A EDUCAÇÃO FÍSICA E A “VIRADA CULTURALISTA” DO CAMPO: UM OLHAR A PARTIR DE MAURO BETTI E VALTER BRACHT

Autores

  • Marcelo Costa
  • Felipe Quintão de Almeida Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Linguagem, Epistemologia, Corpo, Conhecimento

Resumo

O artigo discute o “dilema culturalista” no campo da Educação Física brasileira sob o olhar de dois importantes autores: Mauro Betti e Valter Bracht. As propostas de cunho culturalista foram muito relevantes para o campo, pois, além de proporcionarem diversos avanços epistemológicos, embasaram a construção de diversas diretrizes curriculares produzidas no Brasil. Após caracterizar o dilema e a ambiguidade que o encerra, descreve os modos pelos quais Mauro Betti e Valter Bracht o problematizaram.

Referências

ALMEIDA, Felipe Quintão. Educação Física, corpo e epistemologia: uma leitura com o filósofo José Nuno Gil. Atos de pesquisa em educação, v. 7, n. 2, p. 329-344, mai./ ago., 2012.

BETTI, Mauro. O que a semiótica inspira ao ensino da educação física. Discorpo, n. 3, p. 25-45, out. 1994.

______. Por uma teoria da prática. Motus Corpus, v. 3, n. 2, dez., 1996.

______. Corpo, cultura, mídias e educação física: novas relações no mundo contemporâneo. Educación Física y Deportes, v. 10, n. 79, p. 1-9, 2004.

______. Corpo, motricidade e cultura: a fundação pedagógica da educação física sob uma perspectiva fenomenológica e semiótica. 2006. Tese (Pós-Doutorado em Educação Física) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

______. Educação física e cultura corporal de movimento: uma perspectiva fenomenológica e semiótica. Revista da educação física, v. 18, n. 2, p. 207-217, 2007a.

______. Por uma didática da possibilidade: implicações da fenomenologia de Merleau-Ponty para a Educação Física. Revista brasileira de ciências do esporte, v. 28, n. 2, p. 39-53, 2007b.

BETTI, Mauro; GOMES-DA-SILVA, Pierre Normando; GOMES-DA-SILVA, Eliane. Uma gota de suor e o universo da educação física: um olhar semiótico para as práticas corporais. Kinesis, v. 31, n.1, p. 91-106, jan./ jun., 2013.

BRACHT, Valter. A constituição das teorias pedagógicas da educação física. Cadernos Cedes, v. 19, n. 48, p. 69-88, 1999a.

______. Educação física e ciência: cenas de um casamento (in) feliz. Ijuí, RS: Unijuí, 1999b.

______. Saber e fazer pedagógicos: acerca da legitimidade da educação física como componente curricular. In: CAPARROZ, Francisco Eduardo (Org.). Educação física escolar: política, investigação e intervenção. Vitória, ES: Proteoria, 2001. v. 1, p. 67-79.

______. Corporeidade, cultura corporal, cultura de movimento ou cultura corporal de movimento. In: NÓBREGA, Terezinha Petrúcia (Org.). Epistemologia saberes e práticas da educação física. João Pessoa, PB: EdUFPB, 2006.

______. Corpo, movimento, conhecimento, educação e educação física: uma exploração filosófica. 53f. 2012. Tese (Pós-Doutorado em Educação). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2012.

BRACHT, Valter. Coletivo de autores: a cultura corporal em questão. In: CASTELLANI FILHO, Lino e colaboradores. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo: Cortez, 2009. p. 184-198. Entrevista concedida a Ana Rita Lorenzini em 29 de novembro de 2011.

COSTA, Marcelo Adolfo Duque Gomes da. Corpo, linguagem e educação física: o “limite culturalista” sob a perspectiva do filósofo José Nuno Gil. 2014. 73f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, ES, 2014.

FERREIRA, Marcelo Guina. Teoria da educação física brasileira: bases epistemológicas e propostas pedagógicas. In: FERREIRA NETO, Amarílio Ferreira; GOELLNER, Silvana Vilodre; BRACHT, Valter (Orgs.). As ciências do esporte no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados. 1995.

GHIDETTI, Filipe Ferreira; BRACHT, Valter, ALMEIDA, Felipe Quintão. A presença da fenomenologia na/da Teoria do Se-Movimentar Humano (TSMH) brasileira. Pensar a prática, v. 16, n. 3, p. 886-902, jul./ set., 2013.

GHIRALDELLI JÚNIOR, Paulo. Indicações para o estudo do movimento corporal humano da educação física a partir da dialética materialista. Revista brasileira de ciências do esporte, Campinas, p. 197-201, 1990.

GOMES-DA-SILVA, Eliane; SANT'AGOSTINO, Lúcia Helena Ferraz; BETTI, Mauro. Expressão corporal e linguagem na educação física: uma perspectiva semiótica. Revista mackenzie de educacão física e esporte, v. 4, n. 4, p. 29-38, ago., 2005.

ORTEGA, Francisco. O corpo incerto: corporeidade, tecnologias médicas e cultura contemporânea. Rio de Janeiro: Garamond, 2010.

SOARES, Carmen Lúcia e colaboradores. Metodologia do ensino da educação física. São Paulo: Cortez, 1992.

Downloads

Publicado

2018-04-25