As Etapas Intermediárias como espaço de formação na Licenciatura Intercultural: interações e nexos entre Aldeia-Universidade

Autores

  • Adailton Alves da SILVA Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
  • Waldinéia Antunes de Alcântara FERREIRA UNEMAT Campus Juara
  • Lucimar Luisa FERREIRA Faculdade Nossa Senhora Aparecida - FANAP/GO

DOI:

10.29286/rep.v26i62/1.5003

Palavras-chave:

Educação. Formação de Professores/as Indígenas. Etapa Intermediária.

Resumo

A UNEMAT desenvolve cursos específicos para formação de professores indígenas. Esta experiência organiza-se em duas etapas: Intensiva/Universidade; e Intermediária/Aldeia. Apresentamos aqui discussões/reflexões sobre a organização e o desenvolvimento das Etapas Intermediárias. Teoricamente, balizamo-nos em Freire, Hall, Melià, Dussel, Santos, Meneses e Nunes, e Viveiros de Castro. A metodologia consistiu na observação participante, escuta, rodas de conversa, nos diálogos e círculos de cultura, ocorridos nas Oficinas Pedagógicas das Etapas intermediárias. O estudo possibilitou-nos compreender que a formação de professores indígenas deve se dar a partir da aldeia; uma formação construída/oferecida de modo a reconhecer e valorizar os aspectos socioculturais de cada povo. Palavras-chave: Educação. Formação de Professores/as Indígenas. Etapa Intermediária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adailton Alves da SILVA, Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)

Doutor em Educação Matemática. Professor da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Atua como docente e diretor da Faculdade Intercultural Indígena, no campus de Barra do Bugres-MT, UNEMAT. Pesquisador do GEPEtno – Grupo de Estudo e Pesquisa em Etnomatemática - UNESP/CNPq. Endereço: Rua “A”, S/N, Cohab São Raimundo, Barra do Bugres-MT. Cep: 78.390-000.

Waldinéia Antunes de Alcântara FERREIRA, UNEMAT Campus Juara

Doutora em Educação. Professora da UNEMAT Campus de Juara. Coordenadora do Curso de Pedagogia Intercultural Indígena. Pesquisadora do Grupo de pesquisa LEAL – Laboratório de Estudos da Diversidade da Amazônia Legal UNEMAT/CNPq. Endereço: Rodovia Juara/Brasnorte. Km 02. Zona Rural. CEP: 78.575-000.

Lucimar Luisa FERREIRA, Faculdade Nossa Senhora Aparecida - FANAP/GO

Doutora em Linguística. Professora Titular - Faculdade Nossa Senhora Aparecida - FANAP/GO. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Arte, Discurso e Prática Pedagógica - UFMT/CNPq. Endereço: Av. Pedro Luiz Ribeiro, Qd. 01, Lt. 01 – Chácara Santo Antônio – Gleba 04 - Conjunto Bela Morada – Aparecida de Goiânia - GO. Cep. 74. 920-760. E-mail: .

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

D’AMBROSIO, Ubiratan. Etnomatemática: arte ou técnica de explicar e conhecer. São Paulo: Ática, 1990. (Série Fundamentos, v. 74).

DUSSEL, Enrique D. Para uma ética da libertação Latino-Americana: II eticidade e moralidade. São Paulo: Loyola, 1977.

FACULDADE INDÍGENA INTERCULTURAL. Projeto Político Pedagógico dos Cursos de Licenciatura Específica para Formação de Professores Indígenas. UNEMAT, Barra do Bugres, MT, 2010.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

______. A importância do ato de ler. São Paulo: Cortez, 1985.

______. Conscientização: teoria e prática da libertação – uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. Tradução de Kátia de Mello e Silva. São Paulo: Cortez & Moraes, 1979.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: Lamparina, 2015.

MELIÁ, Bartolomeu. Ação pedagógica e alteridade. In: Ameríndia. Tecendo os caminhos da Educação Escolar. Cuiabá: Seduc-MT/CEI-MT, 1998, p. 21-22.

PAULA, Eunice Dias de. A interculturalidade no cotidiano de uma escola indígena. Cadernos Cedes, Campinas, ano XIX, n. 49, dez. 1999. Disponível

em: <http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v19n4>. Acesso em: dez. 2016.

______. Relatório Técnico Projeto Aranowa’yao Magistério Intercultural. Aldeia Tapi’itãwa – Terra Indígena Urubu Branco. Confresa-MT, 2012 (Texto inédito).

SANTOS, B. S.; MENESES, M. P. G.; NUNES, J. A. Introdução: para ampliar o cânone da ciência: a diversidade epistemológica do mundo. In: Boaventura de Sousa Santos (Org.). Semear outras soluções: os caminhos da biodiversidade e dos conhecimentos rivais. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

VIVEIROS DE CASTRO, E. B. O mármore e a murta: sobre a inconstância da alma selvagem. Revista de antropologia. São Paulo, v. 35, p. 21-74, 1992.

Downloads

Publicado

2017-05-01

Como Citar

SILVA, A. A. da; FERREIRA, W. A. de A.; FERREIRA, L. L. As Etapas Intermediárias como espaço de formação na Licenciatura Intercultural: interações e nexos entre Aldeia-Universidade. Revista de Educação Pública, [S. l.], v. 26, n. 62/1, p. 421-432, 2017. DOI: 10.29286/rep.v26i62/1.5003. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/5003. Acesso em: 7 dez. 2021.