AVALIAÇÃO DE UMA EMPRESA HOTELEIRA, COM BASE NOS MÉTODOS DOS MÚLTIPLOS DE MERCADO E DO FLUXO DE CAIXA DESCONTADO EM RONDONÓPOLIS–MT

Autores

  • João Bosco Arbues Carneiro Junior jbacj@hotmail.com
    Universidade Federal de Mato Grosso
  • Elahíne Santos de Moraes elahinemoraes@gmail.com
    Universidade Federal de Mato Grosso
  • Ramon Luiz Arenhardt ramonarenhardt@gmail.com
    Universidade Federal de Mato Grosso
  • Sofia Ines Niveiros sniveiros@hotmail.com
    Universidade Federal de Mato Grosso

DOI:

10.30781/repad.v2i2.7011

Palavras-chave:

Avaliação de empresa. Fluxo de caixa descontado. Hotel.

Resumo

O propósito desta pesquisa é proporcionar a compreensão da importância da avaliação de empresas, expondo seus variados métodos. A interrogação norteadora é: quais os valores estimados para a avaliação de uma empresa do ramo de hotelaria, utilizando as metodologias dos múltiplos de mercado e do fluxo de caixa descontado? O objetivo da pesquisa é estimar o valor da empresa utilizando estas duas metodologias. Na fundamentação teórica apresenta-se uma visão geral dos diversos modelos de avaliação de empresas e seus pressupostos. A metodologia é caracterizada como descritiva, estudo de caso e quantitativa e amostra é não probabilística. O objeto de estudo é um hotel situado no Distrito Industrial do município de Rondonópolis, no qual foram abordados os critérios de múltiplos de mercado e fluxo de caixa descontado, a fim de sugerir o real valor da empresa. Encontraram-se discrepâncias nos resultados de avaliação diante dos métodos utilizados, no qual ressaltou a superioridade do fluxo de caixa descontado por se aproximar mais da realidade em função de considerar o valor do dinheiro no tempo. Conclui-se que a pesquisa foi relevante aos proprietários da empresa, pois por visualizaram o valor da sua organização e identificaram qual melhor método representou esses valores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sofia Ines Niveiros, Universidade Federal de Mato Grosso

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998), doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004) e pós-doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Mato Grosso do Departamento de Ciências Contábeis. 

Referências

AMBROS, M.G.; SCHNORRENBERGER, D. Avaliação de Empresas: Estudo com base nos métodos do balanço patrimonial e do fluxo de caixa descontado. In: CONGRESSO UFSC DE CONTROLADORIA E FINANÇAS E CONGRESSO UFSC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2014. Florianópolis. Anais eletrônicos... Florianópolis: UFSC, Disponível em: <http://dvl.ccn.ufsc.br/congresso/arquivos_artigos/artigos/960/20140428023933.pdf> Acesso em: 22 nov. 2016.

ASSAF NETO, A. Finanças Corporativas e Valor. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

ASSAF NETO, A.; Lima, F. G. Curso de Administração Financeira. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BEUREN, Ilse Maria. Metodologia da Pesquisa Aplicável às Ciências Sociais. Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade: Teoria e Prática. 3ª ed. São Paulo: Atlas, 2010.

BRASIL. Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006. Tabela do Simples Nacional. Brasília: Congresso Nacional, 2006. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp123.htm>. Acesso em: 20 out. 2016.

CERBASI, G. P. Metodologias para determinação do valor das empresas: uma aplicação no setor de geração de energia elétrica. Dissertação (Mestrado em Administração) – Departamento de Administração. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2003. 143 f. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-06092003-122503/pt-br.php>. Acesso em: 20 out. 2016.

CORNELL, B. Corporate Valuation: Tools for Effective Appraisal and Decision Making. New York: Business One Irwin, 1993.

COUTO, C. G.; GALDI, F. C. Avaliação de empresas por múltiplos aplicados em empresas agrupadas com análise de cluster. RAM, Revista Administração Mackenzie, v. 13, n. 5, São Paulo. Universidade Presbiteriana Mackenzie. Walter Bataglia (Ed.), 2012. p. 135-170.

CUNHA, D. R.; LAPEÑA, J. A. A. Análisis de los modelos de valoración utilizados em la práctica: Un estudio con auditores independientes brasileños. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 3, 2007. p.123-138.

CVM. Comissão de Valores Mobiliários. Instrução n. 361, mar., 2002. Disponível em: <http://www.cvm.gov.br/>. Acesso em. 18 set. 2016.

DAMODARAN, A. Avaliação de Investimentos: Ferramentas e Técnicas para a Determinação do Valor de qualquer Ativo. 2. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2009.

FERNÁNDEZ, P. Company valuation methods: The most common errors in valuation. Price water house Coopers Professor of Corporate Finance. Madrid. IESE Business School, 2001.

GITMAN, J. L. Princípios de Administração Financeira. 12ª ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

GOULART, B. Custo de Oportunidade: oculto na contabilidade, nebuloso na mente dos contadores. Revista Contabilidade & Finanças. n. 30, 2002. p. 19-31. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rcf/v13n30/v13n30a02.pdf>. Acesso em: 30 out. 2016.

MARTELANC, R. et al. Utilização de Metodologias de Avaliação de empresas: Resultados de uma pesquisa no Brasil. I. In: Assembléia Anual Cladea, 34. São Paulo, 2005. Disponível em:< http://www.cladea.org/cladea_2005>. Acesso em: 27 ABR. 2016.

MARTINS, E. (ORG.). Avaliação de empresas: da Mensuração Contábil à Econômica. São Paulo: Atlas, 2001.

MARTINS, G. DE A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MÜLLER, A. N.; TELÓ, A. R. Modelos de avaliação de empresas. Rev. FAE, Curitiba, v.6, n.2, 2003, p. 97-112.

RICHARDSON, S.; TUNA, I.; WYSOCKI, P. Accounting anomalies and fundamental analysis: a review of recent research advance. Journal of Accounting and Economics, v. 50, 2010, p. 410-454. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0165410110000406>. Acesso em: 27 set. 2016.

ROSS, J. W. Administração Financeira. 8ª ed. São Paulo: AMGH, 2008.

SCHMIDT, P.; SANTOS, J. L. dos. Avaliação de ativos intangíveis. São Paulo: Atlas, 2002.

SILVA, J. P. da. Análise Financeira das Empresas: Ambiente da Análise Financeira, Demonstrações Contábeis Brasileiras, Análise Financeira das Empresas, Análise do Capital de Giro, Fluxo de Caixa e Projeções Financeiras, Alavancagem Operacional e Financeira. 11ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

TITMAN, S.; Martin, J. D. Avaliação de Projetos de Investimentos. Porto Alegre: Bookman, 2010.

ZILLI, Julcemar Bruno. Valoração das propriedades rurais em Carazinho/RS e Cascavel/PR: uma análise das opções reais. Tese (Doutorado em Ciências) – Departamento Econômia. Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Piracicaba, 2010 148 p. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-10022011-140701/pt-br.php>. Acesso em: 20 out. 2016.

Downloads

Publicado

2018-09-01

Como Citar

CARNEIRO JUNIOR, J. B. A.; DE MORAES, E. S.; ARENHARDT, R. L.; NIVEIROS, S. I. AVALIAÇÃO DE UMA EMPRESA HOTELEIRA, COM BASE NOS MÉTODOS DOS MÚLTIPLOS DE MERCADO E DO FLUXO DE CAIXA DESCONTADO EM RONDONÓPOLIS–MT. Revista Estudos e Pesquisas em Administração, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 95–107, 2018. DOI: 10.30781/repad.v2i2.7011. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/article/view/7011. Acesso em: 19 jul. 2024.