v. 9 n. 1 (2021): Bakhtin e o contexto pandêmico

					Visualizar v. 9 n. 1 (2021): Bakhtin e o contexto pandêmico

A reclusão, em virtude da pandemia do corona vírus, nos colocou frente a um Eu e a um Outro, desprovido de suas principais atribuições, tendo muitas dessas, reguladas e outras tantas virtualizadas, fato que nos leva a crer, que esse Eu e esse Outro, não são reais: foram inventados, regulados e normatizados para responderem passivamente a superestrutura, que se utilizou do constexto, da pseudo ciência (tendo em vista que na medicina o conhecimento é gerado lentamente e que a doença que provocou a pandemia é nova), da mídia funesta, para propagar o medo, o quê provoca baixa da imunidade no organismo humano, deixando a população ainda mais vunerável. Mediante ao exposto, quisemos questionar como se dá o ser/existir na pandemia e como podemos compreende-lo a partir do olhar bakhtiniano.

Publicado: 2021-05-26

Editorial

Dossiê Temático

Caderno Estudos Linguísticos e Literários