SAÚDE, TRABALHO E EDUCAÇÃO EM COMUNIDADES TRADICIONAIS DA BAIXADA CUIABANA

Autores

Palavras-chave:

Saúde, Trabalho, Educação, Comunidades tradicionais.

Resumo

Este artigo faz parte das pesquisas do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Trabalho e Educação (GEPTE), que está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). As reflexões aqui apresentadas partem do materialismo histórico e dialético enquanto método e de elementos da pesquisa participante. O objetivo do artigo é analisar e apresentar o potencial de valorização da saúde na produção ampliada da vida em comunidades tradicionais e a possibilidade da superação das explorações, expropriações, da inferiorização da mulher e da mercantilização da doença, tão essenciais nas relações de produção capitalistas. Esta produção ampliada da vida se contrapõe aos imperativos da lógica do capital, os quais adoecem as pessoas e a natureza com a sua exploração, alienação e utilização de insumos químicos e agrotóxicos.

Biografia do Autor

Flávia Lorena Brito, UFMT

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso. Mestre em Educação pela Universidade do Estado de Mato Grosso. Licenciada em História pela Universidade Estadual de Goiás. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação (GEPTE) PPGE/UFMT.

Cristiano Apolucena Cabral, UFMT

Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso. Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso. Especialista em Sociologia e Educação pelo Instituto Aphonsiano de Ensino Superior. Graduado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação (GEPTE) PPGE/UFMT

Edson Caetano, UFMT

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Graduação em Ciências Sociais pela PUCCAMP. Professor do Instituto de Educação da Universidade Federal de Mato Grosso. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação (GEPTE) PPGE/UFMT.

Referências

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. A pesquisa participante e a participação da pesquisa. In: BRANDÃO, Carlos Rodrigues; STRECK, Danilo Romeu (orgs.). Pesquisa participante: o saber da partilha. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2006. p. 21-54.

_____; BORGES, Maristela Correa. A pesquisa participante: um momento da educação popular. Rev. Ed. Popular, Uberlândia, v. 6, p. 51-62, jan./dez. 2007. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/19988/10662. Acesso em: 29 fev. 2016.

CAETANO, Edson; NEVES, Camila Emanuella Pereira. Entre cheias e vazantes: trabalho, saberes e resistência em comunidades tradicionais da baixada cuiabana. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 23, n. 53/2, p. 595-613, maio/ago. 2014. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/index.php/educacaopublica/article/view/1756/1324. Acesso em: 19 fev. 2016.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. SP: Paz e Terra, 1999.

CHAYANOV, Alexander V. La organizacion de la unidad económica campesina. Bueno Aires, Argentina, Ediciones Nueva Vision, 1974.

DIEGUES, A. O mito da natureza intocada. AP: Hucitec, 1996.

ESTEVE, Esther V. O negócio da comida. Quem controle nossa alimentação? SP: Expressão Popular, 2017.

LUXEMBURG, Rosa. A acumulação do capital. SP: Nova cultura, 1985.

MAICÁ, Eitel Dias. Sementes. In: Caldart, Roseli; PEREIRA, Isabel; ALENTEJANO, Paulo; FRIGOTTO, Gaudêncio. Dicionário da educação do campo. SP: Expressão Popular, 2012. Pág. 714-723.

MARX, Karl. Formações econômicas pré-capitalistas. Coleção pensamento crítico. Vol. 3. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985. 4ª edição

_____. O capital. Crítica da economia política. Livro 1 - O processo de produção do capital. Volume 1. RJ: Bertrand, 1988.

PLOEG, Jan Douwe van der. Camponeses e a arte da agricultura. SP: Editora Unesp, 2016.

PRIMAVESI, Ana. Manual do solo vivo. SP: Expressão Popular, 2016.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Gênero, patriarcado, violência. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2004 (Coleção Brasil Urgente)

____. O poder do macho. São Paulo: Moderna, 1987 (Coleção Polêmica).

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. RJ: Record, 2001.

TIRIBA, Lia. Cultura do trabalho, autogestão e formação de trabalhadores associados: questão de pesquisa. PERSPECTIVA, Florianópolis, v. 26, n. 1, 69-94, jan./jun. 2008 Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/viewFile/2175-795x.2008v26n1p69/9566.

Downloads

Publicado

2020-10-01