Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Estudos e Pesquisas em Administração (Repad), publicada quadrimestralmente, é uma iniciativa do Curso de Administração da UFMT Câmpus Rondonópolis, Brasil.

 

Missão: Publicar e divulgar artigos científicos da área de administração e afins nas modalidades de ensaios teóricos ou pesquisas teórico-empíricas já finalizados, de modo a alcançar o objetivo de disseminar o conhecimento científico entre o público alvo envolvendo acadêmicos e profissionais das áreas de gestão. 

Áreas de InteressesAdministração Geral, Empreendedorismo e Inovação, Finanças, Gestão Ambiental e Sustentabilidade, Gestão de Pessoas, Gestão Pública, Marketing, Operações e Logística, Planejamento e Estratégias Organizacionais, entre outras correlacionadas. 

A cada ano (volume) são publicadas 3 edições (números), considerando os períodos de Jan-Abril (n.1), Maio-Agosto (n.2) e Setembro-Dezembro (n.3).

Todos os artigos publicados serão identificados pelo DOI.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos submetidos à Repad devem ser inéditos, não terem sido publicados parcial ou completamente em nenhum repositório de dados na internet, exceto congressos científicos, e não podem estar em processo de avaliação em nenhuma outra revista.

Antes de serem submetidos ao processo de avaliação para publicação, os artigos serão avaliados em termos de autenticidade e problemas de plágio, usando software como o CopySpider e, caso não seja identificado o ineditismo do trabalho, o mesmo terá sua submissão rejeitada e os autores ficarão suspensos para outras submissões por tempo indeterminado. A revisão da suspensão poderá ser considerada, a critério do Conselho Editorial.

O objetivo do processo de avaliação é ajudar os autores a melhorar seus trabalhos a partir de feedback construtivos preparados pelos pareceristas e membros da comissão científica da revista.

A avaliação para publicação na Repad é dividida em duas fases. A primeira é a avaliação preliminar dos editores em termos de adequação à linha editorial da revista e a segunda é a avaliação double blind review. A meta é realizar todo o processo avaliativo em até três meses.

Obs.: Caso haja diferenças nas avaliações dos pareceristas (em processo double blind review), será encaminhado a um terceiro avaliador para que a decisão final seja a de aceitar, rejeitar ou solicitar revisões. Os autores terão acesso a todas as avaliações via sistema da revista (durante e após a conclusão do processo avaliativo).

Depois de aprovado, o artigo passará por uma revisão ortográfica e gramatical.
Os autores serão comunicados dos passos do processo por e-mail via sistema da revista. 

Os artigos aprovados serão designados para uma versão futura da Repad e seus autores serão informados a respeito, inclusive podendo proceder com uma leitura de prova.

Nossas Metas:

a- Tempo de Avaliação em Desk Review: até 10 dias da submissão;

b- Tempo de Avaliação Double Blind Review: até 60 dias da submissão;

c- Tempo até Publicação: até 120 dias da submissão (Quadrimestral).

Para outras informações acessar:

https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/repad/about

Obs.: Caso haja a necesssidade de revisão por parte dos autores, durante o processo de avaliação, os tempos indicados pelo itens a, b e c, sofrerão ajustes.

Periodicidade

A Repad será publicada quadrimestralmente em formato eletrônico, sendo as edições Janeiro a Abril, Maio a Agosto e Setembro a Dezembro. A Revista priorizará a publicação no primeiro mês de cada quadrimestre (Janeiro, Maio e Setembro).

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Ética

A Repad está comprometida com a ética e a qualidade na publicação. Apoiamos os padrões de comportamento ético para todas as partes envolvidas na publicação em nossa revista, desde autores, editores, avaliadores e revisores. Não aceitamos plágio ou outro comportamento antiético.

 Obrigações dos Editores:

 • Decisão da publicação: O editor da revista é responsável por decidir qual dos artigos submetidos à revista deve ser publicado. O editor é guiado pelas políticas do conselho editorial da revista e limitado por tais requisitos legais, que então estarão em vigor em relação a difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o conselho editorial ou revisores na tomada de decisões.

• Diversidade: O editor deve avaliar os manuscritos por seu conteúdo intelectual sem considerar qualquer atributo demográfico de seus autores, tais como raça, gênero, orientação sexual, religião, origem étnica, cidadania ou filosofia.

• Confidencialidade: O editor e qualquer membro da equipe editorial ou de avaliadores não deve divulgar qualquer informação sobre a autoria de um manuscrito submetido à revista.

• Divulgação e Conflitos de interesse: O editor não deve usar informações não publicadas em pesquisa própria de sua autoria sem o consentimento expresso por escrito do autor. O editor deve recusar-se a considerar manuscritos em que haja conflitos de interesse resultantes de relacionamentos ou conexões de qualquer natureza com os autores ou outras partes interessadas.

• Envolvimento e cooperação nas investigações: O editor deve tomar razoavelmente medidas responsivas quando forem apresentadas reclamação éticas relativas a um manuscrito submetido ou artigo publicado.

 

Obrigações dos Revisores e Avaliadores:

 

• Contribuição para a decisão editorial: A revisão por pares auxilia o editor na tomada de decisões editoriais e, por meio das comunicações editoriais com o autor, pode auxiliar esse autor na melhoria do trabalho.

• Prontidão: Qualquer revisor ou avaliador que for selecionado e que se sinta desqualificado para revisar/avaliar a pesquisa relatada em um manuscrito ou saiba que sua revisão/avaliação imediata será impossível deve notificar o editor solicitando dispensa do processo de revisão/avaliação.

• Confidencialidade: Quaisquer manuscritos recebidos para revisão/avaliação devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com os outros.

• Padrões de Objetividade: Revisões/Avaliações devem ser conduzidas objetivamente e os revisores/avaliadores devem expressar seus pontos de vista claramente com argumentos que suportem a argumentação.

• Reconhecimento da Fonte: Os revisores/avaliadores devem identificar trabalhos publicados relevantes que não tenham sido citados pelos autores. O revisor/avaliador também deve chamar a atenção do editor para qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em consideração e qualquer outro artigo publicado do qual tenha conhecimento pessoal.

• Divulgação e Conflitos de Interesse: Informações privilegiadas ou ideias obtidas por meio de avaliação por pares devem ser mantidas confidenciais e não usadas para vantagem pessoal. Os avaliadores não devem considerar manuscritos em que tenham conflitos de interesse resultantes de relacionamentos ou conexões de qualquer natureza com os autores ou outras partes interessadas.

 

Obrigações dos Autores:

 

• Padrões de relatórios: Os autores devem apresentar relatórios de pesquisa original com precisão sobre o trabalho realizado, bem como uma discussão objetiva de seu significado. Os dados subjacentes devem ser representados com precisão no documento. Um artigo deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros repliquem o trabalho. Declarações fraudulentas ou conscientemente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

• Originalidade e Plágio: Os autores devem garantir que tenham escrito trabalhos inteiramente originais, e se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de outros que isto foi apropriadamente citado e referenciado. O plágio em todas as suas formas constitui um comportamento editorial antiético e inaceitável.

• Publicação Múltipla, Redundante ou Simultânea: Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos descrevendo, essencialmente, a mesma pesquisa em mais de um periódico ou publicação primária, considerando qualquer repositório de dados na internet, exceto congressos científicos. Enviar o mesmo manuscrito para mais de um periódico, ao mesmo tempo, e/ou publicar o mesmo artigo em diferentes periódicos ou repositório de dados na internet, constituem comportamentos de publicação antiéticos e inaceitáveis.

• Reconhecimento de Fontes: O reconhecimento apropriado do trabalho de outros deve sempre ser dado. Os autores devem citar publicações que tenham influenciado na determinação da natureza do trabalho relatado. Informações obtidas privadamente, como em conversas, correspondências ou discussões com terceiros, não devem ser usadas ou relatadas sem permissão explícita por escrito da fonte. As informações obtidas ao longo de serviços confidenciais, como manuscritos avaliados ou solicitações de concessão, não devem ser usadas sem a permissão explícita por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços.

• Autoria do artigo: A autoria deve ser limitada àqueles que contribuíram significativamente para a concepção, design, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Quando houver outros que tenham participado de alguns aspectos do projeto de pesquisa, eles devem ser reconhecidos ou listados como colaboradores. O autor correspondente deve assegurar que todos os coautores apropriados e nenhum coautor inapropriado sejam incluídos no artigo, e que todos os coautores tenham visto e aprovado a versão final do artigo e concordado com sua submissão para publicação.

• Divulgação e Conflitos de Interesse: Todos os autores devem divulgar em seu manuscrito qualquer conflito de interesse, financeiro ou de outro tipo, que possa ser interpretado como influenciando os resultados ou a interpretação de seu manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

• Erros fundamentais em trabalhos publicados: quando um autor descobre um erro significativo ou inexatidão em seu próprio trabalho publicado, é obrigação do autor notificar imediatamente o editor da revista e cooperar para retirar ou corrigir o documento.

 

Obrigação da Publicação:

 

Estamos comprometidos em garantir que a publicidade, a reimpressão ou outras receitas comerciais não tenham impacto ou influência nas decisões editoriais.

Os artigos são revisados por pares para garantir a qualidade da publicação científica e são utilizados softwares antiplágio.

 

Recomendações da Elsevier (https://www.elsevier.com/about/policies/publishing-ethics)

 

Revista Estudos e Pesquisas em Administração – Repad

ISSN: 2594-7559

 

 

Indexadores

 

 

 

Critérios de Avaliação

FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO

Critérios

1 – Clareza, pertinência e consecução dos objetivos.*

2- Qualidade da redação e organização do texto*

3 – Originalidade do trabalho.*

4 – Qualidade da revisão de literatura.*

5 – Relevância do tema.*

6 – Consistência teórica do trabalho.*

7 – Adequação e qualidade dos métodos de análise utilizados .*

8 – Articulação entre a análise dos dados e a revisão de literatura.*

9 – Fundamentação das conclusões.*

10 – Contribuição do trabalho para a área temática.*

* Obrigatório

Qualidades do Trabalho

Fragilidades do Trabalho

 

Sponsors

Não há.

Histórico do periódico

Para conhecer um pouco do histórico da Revista Estudos e Pesquisas em Administração, é preciso conhecer a própria história do Curso de Administração da UFMT – Campus de Rondonópolis.

 

O Curso de Administração foi concebido tendo como base os projetos de expansão do ensino superior do governo federal denominado REUNI. Dessa forma, após construção do Projeto Pedagógico de Curso e apreciação pelas instâncias superiores da UFMT, foi aprovada a criação do Curso de Administração pela Resolução CONSEPE No. 110 de 27 de setembro de 2010.

 

O Curso de Administração está lotado no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) do Câmpus Universitário de Rondonópolis (CUR) da UFMT. O Curso iniciou suas atividades em 2011 e apesar da recém criação, diversas ações foram planejadas e estão sendo concretizadas a fim de sedimentar o aprendizado dos alunos e proporcionar a interação da comunidade acadêmica com a sociedade. Estas ações foram consolidadas por meio da elaboração do Planejamento Estratégico do Curso 2013-2018, composto por diretrizes e um plano de ações e metas para consolidar o Curso no Câmpus e na região.

 

Uma das primeiras ações do Planejamento Estratégico foi a criação do Encontro Anual da Administração em 2013 e teve como objetivo oportunizar três dias de debate de temas emergentes e alinhados aos conteúdos teóricos apresentados em sala de aula, como também o envolvimento da sociedade na forma de mesas redondas com empresários da região e palestrantes da academia e do mercado. Também foi estendida à comunidade a oferta de minicursos nas áreas de finanças, metodologia, gestão ambiental, estratégia, entre outros.

 

Com o aumento significativo do evento nos anos subsequentes, o Encontro Anual de Administração foi consolidado como Congresso de Administração do Sul de Mato Grosso - CONASUM e que, em 2017, estará em sua 5ª edição. O CONASUM conta com palestrantes renomados nacionalmente, mesas redondas com empresários, minicursos e apresentação de artigos científicos com opção de fast track para periódicos nacionais com pontuação Qualis.

Os Anais do CONASUM são publicados com ISSN 2525-4561 no portal eletrônico http://www.ufmt.br/CONASUM.

 

O CONASUM tem sido um importante canal para a disseminação do conhecimento produzido, tendo tido um aumento significativo no número de submissões e publicações, partindo de 9 trabalhos em 2014, 21 trabalhos em 2015 e 48 trabalhos em 2016.

A Comissão Organizadora do CONASUM fechou parceria com algumas revistas da Área de Administração para o processo de Fast Track envolvendo os melhores artigos do Congresso. Em 2016, foram indicados 10 artigos para o Fast Track e todos foram aprovados pelos Editores Chefes para serem submetidos a seus pareceristas já com a aprovação do Desk Review.

 

Outra ação do planejamento estratégico foi a criação em 2014 do Grupo de Estudos e Pesquisas em Administração (GEP@d), subdividido em Linhas de Pesquisas em Inovação e Empreendedorismo, Finanças, Gestão de Pessoas, Marketing, Operações, Gestão Pública e Gestão Ambiental e Agronegócio. Estas linhas de pesquisas buscam despertar o interesse pela produção científica, incluindo a atuação de Professores, Alunos e Ex-alunos que têm trabalhado em cooperação na produção de artigos científicos, resumos estruturados e relatos técnicos em diversas áreas da Administração e têm buscado tornar público os resultados de suas pesquisas em congressos e revistas científicas.

 

Assim, com o aumento do número de trabalhos científicos, incluindo os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), as muitas submissões e aprovações de trabalhos científicos no CONASUM, e com o intuito de fomentar ainda mais a publicação desses estudos, o Curso de Administração da UFMT Câmpus Rondonópolis lança, em 2017, a Revista Estudos e Pesquisas em Administração – Repad.

 

Repad será publicada quadrimestralmente, e tem a finalidade de divulgar ensaios teóricos e pesquisas teórico-empíricas das diversas áreas da administração e áreas afins, de modo a disseminar o conhecimento científico entre acadêmicos e praticantes da administração. A Revista terá submissões em fluxo contínuo e poderá ter chamadas específicas por temática definida, sempre com avaliações no sistema double blind review.

 

Sobre a 1ª Edição da Repad

 

A Equipe da Secomm, liderada pela Jessica Bastos e com participação ativa de Caroline Pedrozo, foi a responsável pela criação da Marca da Revista Estudos e Pesquisas em Administração. Segundo as criadoras, a Marca “visa estabelecer relação com a temática, a partir da apropriação de elementos do símbolo representativo da profissão, desconstruídos e estilizados. Esses elementos (< >), que formam um envoltório na marca da Administração, foram usados na construção da letra “R", que está em caixa alta, objetivando a fixação de nome para a revista, além de contribuir para deixar a leitura da marca mais fluida. A nomenclatura completa da revista está abaixo da sigla tanto em português quanto em inglês, e a fonte utilizada tem características arredondadas, linhas finas e não serifada, aspectos que atribuem para um ar de modernidade. A cor azul transmite segurança, confiança e favorece atividades intelectuais”. Agradecemos por todo o empenho.

 

A seleção dos artigos, por decisão da equipe editorial, foi a partir dos trabalhos publicados nas edições anteriores do Conasum e que receberam boas avaliações. Os autores foram contatadas e receberam todas as diretrizes para a adequação dos textos de acordo com as regras da revista. Agradecemos a presteza e dedicação dos autores.

 

Contudo, apesar de todo o esforço de cada um dos autores, devemos salientar e enobrecer o trabalho de uma pequena, mas obstinada equipe. Agradeço muito aos dedicados alunos Carlos Queiroz e Jennifer Nogueira pela revisão e formatação dos textos e a competente técnica administrativa Karine Lopes Ono em adequar os conteúdos em linha inglesa.

 

Desde o início das tratativas para a concepção da proposta da Revista, em março de 2017, até o lançamento da 1ª edição, em dezembro de 2017, eis que os 9 meses nos remete a geração de uma vida...e que a nossa Repad nos instigue e nos motive a buscar sempre a geração de conhecimento científico, dentro da ética e do perfil profissional de cientistas.