Impasses e desafios para uma avaliação formativa em Programas de Pós-graduação

Autores

  • Maritza Maciel Castrillon MALDONADO maritzacmaldonado@gmail.com
    Unemat
  • Loriége Pessoa BITENCOURT lori.pessoa@hotmail.com
    Unemat

DOI:

10.29286/rep.v28i68.8400

Palavras-chave:

Educação. Pós-Graduação. Avaliação Formativa.

Resumo

Este artigo se propõe a pensar impasses e desafios para uma avaliação formativa na pós-graduação. A partir da avaliação quadrienal de Programas de Pós-Graduação em Educação (2013-2016), tomando por base normatizações e limites do documento da Área de Educação – CAPES, da Plataforma Sucupira, e também a realidade do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNEMAT - PPGEdu/UNEMAT, cartografam-se alguns impasses e problematizam-se desafios para se constituir uma avaliação mais formativa no quadriênio 2017-2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maritza Maciel Castrillon MALDONADO, Unemat

Professora da Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Ateliê de Imagem e Educação – AIE/UNEMAT. Pós-Doutora em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – PROPed/UERJ, doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense e Mestre em educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atua principalmente nos seguintes temas: Currículo, cinema, infâncias e Educação. E-mail: maritzacmaldonado@gmail.com

Loriége Pessoa BITENCOURT, Unemat

Professora da Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGEdu/UNEMAT. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Mato Grosso. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Formação e Docência – GFORDOC, do CNPq. Atua principalmente nos seguintes temas: Formação de Professores, Educação Matemática, Docência e Pedagogia Universitária. E-mail: lori.pessoa@hotmail.com

Referências

BAPTISTA, Luis Antonio e SILVA, Rodrigo Lara. A cidade dos anjos do improrrogável. Revista Polis e Psique, 2017; 7 (1): 49-73.

BARROS, Manoel. Livro sobre Nada. 3ª Ed., Rio de Janeiro/São Paulo: Record Editora, 1999.

BRASIL, Documento de Área – Educação. MEC/CAPES, 2016.

DELEUZE, Gilles. Diferença e Repetição. Tradução Luis Orlandi, Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

_______. Espinosa: Filosofia prática.. Tradução de: Daniel Lins e Fabien Pascal Lins. São Paulo: Escuta, 2002.

DELEUZE, Gilles e PARNET, Claire. Diálogos. Tradução de Eloisa Araújo Ribeiro. – São Paulo: Editora Escuta, 1998.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 5ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

__________. A verdade e as formas jurídicas. 3ª Ed., Rio de Janeiro: NAU Editora, 2005.

FREITAS. Luiz Carlos... [et. Al.] Avaliação educacional: caminhando pela contramão. 6ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Walter Benjamin: os cacos da história. 2 ed. São Paulo: Brasiliense, 1993.

LARROSA, Jorge. Linguagem e Educação depois de Babel. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

Downloads

Publicado

2019-05-20

Como Citar

MALDONADO, M. M. C.; BITENCOURT, L. P. Impasses e desafios para uma avaliação formativa em Programas de Pós-graduação. Revista de Educação Pública, [S. l.], v. 28, n. 68, p. 429–439, 2019. DOI: 10.29286/rep.v28i68.8400. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/8400. Acesso em: 24 jul. 2024.