A responsividade do enfrentamento à violência sexual infanto-juvenil em tempos do novo coronavírus em um gênero discursivo emergente

a live

Autores

Resumo

Discutimos como atos responsivos são orquestrados na live “Estratégias de proteção e monitoramento fora do ambiente físico escolar” para estabelecer cadeias de engajamentos éticos de enfrentamento a violências sociais que ganham novas dimensões no contexto pandêmico. A partir da noção bakhtiniana de responsividade, como uma resposta à questão de não podermos lavar as mãos diante dos descasos sociais, analisamos as peculiaridades discursivas desta live que desencadeiam transformadoramente laços solidários. Destacamos que ela é arquitetada em função da necessidade da relação eu-outro se orientar entre compromissos sociais delineados por afetos/sentidos/práticas solidárias com alteridades que sofrem violências como a sexual infanto-juvenil.

Biografia do Autor

JANAINA LISBOA LOPES FREIRE, UECE

Possui graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pela Universidade de Fortaleza, Especialização em Teoras da Comunicação pela Universidade Federal do Ceará, , Especialização em Tradução pela Universidade Estadual do Ceará, Mestrado em Lingüística Aplicada pela Universidade Estadual do Ceará,, bolsista pela FUNCAP Doutoranda em Lingüística Aplicada pela Universidade Estadual do Ceará,, bolsista pela CAPES, Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura, cinema, propaganda social, violência de gênero e direitos humanos.

JOÃO BATISTA COSTA GONÇALVES , UECE

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Ceará (1994), mestrado em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (1998), doutorado em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (2006) e pós-doutorado em Linguística pela Universidade Federal do Ceará (2016). Atualmente é adjunto IX da Universidade Estadual do Ceará, coordenador do curso de Especialização em Ensino de Língua Portuguesa da Universidade Estadual do Ceará e vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual do Ceará (PosLA/UECE). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, e desenvolve pesquisas centradas nos estudos bakhtinianos do discurso.

Downloads

Publicado

2021-05-26

Edição

Seção

Dossiê Temático