Mudanças de concepções docentes em um mestrado em educação profissional e tecnológica ofertado em rede nacional

Autores

  • Rony Freitas Instituto Federal do Espírito Santo

DOI:

10.29286/rep.v29ijan/dez.10014

Palavras-chave:

ProfEPT. Formação humana integral. Concepções de professores.

Resumo

A necessidade de formação do seu próprio corpo de servidores, bem como o atendimento à sociedade em geral, levou algumas instituições pertencentes à Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica a implantarem o Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), ofertado em rede nacional. As características do mestrado exigiram a constituição de um corpo docente multidisciplinar. Embora positivo, isso tem demandado ações a fim de possibilitar maior aproximação desse grupo das bases que sustentam teoricamente uma Educação Profissional que tem por pressuposto a formação humana integral. Neste texto, relato alguns resultados dessas ações na mudança de concepções de professores em dois anos de funcionamento do programa.

Biografia do Autor

Rony Freitas, Instituto Federal do Espírito Santo

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo. Professor titular no Instituto Federal do Espírito Santo.

Referências

ARAÚJO, R. M. L. Formação de docentes para a Educação Profissional e Tecnológica: por uma pedagogia

integrada da educação profissional. Trabalho & Educação, v. 17, n. 2, p. 53-63, maio/ago. 2008. Disponível

em: <https://periodicos.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8586/6100>. Acesso em: 10 abr. 2020.

BRASIL. Documento base nacional preparatório à VI CONFINTEA. Brasília: MEC, 2008a.

BRASIL. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional,

Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras

providências. Brasília: Presidência da República, 2008b. Disponível em:

<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11892.htm>. Acesso em: 10 abr. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Um novo modelo em Educação Profissional e Tecnológica: concepção e diretrizes. Brasília: Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SEPT), 2010. Disponível

em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/livreto_institutos.pdf>. Acesso em: 10 abr. 2020.

CIAVATTA, M. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In:

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino médio integrado: Concepção e contradições. São Paulo:

Cortez, 2005. cap. 3, p. 83-105.

FERREIRA, E. B.; GARCIA, S. R. O. O ensino médio integrado à educação profissional: um projeto em

construção nos estados do Espírito Santo e do Paraná. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. Ensino

médio integrado: Concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. cap. 6, p. 148-173.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 46. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FRIGOTTO, G. Educação e a Crise do Capitalismo Real. São Paulo: Cortez Editora, 1989.

GRAMSCI, A. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. 4. ed. Rio de

Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.

HABERMAS, J. Teoría de la acción comunicativa, II: Racionalidad de la acción y racionalización social.

Madrid, España: Taurus Humanidades, 1992.

MAYO, P. Gramsci, Freire e a Educação de Adultos: Possibilidades para uma ação transformadora. Porto

Alegre: Artmed, 2004.

NOSELLA, P. A escola de Gramsci. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

RAMOS, M. Conhecimento e Competência: (não) está na hora de mudar seus conceitos. Revista do Ensino

Médio, Brasília, v. 1, n. 2, out./nov. 2003.

RAMOS, M. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA,

M.; RAMOS, M. Ensino médio integrado: Concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. cap. 4, p. 106-

SHULMAN, L. S. Conocimiento y enseñanza: fundamentos de la nueva reforma. Profesorado: Revista de

currículum y formación del profesorado, Granada, v. 9, n. 2, p. 1-30, 2005. Disponível em:

<https://recyt.fecyt.es/index.php/profesorado/article/view/42675>. Acesso em: 10 abr. 2020.

Downloads

Publicado

2020-05-25

Como Citar

Freitas, R. (2020). Mudanças de concepções docentes em um mestrado em educação profissional e tecnológica ofertado em rede nacional. Revista De Educação Pública, 29(jan/dez). https://doi.org/10.29286/rep.v29ijan/dez.10014