Educação Física Escolar, Material Didático, Tecnologias

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever e analisar o processo de construção de um material didático em forma de aplicativos para dispositivos móveis sobre danças indígenas para o segundo ciclo do Ensino Fundamental. De natureza qualitativa, utilizou-se o método da pesquisa descritiva de caráter bibliográfico, realizada em três etapas: Trajetória e seleção das Danças Indígenas; Escolha da plataforma para produção do material didático em forma de aplicativos; e Seleção dos conteúdos dos aplicativos. Os resultados apresentam quatro danças indígenas de diferentes regiões do Brasil, que foram selecionadas e passaram por um extenso processo de análise e transposição didática além da adequação às tecnologias, para se cumprir com objetivos educacionais nas aulas de Educação Física escolar. Aponta-se para a necessidade de estudos sobre esse tema, que contribuam para seu ensino na escola e que estabeleçam relação com um contexto de uso competente das tecnologias no campo educacional.

Referências

ALMEIDA; Artur José Medeiros de; ALMEIDA, Dulce Maria Filgueira de; GRANDO, Beleni Salete. As práticas corporais e a Educação do corpo indígena: A contribuição do esporte nos jogos dos povos indígenas. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 32, n. 2-4, p. 59-74, dez., 2010.

BARROSO, André Luiz Ruggiero; DARIDO, Suraya Cristina. O livro didático como instrumento pedagógico para o ensino de um modelo de classificação do esporte na educação física escolar. Movimento, v. 22, n. 4, p. 1309-1324, out./ dez., 2016.

BRASIL. Lei nº 11.645, de 10 de março de 2008. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena". Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 mar. 2008, seção 1, p. 1.

______. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/ldb.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2017.

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Terceira versão revista. Brasília, DF: MEC, 2017.

______. PNLD. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12391:pnld>. Acesso em: 10 ago. 2018.

CAPARELLI, Emerson Pantaleo. CD Toré - Cantos Indígenas - Aldeias Urbanas. CD produzido entre setembro de 2012 e agosto de 2013. Publicado em 1 de abr. de 2016.

COLETIVO FOQUE. Toré Potiguara da aldeia Katu. Rio Grande do Norte. Publicado em 21 de abr. de 2015.

DARIDO, Suraya Cristina e colaboradores. Livro didático na educação física escolar: considerações iniciais. Motriz, v. 16, n. 2, p. 450-457, abr./ jun., 2010.

DARIDO, Suraya Cristina e colaboradores. Práticas corporais: educação física: 3º a 5º ano anos: manual do professor. São Paulo: Moderna, 2017.

DELORS, Jacques. Educação um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez, 1996.

DINIZ, Irla Karla dos Santos. Blog Educacional para o ensino das danças folclóricas a partir do currículo de educação física do estado de São Paulo. 2014. 214f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, SP, 2014.

DINIZ, Irla Karla dos Santos; DARIDO, Suraya Cristina. Livro didático: uma ferramenta possível de trabalho com a dança na educação física escolar. Motriz, v. 18, n. 1, p. 176-85, jan./ mar., 2012.

FÁBRICA DE APLICATIVOS. Como criar seu aplicativo. Disponível em: https://suporte.fabricadeaplicativos.com.br/hc/pt-br/articles/201441525-Como-criar-seu-aplicativo. Acesso em: 20 nov. 2018.

FTD. Encontros com a educação física, 3º, 4º e 5º ano: manual do professor de educação física: componente curricular educação física: ensino fundamental, anos iniciais. São Paulo: FTD, 2018.

GARCIA, Elias. Pesquisa bibliográfica versus revisão bibliográfica - uma discussão necessária. Revista línguas e letras, v. 17, n. 35, p. 291-294, 2016.

GERMANO, Vitor Abdias Cabót. Educação física escolar e currículo do estado de São Paulo: possibilidades dos usos do celular como recurso pedagógico no ensino do hip hop e street dance. 2015. 158f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, SP, 2015.

IBGE. Censo 2010: população indígena é de 896,9 mil, tem 305 etnias e fala 274 idiomas. Disponível em: http://censo2010.ibge.gov.br/noticias-censo.html?view=noticia&id=3&idnoticia=2194&busca=1&t=censo-2010-populacao-indigena-896-9-mil-tem-305-etnias-fala-274. Acesso em: 10 jul. 2017a.

IBGE. Mapas. Disponível em: http://indigenas.ibge.gov.br/mapas-indigenas-2.html. Acesso em: 10 jun. 2017cb.

IBGE. Etnias ou povos indígenas em terras indígenas, segundo as Unidades da Federação e as terras indígenas. Disponível em: https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/caracteristicas_gerais_indigenas/default_quadros_ods.shtm. Acesso em: 10 jul. 2017dc.

IMPOLCETTO, Fernanda Moretto. Livro didático como tecnologia educacional: Uma proposta de construção coletiva para a organização curricular do conteúdo voleibol. 2012. 321f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, SP, 2012.

ISA. O ISA. Disponível em: https://www.socioambiental.org/pt-br/o-isa. Acesso em: 10 jul. 2017.

KIOURANIS, Taiza Daniela Seron. Dança. In: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; DARIDO, Suraya Cristina; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli de (Orgs.). Ginástica, dança e atividades circenses. 2 ed. Maringá, PR: Eduem, 2017.

KISHIMOTO, Alexandre. Pisa manero (Juvenal Lopes/Dilson Dória). Publicado em 14 de mar de 2015.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária, 1986.

PEREIRA, Andréia Gualberto e colaboradores. Estudo comparativo de ferramentas para facilitar o desenvolvimento de aplicativos móveis. In: CONGRESSO SUL BRASILEIRO DE COMPUTAÇÃO, 9., 2018, Criciúma, SC. Anais... Criciúma, SC: UNESC, 2018.

SILVA, Leandro Luquetti B. da; PIRES, Daniel Facciolo; CARVALHO NETO, Silvio. Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis: tipos e exemplo de aplicação na plataforma iOS. In: WORKSHOP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, 2., 2015, Goiânia. Anais... Goiânia, GO, 2015.

SILVA, Luciana Maria Fernandes. O ensino da capoeira na educação física escolar: blog como apoio pedagógico. 2012. 178f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, SP, 2012.

STRAZZACAPPA, Márcia. A educação e a fábrica de corpos: a dança na escola. Cadernos Cedes, v. 21, n. 53, p. 1-11, 2001.

TAHARA, Alexander Klein; DARIDO, Suraya Cristina; BAHIA, Cristiano de Sant’ Anna. Materiais didáticos e a educação física escolar. Conexões, v. 15, n. 1, p. 368-379, jul./ set., 2017.

THOMAS, Jerry R.; NELSON, Jack K.; SILVERMAN, Stephen J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6. ed. Porto Alegre, RS: Artmed, 2012.

UNESCO. Diretrizes de políticas da UNESCO para a aprendizagem móvel. UNESCO, 2014a.

UNESCO. O futuro da aprendizagem móvel: implicações para planejadores e gestores de políticas. Brasília: UNESCO, 2014b.

YANG, Hugo. Qual a diferença entre web app, app nativo e app híbrido? 2017. Disponível em: <https://blog.fabricadeaplicativos.com.br/fabrica/qual-diferenca-entre-web-app-app-nativo-e-aplicativo-hibrido/#:~:text=Diferentemente%20do%20app%20nativo%20e,se%20estiver%20conectado%20%C3%A0%20internet>. Acesso em: 25 jan. 2017.

ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre, RS: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2021-07-28

Como Citar

Guimarães, D., & Impolcetto, F. M. . (2021). DANÇAS INDÍGENAS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: ELABORAÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO EM FORMATO DE APLICATIVO. Corpoconsciência, 25(2), 35-52. https://doi.org/10.51283/rc.v25i2.11735

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)