As potencialidades da literatura infantil como recurso didático em ciências

construindo um instrumento de análise

Autores

  • Luciana SEDANO Departamento de Ciências da Educação (DCIE), Programas de Pós Graduação em Educação (PPGE) e em Educação em Ciências e Matemática (PPGECM), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). http://orcid.org/0000-0001-7005-3341
  • Silvana Carvalho de ALMEIDA Programas de Pós Graduação em Educação em Ciências (PPGEC) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

DOI:

10.29286/rep.v29ijan/dez.8411

Palavras-chave:

Ensino de Ciências. Literatura Infantil. Leitura. Instrumento de análise

Resumo

Este texto objetiva construir um instrumento metodológico que analisa obras literárias procurando compreender os Indícios da Promoção da Alfabetização Científica por meio de obras literárias nas aulas de Ciências. Percebe-se uma ausência de instrumentos metodológicos que fundamentem a pesquisa com a inserção de obras literárias nas aulas de Ciências. Como resultado da proposição teórica e análise dos dados, foi revelado que o instrumento de análise científica elaborado auxilia o professor a pesquisar materiais que contemplem atividades de leitura prazerosas e de descoberta, investigação e produção de conhecimentos a partir da literatura, auxiliando assim no processo de Alfabetização Científica nas aulas de Ciências.

Biografia do Autor

Luciana SEDANO, Departamento de Ciências da Educação (DCIE), Programas de Pós Graduação em Educação (PPGE) e em Educação em Ciências e Matemática (PPGECM), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Professora Titular da área de Didática do Departamento de Ciências da Educação (DCIE); Docente Permanente dos Programas de Pós Graduação em Educação (PPGE) e Educação em Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).

Referências

ANTLOGA, D. C.; SLONGO, O. I. I. P. Ensino de ciências e literatura infantil: uma articulação possível e necessária. Seminário de pesquisa em educação da região sul, 1-18, 2012. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/2943/263. Acesso em: 25 maio 2018

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Direitos de aprendizagem em Ciências Naturais. Brasília: MEC SEB. Brasília, 2012.

DE LEÓN, P. C. (2012). ¿Cómo evaluar la competencia científica en secundaria? Alambique: Didáctica de las ciencias experimentales, Alambique, v. 72, p. 75-83. 2012.

CAÑAL, P. ?Como evaluar la competencia cientifica em secundaria ?Alambique, 72, 75-83, 2012.

CARVALHO, A. M. P. D. Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

CARVALHO, A. D.; VANNUCCHI, A. I.; BARROS, M. A.; GONÇALVES, M. E. R.; REY, R. D. Ciências no ensino fundamental: o conhecimento físico. São Paulo: Scipione, 1998.

COLOMER, Teresa. Andar Entre Livros - a Leitura Literária na Escola. São Paulo: Ed. Globo, 2014.

DAMÁSIO, A. A neurobiologia da mente: memória, linguagem, criatividade e a importância da inteligência emocional vs a inteligência cognitiva. Conferência Mundial sobre a Educação Artística. Desenvolver as capacidades criativas para o século XXI. 3 a 6 de março de 2006. Disponível em: http://www.dgidc.min-edu.pt/fichdown/cmea.pdf. Acesso em: 20 jun. 2018.

DAWKINS, R. Decompondo o arco-íris. Lisboa: Gradiva, 1998.

DEMO, P. Educação e alfabetização científica. São Paulo: Papirus, 2010.

DELIZOICOV, D.; LORENZETTI, L. Alfabetização científica no contexto das séries iniciais. Revista Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 3, n. 1, p. 37-50. 2001.

FERRAZ, A. T.; SASSERON, L.H.; Propósitos epistêmicos para a promoção da argumentação em aulas investigativas. Investigações em Ensino de Ciências, v. 22, n. 1, p. 42-60, 2017.

GALVÃO, C. Ciência na Literatura e Literatura na Ciência. Interacções, n. 3. 2006. Disponível em: http://www.eses.pt//interaccoes. Acesso em: 12 maio 2018.

GROTO, S. R.; MARTINS, A.F.P. Monteiro Lobato em aulas de ciências: aproximando ciência e literatura na educação científica. Ciênc. educ. (Bauru) [online], v. 21, n.1, p.219-238. 2015.

GROTO, S. R. Literatura de Monteiro Lobato no ensino de Ciências. 2012. 185 f. Dissertação (Mestrado) - Curso do Programa de Pós-graduação em Educação, Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012. Disponível em: http://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/14518/1/SilviaG_DISSERT.pdf. Acesso em: 12 out. 2017.

LINSINGEN, L. V. Literatura infantil no ensino de Ciências: articulações a partir da análise de uma coleção de livros. 2008. 121 f. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, 2008.

PIASSI, L. P. C. A perspectiva sociocultural da física nos romances de ficção científica de Arthur Clarke. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 205-226. 2011. Disponível em: http://revistas.if.usp.br/rbpec/article/view/271/246. Acesso em: 2 fev. 2017.

PIASSI, L. P. C. Segredo de Arthur Clarke: um modelo semiótico para tratar questões sociais da ciência usando a ficção científica. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 14, n. 1, p. 209-226. 2012. Disponível em: http://www.portal.fae.ufmg.br/seer/index.php/ensaio/article/view/3 07/805. Acesso em: 2 abr. 2017.

PIASSI, L. P. C.; ARAUJO, P. T. A literatura infantil no ensino de ciências: propostas didáticas para os anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: SM, 2012.

PIASSI, L. P. C; PIETROCOLA, M. De olho no futuro: ficção científica para debater questões sociopolíticas de ciência e tecnologia em sala de aula. Ciência & Ensino, Piracicaba, v. 1, n. 1, p.1-12, nov. 2007. Disponível em: http://prc.ifsp.edu.br/ojs/index.php/cienciaeensino/article/view/126 /103. Acesso em: 2 abr. 2017.

PIASSI, L. P. C; PIETROCOLA, M. Ficção científica e ensino de ciências: para além do método de encontrar erros em filmes. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 3, p.525-540, dez. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151797022009000300008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em 5 ago. 2017.

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

PINTO, A.; RABONI, P. C. Concepções de ciência na literatura infantil brasileira: conhecer para explorar possibilidades. In: NARDI, R.; BORGES, O. Atas do V ENPEC. Bauru, SP, n. 5. 2005. ISSN 1809-5100.

RÉGIS, S. Literatura e conhecimento. Galáxia. Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, São Paulo, n.1. p.197-206, 2001. Disponível em: http://200.144.145.24/galaxia/article/viewFile/1056/693. Acesso em 13 jn 2018.

ROBINSON, K. As mudanças fundamentais no sistema educativo e a qualidade da educação artística no Século XXI. Conferência Mundial sobre a Educação Artística, Desenvolver as Capacidades criativas para o século XXI – UNESCO. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n25/ n25a01.pdf/. Acesso em: 14 jun. 2018.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Ensino por CTSA: almejando a alfabetização científica no Ensino Fundamental, 2007. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/ abrapec/vienpec/CR2/p487.pdf. Acesso em: 7 jun. 2017.

SASSERON, L. H.; CARVALHO, A. M. P. Almejando a alfabetização científica no Ensino Fundamental: a proposição e a procura de indicadores do processo. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 333-352. 2008. Disponível em: http://www. if.ufrgs.br/ienci/artigos/Artigo_ID254/v16_n1_a2011.pdf. Acesso em: 25 jun. 2017.

SILVEIRA, M. P. Literatura e Ciência: Monteiro Lobato e o ensino da química. 2013. 297 f. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências da Universidade de São Paulo). Universidade de São Paulo. São Paulo, 2013.

SNOW, C. P. As duas culturas e um segundo olhar. Tradução de Renato Rezende Neto. Em Aberto, Brasília, ano 11, n. 55, p.81-83, jul./set. 1995.

SOLÉ, I. Estratégias de leitura. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

TEIXEIRA, F. M. Alfabetização Científica: questões para reflexão. Ciência e Educação, Bauru, v. 19, n. 4, p .795-809. 2013.

ZANETIC, J. Física e cultura. Ciência e Cultura (SBPC), São Paulo, v. 57, n. 3, p. 21-24, 2005.

ZANETIC, J. Física e arte: uma ponte entre duas culturas. Pró-Posições, v. 17, n. 1, p. 39-57. 2006.

ZANETIC, J. Física e literatura: construindo uma ponte entre duas culturas. História, Ciências e Saúde – Manguinhos, v. 13, suplemento, p. 55-70, 2006.

Downloads

Publicado

2020-12-01 — Atualizado em 2020-12-01

Versões

Como Citar

SEDANO, L., & ALMEIDA, S. C. de. (2020). As potencialidades da literatura infantil como recurso didático em ciências: construindo um instrumento de análise. Revista De Educação Pública, 29(jan/dez), 1-22. https://doi.org/10.29286/rep.v29ijan/dez.8411