PREVIDÊNCIA SOCIAL

UMA ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE BRASIL E SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Autores

Palavras-chave:

Previdência Social, INSS, Teoria Institucional, Brasil, São Tomé e Príncipe

Resumo

Este artigo teve como objetivo analisar as principais semelhanças e diferenças na questão previdenciária entres dois países com afinidades idiomáticas, forte intercâmbio cultural e econômico. Revisou-se, por meio de pesquisas bibliográficas, como a seguridade social tem ocupado grandes debates no processo de transformações políticas, econômicas e sociais ao redor do mundo todo. O estudo foi realizado por meio do método comparativo da Previdência Social Brasileira e de São Tome e Príncipe. O uso do método comparativo nesta pesquisa teve a função de observar, examinar e analisar, os pontos de vista de duas realidades distintas, no ramo do sistema de seguridade social dos dois países. Os países mais desenvolvidos estão passando por um processo onde as populações estão envelhecendo e os custos de vida se tornando mais altos. Em países em desenvolvimento como Brasil (América Latina) e São Tomé e Príncipe (África), a situação é um pouco diferenciada, pois como agravante há populações mais jovens com baixa renda, o que limita uma aposentadoria digna as futuras aposentadorias. Com base nesse trabalho, pode-se concluir que, no contexto atual, os governos tentam mitigar problemas futuros que se apresentam, por meio de políticas públicas como seguro-desemprego, auxílio-doença, encarceramento e acidentes, pensões, salário maternidade, entre outros. No entanto, observou-se que a realidade dos Sistemas Previdenciários difere de um país para outro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Osvaldo Vaz Furtado, UNILA

Graduado em Administração Pública Pela UNILAB, Mestrando em Políticas Públicas e Desenvolvimento na Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA,Bolsista da CAPES.

Guillermo Javier Díaz Villavicencio, Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA

Doutor em criação, estratégia e gestão de empresas, professor do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento na Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA.

Daniel Teotonio do Nascimento, Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)

Doutor em Administração. Professor Colaborador do Mestrado de Políticas Públicas e Desenvolvimento da UNILA. Atua também como Docente no Centro de Ensino Superior de Foz do Iguaçu (CESUFOZ). Desde 2011 é Servidor Público e atualmente é Servidor Federal no cargo efetivo de Administrador na Universidade da Integração Latino-Americana - UNILA.

Referências

AGENCY, Central Intelligence. The work of a nation: the center of intelligence. the center of intelligence. 2020. Disponível em https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/br.html. Acesso em: 12 jun. 2020.

BARBOSA, Valfran Andrade. Previdência Social brasileira: breve relato da origem e principais mudanças ocorridas nos últimos anos. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XVI, n. 119, dez 2013. Disponível em: https://ambitojuridico.com.br/ Acesso em maio 2017.

BLAIKIE, Germà; WARNER, Mildred E. Inter‐Municipal Cooperation and Costs: Expectations and evidence. Public Administration, v. 93, n. 1, p. 52-67, 2015, Norman. Designing social research. Polity, 2009.

BRASIL. INSS: previdência social. PREVIDENCIA SOCIAL. 2018. MINISTÉRIO DA ECONOMIA. Disponível em: https://www.gov.br/inss/servicos-do-inss Acesso em: 07 jun. 2020.

CAMINHOS E JANELAS DE OPORTUNIDADES: as reformas previdenciárias na América Latina. Rio de Janeiro: Fgv, n. 255, 2003. Anualmente. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v20n57/a14v2057.pdf. Acesso em: 25 maio 2017. 1998.

DIAS JUNIOR, Onias Ferreira. A PREVIDÊNCIA SOCIAL E A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA. 2011. 130 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Direito, Centro UniversitÁrio Fieo, Unifieo, Osasco, 2011. Cap. 4. Disponível em: < http://www.unifieo.br/pdfs/marketing/dissertacoes_mestrado_2011/ONIAS%20FERREIRA%20DIAS%20JUNIOR.pdf >. Acesso em: 28 maio 2017.

FACHIN, Odília. FUNDAMENTOS DE METODOLOGIA. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2001.

GERATDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Org.). Métodos de pesquisa. Rio Grande de Sul: UFRGS, 2009. 120 p. (Serie educação a distância). FNDE. Disponível em: < http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf >. Acesso em: 23 mar. 2018.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa qualitativa: Tipos fundamentais. Rev. adm. empresa. São Paulo, v. 35, n. 3, p. 20-29, junho, 1995.

GUIMARÃES, Dilva; CABRAL, Paulo (Org.). Significados: Previdência. 2011. Disponível em: < https://www.significados.com.br/sobre/> . Acesso em: 25 maio 2017.

HELMET SCHWARZER (Brasil). Ministério da Previdência Social Secretaria de Políticas de Previdência Social. Previdência Social: reflexões e desafios. Brasília: Mps, 2009. 232 p. Disponível em: http://sa.previdencia.gov.br/site/arquivos/office/3_100202-164641-248.pdf. Acesso em: 18 set. 2018.

HOMCI, Arthur Laércio. A evolução histórica da previdência social no Brasil. Revista Jus Navigandi. Teresina, v. 14, n. 2104, 5 abr. 2009. Disponível em: < https://jus.com.br/artigos/12493/a-evolucao-historica-da-previdencia-social-no-brasil>. Acesso em: 28 maio 2017.

INSS. Proteção Social da cidadania. 2004. Disponível em: http://seg-social-stp.net/spip.php?rubrique33 . Acesso em: 12 abr. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL. 2003. DIREÇÃO GERAL DAS FINANÇAS. Disponível em: http://seg-social-stp.net/spip.php?article . Acesso em: 15 mar. 2020.

LEITE, Anderson Ribeiro; NESS JR, Walter Lee e KLOTZLE, Marcelo Cabus. Previdência Social: fatores que explicam os resultados financeiros. Rev. Adm. Pública [online]. 2010, vol. 44, n. 2 [citado 2020-11-29], p.437-457. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75902002000200010.

LOPES, Alex. Dinheiro e felicidade: Previdência é confiança. 2016. Disponível em: <https://www.fecomercio.com.br/previdencia#HomePrevidencia> Acesso em: 18 jun. 2017.

MORAES, Hélder Boska de Sarmento; CARMEN, María del Cortizo. Entrevista com Ana Maria Baima Cartaxo: Previdência Social, história e contradições: Interview with Ana Maria Baima Cartaxo: Social Security, history and contradictions. Katálysis, Florianópolis, v. 2, n. 18, p.01-10, dez. 2015.

NASCIMENTO, Geuma Campos. Conceitos da teoria institucional: fonte propulsora de evolução para a gestão de desempenho. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, Não use números Romanos ou letras, use somente números Arábicos., 2010, Minas Gerais. Anais [...] . Anualmente: Congresso Brasileiro de Custos, v. 1, n.1, p. 1-16, jun. 2010.

NORTH, Douglass C.. Institutions, Institutional Change and Economic performance. 3. ed. Cambridg: Unespe, 159 p. 1990.

OLIVEIRA, Fernanda de Padro; COLMÁN, Evaristo Emigdio Duarte. A RACIONALIZAÇÃO DO TRABALHO DOS ASSISTENTES SOCIAIS DO INSS. Florianópolis, v. 1, n. 2, p. 40, dez. 2015. Anualmente. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid= . Acesso em: 14 fevereiro. 2020.

PECI, Alketa. A nova teoria institucional em estudos organizacionais: uma abordagem crítica. Cad. EBAPE.BR, Rio de Janeiro , v. 4, n. 1, p. 01-12, mar. 2006 . Disponível em >. acessos em 30 nov. 2020. https://doi.org/10.1590/S1679-39512006000100006.

PRÍNCIPE, Constituição da República Democrática de Tomé e. Disponível em: < https://www2.camara.leg.br/saotomeeprincipe/constituicao/constituicao-da-republica-democratica-de-s.tome-e >. Acesso em: 29 abril. 2017.

REVISTA JUS NAVIGANDI. Teresina: Jus.com.br, v. 3, n. 5, ago. 1999. Anualmente. Disponível em: < https://jus.com.br/artigos/1431/seguridade-e-previdencia-social-na-constituicao-de-1988> . Acesso em: 03 jul. 2017.

ROSSETTO, Carlos Ricardo; ROSSETTO, Adriana Marques; CARDOSO, Onésimo. Teoria Institucional e dependência de recursos na adaptação organizacional: uma visão complementar. Rae Eletrônica: Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 1-22, jul. 2005. Semestralmente. Disponível em: <https://periodicos.ufpe.br/revistas/gestaoorg> . Acesso em: 21 maio 2020.

SANGUIN, André-louis. São Tomé e Príncipe, as ilhas do meio do mundo: avaliação crítica sobre sua geografia política. Confins: Revista Franco-Brasileira de geografia, Brasil, v. 1, n. 1, p.1-20, 2014. Anualmente. Disponível em: < https://docplayer.com.br/183966919-Sao-tome-e-principe-as-ilhas-do-meio-do-mundo-avaliacao-critica-sobre-sua-geografia-politica.html> . Acesso em: 08 mar. 2019.

SCHNEIDER, Sergio; SCHIMITT, Cláudia Job. O uso do método comparativo nas Ciências Sociais. Cadernos de Sociologia, Porto Alegre, v. 9, p. 49-87, 1988.

SILVA, Ademir Alves da. A reforma da previdência social brasileira: entre o direito social e o mercado. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, p.1-31, 18 mar. 2004.

SILVA, Maria de Fátima; JUNQUEIRA, Luciano Antônio Prates; CARDOSO, Onésimo. Inovação e a Teoria Institucional. Gestao.org: Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Pernambuco, v. 14, n. 1, p. 106-114, 21 ago. 2016. Anualmente. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/gestaoorg. Acesso em: 21 maio 2020.

THE WORD BANK, 01. 2018, São Tomé e Príncipe. São Tomé e Príncipe é um arquipélago no Golfo da Guiné com pouco mais de 1 000 quilómetros quadrados e uma das economias mais pequenas de África: São Tomé e Príncipe é um arquipélago no Golfo da Guiné com pouco mais de 1 000 quilómetros quadrados e uma das economias mais pequenas de África. São Tomé: African, 2018. 1 p. Disponível em:< https://www.worldbank.org/pt/country/saotome/overview > . Acesso em: 07 mar. 2019.

TORRES, Fabio Camacho Dell’Amore. Seguridade social: conceito constitucional e aspectos gerais. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XV, n. 98, mar 2012. Disponível em: https://ambitojuridico.com.br/ . Acesso em jul. 2017.

VALES, Carmem Gabriella Bezerra. Análise das Reformas na Previdência Social Brasileira: os desafios para a atuação do assistente social. In: I CONGRESSO INTERNACIONAL DE POLÍTICA SOCIAL E SERVIÇO. DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS, Londrina PR, v. 1, p. 1-12, 2015. Disponível em: http://www.uel.br/pos/mestradoservicosocial/congresso/anais/Trabalhos/eixo3/oral/16_analise_das_reformas....pdf .Acesso em: 13 abr. 2018.

Downloads

Publicado

2021-03-30